• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.16.2013.tde-12042013-141721
Documento
Autor
Nome completo
Edite Galote Rodrigues Carranza
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2013
Orientador
Banca examinadora
Camargo, Monica Junqueira de (Presidente)
Buzzar, Miguel Antonio
Koury, Ana Paula
Sandeville Junior, Euler
Silva, Fernanda Fernandes da
Título em português
Arquitetura alternativa: 1956-1979
Palavras-chave em português
Arquitetura moderna
Contracultura
Cultura popular
Ecologismo
História da arquitetura paulista
Psicodelismo
Resumo em português
Esta tese trata de uma parcela minoritária da arquitetura paulista que foi partícipe da Contracultura brasileira, no período de 1956-1979. O trabalho teve como eixo temático a trajetória dos arquitetos Lina Bo, Sérgio Ferro, Rodrigo Lefèvre, Flávio Império, Eduardo Longo, Vitor Lotufo e Pitanga do Amparo; constatou a singularidade de suas produções em relação ao contexto hegemônico; analisou obras exemplares dessas produções através do re-desenho e levantamentos in loco; identificou correspondências entre tendências contemporâneas internacionais e o debate de ideias e ideais com a cena cultural ampliada às áreas de música, teatro, jornalismo, literatura, artes plásticas e cinema. A autonomia teórica e crítica e o comportamento diferenciado dos arquitetos elencados, constituiu-se num questionamento ao status quo sóciocultural, à linha hegemônica da Escola Paulista Brutalista e ao Estilo Internacional. Os projetos, da denominada Arquitetura Alternativa, se distinguiram pelas soluções plásticas, uso de materiais e técnicas construtivas vernaculares ou adotando novas abordagens, repúdio à serialização ou industrialização e busca de fontes de legitimação mediante interfaces multidisciplinares. A Arquitetura Alternativa, é, portanto, uma produção à margem da hegemonia que, por integrar a Contracultura brasileira, participou da Revolução Cultural que ocorreu em diversos países ocidentais nos anos 1950 e 1970.
Título em inglês
Alternative Architecture:1956-1979
Palavras-chave em inglês
Counterculture
Ecology
Modern Architecture
Popular Culture
Psychedelic
São Paulo State Architecture History
Resumo em inglês
This thesis deals with a minor portion of the São Paulo state architecture that was part of the Brazilian Counterculture in the period of 1956-1979. The work had as main theme the trajectory of the architects Lina Bo, Sergio Ferro, Rodrigo Lefèvre, Flávio Império, Eduardo Longo, Vitor Lotufo and Pitanga do Amparo, and established the uniqueness of their productions in relation to hegemonic context; evaluated exemplary works of these productions through the re- drawing and on-site surveys; and identified correspondences among contemporary international trends and the debate of ideas and ideals with the cultural scene extended to the areas of music, theater, journalism, literature, visual arts and cinema. The theoretical and critical autonomy and the differentiated behavior of the architects listed, constituted in a challenge to the "status quo" social and cultural, to the hegemonic line of the "Escola Paulista Brutalista" and to the International Style. The designs, of the denominated Alternative Architecture, were distinguished by plastics solutions, use of vernacular materials and construction techniques or adopting new approaches, rejection to serialization or industrialization and search for sources of legitimation by multidisciplinary interfaces. The Alternative Architecture is therefore, a production on the sidelines of the hegemony, which by integrating the Brazilian Counterculture, attended the Cultural Revolution that occurred in many Western countries in the 1950s and 1970s
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2013-04-23
 
AVISO: O material descrito abaixo refere-se a trabalhos decorrentes desta tese ou dissertação. O conteúdo desses trabalhos é de inteira responsabilidade do autor da tese ou dissertação.
  • CARRANZA, Edite Galote, e CARRANZA, Ricardo. Documento Pitanga do Amparo : psicodelismo, ecologismo e suprematismo. Revista Arquitetura e Urbanismo - AU, 2013, vol. 234, n. 234, p. 83-87. Pitanga do Amparo pertence ao grupo de arquitetos analisados na Tese "Arquitetura Alternativa:1956-1979!..
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.