• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
Documento
Autor
Nome completo
Roseli Maria Martins D'Elboux
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2004
Orientador
Banca examinadora
Pinheiro, Maria Lucia Bressan (Presidente)
Agostino, Mario Henrique Simao D
Barbuy, Heloisa Maria Silveira
Título em português
Manifestações neoclássicas no Vale do Paraíba: Lorena e as palmeiras imperiais
Palavras-chave em português
arquitetura neoclássica
café
paisagem urbana
século XIX
Vale do Paraíba
Resumo em português
A presente dissertação propõe-se a discutir a influência da linguagem neoclássica na formação da paisagem urbana das cidades valeparaibanas a partir do estabelecimento de uma elite ligada à cultura do café nessa região. Seu recorte cronológico abrange o período entre 1830 e 1890, enquanto espacialmente tem seu foco direcionado na cidade de Lorena, São Paulo, de modo a cobrir as transformações aí ocorridas desde a chegada do café até o esgotamento dessa cultura. A segunda metade do séc. XIX coloca-se como um momento importante para o seu processo de urbanização, pois companhando as transformações urbanas, surgiram e consolidaram-se exemplos paisagísticos próprios da sociedade do café: ruas arborizadas com renques de palmeiras, a demonstrar a proximidade com a Corte, a sinalizar os novos “modos afrancesados”. Discute ainda, por um lado, as origens do jardim paisagista inglês implantado no Brasil nesse período, cujo expoente é Glaziou e, por outro, as razões para a adoção da palmeira imperial (Roystonea oleracea) como símbolo de nobreza e sua ligação com a linguagem neoclássica, sendo utilizada com o propósito de qualificar os logradouros públicos a fim de equipará-los aos novos edifícios que substituíam aqueles da tradição colonial.
Título em inglês
Neoclassical manifestation in the Paraiba's Valley: Lorena and the Royal Palm trees
Palavras-chave em inglês
19th century
coffe
Lorena
neoclassical architecture
urban landscape
Resumo em inglês
This essay proposes to discuss the influence of neoclassical language in the urban landscape formation of the cities in the Paraiba's Valley started with the settlement there of an elite, connected with coffee growing. Its chronological focus concerns the period between 1830 and 1890, while its spatial focus is oriented to Lorena city, estate of São Paulo, covering the transformations that occurred there, since the beginning of coffee growing until its exhaustion by the 1890s, corresponding, not by chance, with the end of the Second Empire. The second half of XIX century is seen as a fundamental moment for the urbanization process, because following the urban transformations, specifics landscapes examples of the coffee society appeared and consolidated: streets with rows of palm trees, trying to demonstrate a proximity with the Court, signalizing the new 'Frenchified manners.’ Also, the essay discusses the origins of the British landscape garden implanted in Brazil at that time, where Glaziou was the leading exponent, and the reasons why the Royal Palm Tree (Roystonea oleracea) was adopted as a symbol of nobility and its connections with the neoclassical language, being used with the aim of characterize public areas, to make them equal to the new buildings that were taking place of those within the colonial tradition.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
01introd.pdf (344.03 Kbytes)
02capitulo1.pdf (2.11 Mbytes)
03capitulo2.pdf (1.33 Mbytes)
04capitulo3.pdf (1,023.60 Kbytes)
05capitulo4.pdf (3.03 Mbytes)
06capitulo5.pdf (272.29 Kbytes)
Data de Publicação
2006-10-06
 
AVISO: O material descrito abaixo refere-se a trabalhos decorrentes desta tese ou dissertação. O conteúdo desses trabalhos é de inteira responsabilidade do autor da tese ou dissertação.
  • D'ELBOUX, Roseli Maria Martins. Uma promenade nos trópicos : os barões do café sob as palmeiras-imperiais, entre o Rio de Janeiro e São Paulo [doi:10.1590/S0101-47142006000200007]. Anais do Museu Paulista: História e Cultura Material [online], 2006, vol. 14, n. 2, p. 193-250.
  • D'ELBOUX, Roseli MM. A promenade in the tropics : the imperial palms between Rio de Janeiro and São Paulo [doi:10.1080/14601176.2013.796728]. Studies in the History of Gardens and Designed Landscapes [online], 2013, p. 1.
  • D'ELBOUX, Roseli. O pitoresco e o jardin anglais. Aedificandi : Revista de Arquitetura e Construção [online], 2007, vol. 2, p. 1-27. [acesso 2012-02-10]. Disponível em : <http://www.aedificandi.com.br>
  • D'ELBOUX, Roseli. Vale do Paraíba: fusão de saberes e técnicas. Registros (Mar del Plata), 2004, vol. 2, n. 2, p. 219-235.
  • D'ELBOUX, Roseli. As palmeiras imperiais como símbolo de poder e classe na configuração dos espaços públicos da elite. In Anais do I Seminário de História do Café [CD], 1, Itu, 2006. Itu : Museu Paulista/USP/FFLCH/CEDHAL, 2006.
  • D'ELBOUX, Roseli. À sombra das figueiras-bravas, espaços de sociabilidade no cotidiano da colônia. In Anais do II Seminário de História do Açúcar [CD], 2, Itu, 2007. Itu : Museu Paulista da USP/Centro de Estudos de História do Atlântico (CEHA), 2007.
  • D'ELBOUX, Roseli. Vale do Paraíba: fusão de saberes e técnicas. In Anais do VIII Seminário de História da Cidade e do Urbanismo [CD], 8, Niteroi, 2004. Niteroi : UFF, 2004.
  • D'ELBOUX, Roseli. Manifestações neoclássicas no Vale do Paraíba : Lorena e as palmeiras-imperiais. São Paulo : Annablume/FAPESP, 2008.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2014. Todos os direitos reservados.