• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.16.2011.tde-31052012-103256
Documento
Autor
Nome completo
Luzia Helena dos Santos Barros
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2011
Orientador
Banca examinadora
Pellegrino, Paulo Renato Mesquita (Presidente)
Lima, Catharina Pinheiro Cordeiro dos Santos
Grostein, Marta Dora
Marques, Eduardo Antonio Gomes
Rocha, Yuri Tavares
Título em português
Requalificação dos aterros desativados (brownfields) no Município de São Paulo: Parques (greenfields) Raposo Tavares e Jardim Primavera
Palavras-chave em português
Áreas contaminadas
Aterros desativados
Parques urbanos
Recuperação ambiental
Resumo em português
O processo de industrialização e urbanização brasileiro está caracterizado por uma dinâmica de abandono (degradação) e reuso de áreas, que podem apresentar histórico de atividades com potencial de contaminação dos solos e águas superficiais e subterrâneas, concentrados em centros industriais, dentre os quais desponta o município de São Paulo. A disposição de resíduos sólidos urbanos está entre as atividades que contribuem para o surgimento de áreas contaminadas e apresenta algumas especificidades para a sua recuperação. O objetivo desta pesquisa compreende a identificação e avaliação da adequação técnica, ambiental e paisagística dos processos de conversão de aterros desativados, existentes no município de São Paulo, em parques urbanos. O trabalho aborda as origens dessas áreas, passando pelas fases de sua implantação e desativação, os processos envolvidos na sua efetiva requalificação como parques, dentro de suas respectivas inserções urbanas, assim como a avaliação de suas condições atuais, quanto à contaminação, ao potencial de conectividade na paisagem e aos projetos paisagísticos e planos de gestão propostos. A pesquisa trata de dois estudos de caso: o antigo aterro Raposo Tavares, situado na Subprefeitura do Butantã, zona oeste, atual Parque Raposo Tavares e o antigo aterro Jacuí, situado na Subprefeitura de São Miguel Paulista, zona leste, hoje em processo de requalificação como o Parque Jardim Primavera. O estudo dos conceitos e das classificações dos sistemas de gestão de áreas contaminadas e de áreas verdes permitiu a proposição dos termos área contaminada requalificada e parqueaterro. A análise espacial da paisagem dos parques-aterros, através do modelo de tomada de decisão por multicritérios (Multi Criteria Evaluation - MCE), deu origem aos mapas de potencial de conectividade, em dois diferentes cenários: mais otimista e mais conservador. Os resultados mostraram que a conexão da paisagem está mais favorecida junto ao Raposo Tavares. Observou-se, também, que as condições ambientais e a distância de influência dos critérios selecionados na avaliação são determinantes para a definição das zonas de amortecimento urbanas dos parques. Os estudos de caso representam duas épocas distintas do desenvolvimento tecnológico para a requalificação dessas áreas. O projeto paisagístico do parqueaterro Raposo Tavares não contemplou aspectos importantes para evitar problemas relacionados à sua gênese. Ao contrário, o projeto do parque-aterro Jardim Primavera incorporou os quesitos técnicos e ambientais atuais e incluiu a participação da comunidade. A particularidade da gênese dos parques-aterros e suas restrições orientaram as diretrizes propostas para os seus planos de gestão, especialmente quanto à revegetação e definição das suas zonas de amortecimento. Dessa forma, conclui-se que a implantação de parques-aterros deve ser encarada com precaução, em razão dos possíveis riscos à saúde dos trabalhadores da obra como dos seus futuros usuários e à flora e fauna locais.
Título em inglês
Rehabilitation of deactivated landfills (brownfields) in São Paulo Municipality: The Raposo Tavares and Jardim Primavera Parks (Greenfields)
Palavras-chave em inglês
Contaminated sites
Deactivated landfills
Environmental restoration
Urban parks
Resumo em inglês
The process of industrialization and urbanization of Brazil is characterized by a dynamic of abandonment (degradation) and reuse of areas, which may have a history of activities that could contaminate the soils and surface and ground water. These areas tend to be concentrated in industrial centers, one of the most noteworthy of which is São Paulo. The disposal of solid waste is one of the activities that contribute to the emergence of contaminated areas and they have to be recovered in a specific manner. The aim of this research is to identify and assess the suitability from a technical, environmental and landscape standpoint of processes of converting abandoned landfills into urban parks in the municipality of São Paulo. The study discusses the origins of these areas, from the stages of their implementation and deactivation, to the processes involved in their effective redevelopment as parks, within their respective urban insertions. It also evaluates their current situation in terms of contamination, their potential for connectivity in the landscape and examines their landscaping design and proposed management plans. The research includes two case studies: the former landfill site Raposo Tavares, located in the Subprefecture of Butantã in the West District, which is currently the Raposo Tavares Park; and the former landfill site Jacuí, located in São Miguel Paulista, in the Eastern District, currently under redevelopment as the Jardim Primavera Park. The study of the concepts and classifications of the management systems of contaminated areas and green areas led to the proposal of the terms requalified contaminated area and landfill-park. Spatial analysis of the landscape of the landfill-parks, using the Multi Criteria Evaluation - MCE model, enabled the creation of connectivity potential maps, with two different scenarios: one more optimistic and the other conservative.The results showed that the landscape connectivity is more favourable in Raposo Tavares. It was also found that the environmental conditions and distance of influence of selected criteria in the evaluation are crucial to the definition of urban buffer zones of the parks. The case studies represent two different eras of technological development for the requalification of these areas. The landscape project of the Raposo Tavares landfill-park did not include important aspects to avoid problems related to its genesis. On the contrary, the design of the Jardim Primavera landfill-park incorporated current environmental and technical issues and included community participation. The particularity of the genesis of landfill-parks and their constraints oriented the proposed guidelines for their management plans, especially regarding the definition of revegetation and their buffer zones. Thus, it was concluded that the implementation of landfill-parks should be viewed with caution because of possible health risks to construction workers, future users and their flora and fauna
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Luzia_Helena_Tese.pdf (38.99 Mbytes)
Data de Publicação
2012-09-18
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2014. Todos os direitos reservados.