• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.14.2019.tde-25092018-142253
Documento
Autor
Nome completo
Jose Angel Riandes Gonzalez
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2018
Orientador
Banca examinadora
Goncalves, Fabio Luiz Teixeira (Presidente)
Barrozo, Ligia Vizeu
Carvalho, Leila Maria Vespoli de
Título em português
O Impacto dos Fatores de Risco Ambiental na Mortalidade Cardiovascular e Respiratória na Califórnia (1975-2005)
Palavras-chave em português
Doenças Cardiovasculares (DCV). Doenças Respiratórias (RES). Índices de Conforto Térmico. Análises de Componentes Principais (ACP).
Resumo em português
O presente trabalho tem como objetivo avaliar a influência das variáveis ambientais na mortalidade de idosos (acima de 65 anos) por doenças cardiovasculares (DCV) e respiratórias (RES), nos condados de Los Angeles, Orange e Santa Bárbara na Califórnia, através de análises estatísticas, em particular de componentes principais (ACP). Para isso foram utilizados dados diários das estações meteorológicas dos condados (temperatura, pressão, umidade e velocidade do vento), de poluição do ar (NO2, CO, SO2 e O3) e da mortalidade por DCV e RES, durante o período 1975-2005. Além disso, foram calculados 7 índices de conforto térmico e estabelecidas as zonas de conforto para diferentes graus de percepção térmica a partir do índice de Temperatura Efetiva (TE). Os resultados verificaram tendências diferentes na variação temporal das DCV e RES. Enquanto as doenças RES tiveram um aumento bastante leve em todos os condados, as DCV apresentaram uma ligeira diminuição nos condados de Orange e Santa Bárbara, e uma diminuição constante e acentuada no condado de Los Angeles. Também se verificou uma variação sazonal significativa, com evidente aumento do número de óbitos de ambas as doenças durante o inverno e queda durante o verão. Em relação aos poluentes, foram observadas muitas ultrapassagens dos padrões nacionais de qualidade do ar principalmente para o O3, com 1443 vezes para o condado de Los Angeles, 771 para o Orange e 114 para Santa Bárbara. A partir dos índices de conforto térmico notou-se que o mês mais estressante devido ao calor foi setembro principalmente para os condados de Los Angeles e Santa Bárbara, e julho e agosto para o condado de Orange. Analisando a média de óbitos por sensação térmica observou-se um aumento das doenças nos extremos, principalmente quando a sensação é Muito Frio, com médias por doenças RES de 16,42, 3,31 e 0,81 e por DCV de 77,32, 15,37 e 2,92 nos condados de Los Angeles, Orange e Santa Bárbara, respectivamente. Com base na análise de correlação entre as variáveis e as doenças, observaram-se as melhores correlações no condado de Los Angeles, tanto para as doenças RES quanto DCV, e as correlações mais baixas foram observadas no condado de Santa Bárbara. Os resultados da ACP nos condados de Los Angeles e Orange verificaram o aumento da mortalidade por DCV no inverno, associadas a correlações positivas com os níveis de poluição principalmente em Los Angeles e ao estresse por frio, umidade e vento (via índice de conforto térmico) em Orange. Por outro lado, a mortalidade por doenças RES esteve mais associada às variações meteorológicas do que às concentrações de poluentes, observando-se associações positivas com o índice de calor (IC). Neste sentido, o condado de Orange apresentou maiores correlações com IC do que o condado de Los Angeles, além de uma variância maior (11,36 % contra 9,89 %). Por último, no condado de Santa Bárbara os resultados foram muito diferentes, já que tanto episódios de frio quanto de calor não mostraram impactos claros na população idosa, com respeito a ambos os grupos de doenças. O distintivo foi que os níveis de SO2 tiveram a maior associação positiva à mortalidade principalmente por DCV (0,53), embora tiver o condado as concentrações mais baixas das estudadas (média de 0,29 ppb). Em suma, os condados possuem estruturas sociais diferentes, apesar da semelhança do clima, fazendo com que os resultados sejam bastante dispares entre os mesmos. As perspectivas destes estudos pretendem colocar estes resultados para climas futuros, pois diversos episódios de ondas de calor ocorreram após o ano de 2005.
Título em inglês
Impact of Environmental Risk Factors on Cardiovascular and Respiratory Mortality in California (1975-2005)
Palavras-chave em inglês
Cardiovascular Diseases (CD). Respiratory Diseases (RD). Thermal Comfort Indexes. Principal Component Analysis (PCA).
Resumo em inglês
The objective of this study was to evaluate the influence of environmental variables on the mortality of elderly patients (over 65 years) due to cardiovascular diseases (CD) and respiratory diseases (RD) in the counties of Los Angeles, Orange and Santa Bárbara, California; through statistical analyzes, in particular, principal components (PCA). For this purpose, daily data of the meteorological stations of the counties (temperature, pressure, humidity and wind speed), air pollution (NO2, CO, SO2 and O3) and mortality by CD and RD were used during the period 1975-2005. In addition, seven thermal comfort indexes were calculated and comfort zones were established for different degrees of thermal perception according to the Effective Temperature index (TE). The results showed different trends in the temporal variation of CD and RD. While RD diseases had a fairly mild increase in all counties, CD showed a slight decrease in Orange and Santa Barbara counties and a steady decline in Los Angeles county. There was also a significant seasonal variation, with an evident increase in the number of deaths from both diseases during the winter and fall during the summer. In relation to the pollutants, many national standards for air quality were exceeded, mainly for the O3, with 1443 times for Los Angeles, 771 for Orange and 114 for Santa Barbara. From the thermal comfort indexes it was noted that the most stressful month due to the heat was September, mainly for the counties of Los Angeles and Santa Barbara, and July and August for the county of Orange. Analyzing the average number of deaths due to thermal sensation, there was an increase of the illnesses in extreme, especially when the sensation is Very Cold, with RD averages of 16.42, 3.31 and 0.81 and CD average of 77.32, 15.37 and 2.92 in the counties of Los Angeles, Orange and Santa Barbara, respectively. Based on correlation analysis between variables and diseases, the best correlations were found in Los Angeles for both RD and CD, and the lowest correlations were observed in Santa Barbara. The results of PAC in the counties of Los Angeles and Orange showed the increase in CD mortality in winter associated to positive correlations with the levels of pollution mainly in Los Angeles and stress due to cold, humidity and wind (via thermal comfort index) in Orange. On the other hand, mortality due to RD diseases was more associated with meteorological variations than with pollutant concentrations, with positive associations with heat index (HI). In this sense, Orange County presented higher correlations with HI than the county of Los Angeles, in addition to a greater variance (11.36% vs. 9.89%). Finally, in Santa Barbara the results were very different, since both episodes of cold and heat did not show clear impacts in the elderly population, regarding both groups of diseases. The difference was that SO2 levels had the highest positive association with CD mortality (0.53), although this county had the lowest concentrations studied (mean 0.29 ppb). In sum, counties have different social structures, despite the similarity of the climate, making the results quite different between them. The perspectives of these studies intend to place these results for future climates, since several episodes of heat waves occurred after 2005.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2019-01-22
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.