• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.12.2018.tde-26112018-122557
Documento
Autor
Nome completo
Rodger Barros Antunes Campos
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2018
Orientador
Banca examinadora
Azzoni, Carlos Roberto (Presidente)
Almeida, Eduardo Simões de
Silva, Diana Lúcia Gonzaga da
Amaral, Pedro Vasconcelos Maia do
Título em português
Subcentralidades e e prêmio salarial intra-urbano na região metropolitana de São Paulo
Palavras-chave em português
Centros de negócios
Economias de aglomeração
Mercado de trabalho
Prêmio salarial
Subcentros de Negócio
Resumo em português
As economias de aglomeração apresentam externalidades que impactam sobre os vetores de preços da economia. As interações que ocorrem nas aglomerações são relevantes para a compreensão dos benefícios gerados pela proximidade. Tais benefícios impactam diretamente o salário do trabalho e os preços dos imóveis, entre outros. Muitos trabalhos focaram em estudar economias de aglomeração no contexto espacial agregado, mas poucos estiveram focados no espaço intra-urbano. Em face dessa lacuna na literatura de Economia de Aglomeração, a análise nesta tese debruça-se sobre a Região Metropolitana de São Paulo (RMSP), que foi dividida em áreas homogêneas de 1 km2. Dois são os objetivos centrais desse trabalho. Primeiro, buscou-se identificar as áreas mais relevantes quanto à aglomeração de trabalhadores na RMSP, ou seja, os subcentros de emprego (SBD). Para tanto, utilizaram-se os microdados geocodificados do Ministério do Trabalho (RAIS- MTE) para os anos de 2002, 2008 e 2014. Uma nova abordagem empírica foi desenvolvida, utilizando Regressões Ponderadas Geograficamente e uma regra objetiva de valor de corte. Os resultados apontam para três SBD nos anos de 2002 e 2008. No ano de 2014, a abordagem metodológica desenvolvida nessa tese com valor de corte mais restrito identifica apenas dois SBD. Nos dois períodos iniciais, os SBD se localizam em Barueri, São Paulo e São Caetano do Sul. No último ano avalidado, localizam-se em Barueri e São Paulo. O padrão observado é que o emprego localizado nas áreas centrais de São Paulo apresenta nível de crescimento relativamente maior do que nas demais áreas. Os demais SBD perdem não apenas em termos de emprego, mas também em termos de área, isto é, as áreas dos SBD nesses municípios se reduzem. Em 2002, os SBD de Barueri e São Caetano do Sul ocupavam áreas de 5 e 7 km2, respectivamente. Em 2014, o primeiro ocupava 1 km2 e o segundo deixou de existir. Em São Paulo, a área se elevou de 79 km2 para 90 km2. Os resultados sugerem elevada concentração espacial do emprego na RMSP. No segundo ensaio, objetiva-se identificar o impacto da aglomeração sobre os salários dos trabalhadores e, adicionalmente, testa-se a hipótese de atenuação espacial da aglomeração. Para tanto, construiu-se uma base de dados longitudinal e considerou-se uma especificação com múltiplos efeitos fixos e defasagem espacial da aglomeração de emprego. Mesmo em face de uma especificação mais restritiva, os resultados sugerem efeito positivo da aglomeração, o qual é atenuado com o distanciamento espacial. Em outras palavras, a aglomeração impacta positivamente o salário. Em estimações que desconsideram a questão da endogeneidade, estima-se um efeito direto (na própria área) de 0,039%, efeito indireto de primeira ordem (em áreas contíguas) de -0,11% e efeito indireto de segunda ordem (anel externo às áreas contíguas) de -0,23%, normalizado por 100,000. Ao tratar o problema da endogeneidade, através do uso de variáveis instrumentais, obtém-se efeito direto de 1,78%, indireto de primeira ordem de -2,12% e o efeito de segunda ordem não é estatisticamente significante.
Título em inglês
Subcentralities and infra-urban wape premium in the metropolitan area of São Paulo
Palavras-chave em inglês
Aglomeration economies
Central business district
Intra-urban wage premium
Labor market
Subcenter business district
Resumo em inglês
Agglomeration economies are externalities that impact on prices in the economy. The interactions that occur in agglomerations are relevant for the understanding of the benefits generated by proximity. These benefits directly affect workers' wage, real estate prices, etc. Many papers have focused on non-market interaction in aggregated labor markets, but intra-urban labor markets have received less attention. Seeking to fulfill such lack, 1 km2 areas of the Metropolitan Area of São Paulo (MASP) are taken as the scope of analysis of this study. The central objectives of this dissertation are twofold. First, in chapter 3, I identified and characterized the most relevant areas in terms of job agglomeration in the MASP, named subcentral business districts (SBD). For this purpose, the geocoded matched employer-employee database of the Ministry of Labor (RAIS- TEM) was used. I developed a new empirical approach to identify the SBD, using Geographicaly Weight Regression and cut-off rules of identification. The results identified three SBD in the years of 2002 and 2008, and only two in 2014. Considering the two initial periods, the SBD are located in the municipalities of Barueri (SBD-BAR), São Paulo (SBD-SAO) and São Caetano do Sul (SBD-SCS). In the last year, the SBD are located in Barueri and São Paulo municipality only. The employment located in the central areas of São Paulo shows a relatively higher amount of employee than in the other SBD areas. SBD-BAR and SBD-SCS lost not only in terms of employment, but also in terms of area. In 2002, these last two SBD occupied areas of 5 and 7 km2 respectively. In 2014, the SBD-BAR occupied 1 km2, while the SBD-SCS is not ranked at all. In São Paulo, the area ranges from 79 km2 to 90 km2. The results stemmed from the first paper suggest a high spatial concentration of employment in the MASP. In the second paper (chapter 4), the objectives are to identify the impact of agglomeration on workers' wages and test the agglomeration spatial attenuation hypothesis (SAH). For that, I use employer-employee RAIS database and consider a specification with multiple fixed effects and spatial lags of the employment agglomeration as a strategy to SAH identification. Even in the face of a more restrictive specification, the results suggest a positive effect of agglomeration, which is attenuated as the spatial distance increases. In other words, agglomeration affects positively workers' wage in the workplace area. Estimates without solving for endogeneity between wage and agglomeration indicate a direct effect of 0.039% (in the area itself), a first-order indirect effect of -0.11% (in the contiguous areas), and a second-order effect of -0.23% (in the ring around the contiguous areas), normalized by 100,000. When considering instrumental variables, the estimated direct effect on wages becomes 1.78%, the first-order effect changes to -2.12%, and the second order effect is not statistically significant.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
CorrigidoRodger.pdf (8.48 Mbytes)
Data de Publicação
2018-11-28
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.