• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.16.2017.tde-20122016-152110
Documento
Autor
Nome completo
Renato Brancaglione Cristofi
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2016
Orientador
Banca examinadora
Marins, Paulo César Garcez (Presidente)
Pinheiro, Maria Lucia Bressan
Salgueiro, Heliana Angotti
Título em português
O orientalismo arquitetônico em São Paulo - 1895 - 1937
Palavras-chave em português
Arquitetura
Arquitetura orientalista
Imigração
Mourisco
Orientalismo
São Paulo
Resumo em português
Esta dissertação tem como objetivo central a compreensão do Orientalismo Arquitetônico em São Paulo, entre 1890 à 1937. Almeja-se por assim, entender a historicidade deste fenômeno, desde a incorporação do vocabulário arquitetônico até a constituição de um diversificado, heterogêneo e particularizado campo social de produção pelas ruas da cidade. Leva-se em conta, como motivos definidores de sua vivência cultural: seus agentes-produtores, seus interlocutores sociais, seus sentidos e signos sociais nas especificidades da São Paulo da Primeira República. O que para além das características e variações de produção formal e da incorporação e interpretação de repertórios orientalistas-arquitetônicos, passa diretamente pela interação com as práticas sociais e tensões da cidade. Assim, depositamos a compreensão nas manifestações paulistanas da arquitetura orientalista, através do entendimento da arquitetura como elemento de representação de seus agentes - proprietários e construtores - dentro de suas redes de sociabilidade e campo de possibilidades. Tendo em vista, especialmente, o papel de afirmação, distinção e apropriação de vínculos simbólicos e de linguagens com esse imaginário "oriental" sobre o outro expressos em palacetes. Na aceitação de uma imagem edulcorada, reconhecível e auspiciosa de si, no caso de seus proprietários e viventes, e de vitrine de arte e de ofício de seus variados artífices-construtores. No entendimento das especificidades do caso paulistano enquanto fenômeno marcado pela convivência entre a incorporação de um estilo de arquitetura e a apropriação de sua "imagem" orientalista por imigrados árabes e andaluzes radicados em São Paulo, naquilo que aponta para significados e vínculos de identidades e alteridades latentes.
Título em inglês
Architectural Orientalism in São Paulo - 1895 - 1937
Palavras-chave em inglês
Architecture
Immigration
Moorish
Orientalism
Orientalist architecture
São Paulo
Resumo em inglês
This dissertation aims at understanding Architectural Orientalism in São Paulo between 1890 and 1937. The aim is to understand the historicity of this phenomenon, from the incorporation of the architectural vocabulary to the constitution of a diversified, heterogeneous and particular social field The streets of the city. They take into account, as defining factors of their cultural experience: their agents-producers, their social interlocutors, their senses and social signs in the specifics of São Paulo of the First Republic. What goes beyond the characteristics and variations of formal production and the incorporation and interpretation of orientalist-architectural repertoires, goes directly through the interaction with the social practices and tensions of the city. Thus, we place understanding in the Paulistan manifestations of Orientalist architecture, through the understanding of architecture as an element of representation of its agents - owners and builders - within their networks of sociability and field of possibilities. Especially considering the role of affirmation, distinction and appropriation of symbolic links and languages with this "oriental" imaginary on the other expressed in palaces. In the acceptance of a sweetened, recognizable and auspicious image of itself, in the case of its owners and living, and showcase of art and craft of its various craftsmen-builders. In the understanding of the specificities of the paulistano case as a phenomenon marked by the coexistence between the incorporation of a style of architecture and the appropriation of its Orientalist "image" by Arab and Andalusian immigrants living in São Paulo, in what points to meanings and ties of identities and alterities Latent
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2017-03-22
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.