• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.12.2019.tde-20122018-183108
Documento
Autor
Nome completo
Milene Simone Tessarin
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2018
Orientador
Banca examinadora
Azzoni, Carlos Roberto (Presidente)
Chagas, André Luis Squarize
Garcia, Renato de Castro
Gomes, Rogério
Título em português
O papel da inovação, diversificação e vizinhança setorial no desenvolvimento industrial recente do Brasil
Palavras-chave em português
Cooperação para inovar
Desenvolvimento industrial
Diversificação produtiva
Econometria espacial
Habilidade dos trabalhadores
Proximidade setorial
Resumo em português
A indústria de transformação é formada por um conjunto de setores com grande potencial para estimular o crescimento econômico, sobretudo de países em desenvolvimento, como o Brasil. Vários fatores definem as condições produtivas e tecnológicas do país, como a inovação tecnológica, a diversificação produtiva e a proximidade setorial (cognitiva e tecnológica), os quais também podem se diferenciar de acordo com os setores de atividade. Para compreender as características recentes da indústria de transformação brasileira esta tese procura responder algumas questões: i) as empresas que realizaram cooperação para inovar no Brasil apresentaram perfil distinto daquelas que inovaram sem cooperar? ii) o esforço inovativo realizado por empresas nacionais e estrangeiras é similar? iii) os subsetores da manufatura brasileira são diversificados e possuem desempenho econômico superior em relação aos não diversificados? iv) há um padrão de diversificação entre os subsetores? v) existe uma relação de proximidade produtiva e tecnológica entre os setores industriais que pode ser confirmada a partir das habilidades dos trabalhadores? Essas perguntas ajudarão a entender melhor algumas questões ainda não exploradas pela literatura brasileira com o grau de detalhamento explorado nesta tese. Para tanto, foram obtidas algumas tabulações especiais da Pesquisa de Inovação Tecnológica (Pintec) e da Pesquisa Industrial Anual Empresa (PIA-Empresa) para anos recentes. Também criou-se um índice para captar habilidades produtivas e tecnológicas relacionadas às ocupações dos trabalhadores, que foi utilizado em uma nova aplicação de modelos econométricos espaciais para medir a proximidade cognitiva e tecnológica. O detalhamento dos dados solicitados resultou em informações inéditas que permitem fazer algumas avaliações conclusivas sobre o desempenho recente da manufatura brasileira nos temas abordados. Primeiro, empresas que cooperaram para inovar apresentaram um esforço inovativo muito superior às que não cooperaram, independente da origem do capital e da categoria tecnológica, sendo que o fato de cooperar foi mais decisivo para diferenciá-las que a origem do capital. Segundo, os subsetores com plantas produtivas industriais diversificadas possuem desempenho produtivo superior frente àqueles não diversificados. Há um padrão de diversificação da produção em que subsetores tendem a diversificar mais intensamente para dentro do mesmo grupo setorial, enquanto apenas os subsetores mais tecnológicos diversificam para grupos setoriais mais distantes. Terceiro, foi encontrado um padrão em que setores que possuem trabalhadores com habilidades produtivas e tecnológicas tendem a ter em sua vizinhança setores com as mesmas características, e isso permite que efeitos econômicos transbordem para sua vizinhança. Assim, os resultados apontaram que algumas características da indústria de transformação brasileira quanto à inovação, diversificação e proximidade setorial podem ser reforçadas a fim de obter melhor desempenho econômico. Esforços inovativos podem ser ampliados ao estimular empresas inovadoras a realizarem cooperação para inovar. O desempenho dos subsetores pode ser aperfeiçoado ao ampliar a diversificação das plantas produtivas. E ainda, pode-se produzir efeitos positivos sobre a economia de forma mais ampla ao focalizar ações para setores que possuam uma rede de vizinhança mais densa e que demandam habilidades produtivas e tecnológicas
Título em inglês
The role of innovation, diversification and, sectoral proximity in Brazil's recent industrial development
Palavras-chave em inglês
Cooperation for innovating
Industrial development
Productive diversification
Sectoral proximity
Skill of workers
Spatial Econometrics
Resumo em inglês
The manufacturing industry is composed of subsectors with great potential to stimulate economic growth, especially in developing countries such as Brazil. Several factors define the productive and technological conditions of a country, such as technological innovation, productive diversification and sectoral proximity (cognitive and technological), which can also be differentiated according to the sectors of activity. In order to understand the recent characteristics of the Brazilian manufacturing sector, this thesis tries to answer some questions: i) have the companies that cooperated for innovating in Brazil presented a profile different from those that innovated without cooperating? ii) is the innovative effort carried out by domestic and foreign companies similar? iii) are the subsectors of Brazilian manufacturing diversified and have superior economic performance over non-diversified ones? iv) is there a pattern of diversification among subsectors? v) is there a productive and technological proximity relationship between the manufacturing subsectors that can be confirmed by the skills of the workers? These questions will help to better understand some issues not yet explored by the Brazilian literature with the degree of detail explored in this thesis. For this purpose, some special tabulations were obtained from the Brazilian Survey of Technological Innovation and the Annual Industrial Survey of Brazil in recent years. An index was also created to capture productive and technological skills related to occupations of workers, which was used in a new application of spatial econometric models to measure cognitive and technological proximity. The detailing of the requested data resulted in unpublished information that allows making some conclusive evaluations on the recent performance of the Brazilian manufacturing in the subjects approached. First, companies that cooperated for innovating presented an innovative effort far superior to those that did not cooperate, regardless of the origin of capital and the technological category, and the fact of cooperating was more decisive to differentiate them than the origin of capital. Second, subsectors with diversified industrial productive plants have superior productive performance over non-diversified ones. There is a production's diversification pattern in which subsectors tend to diversify more intensively within of the same manufacturing subsector (intra-industry diversification), while only the more technological subsectors diversify between several manufacturing subsectors (inter-industry diversification). Third, a pattern has been found in which subsectors that have workers with productive and technological skills tend to have in their proximity also subsectors with the same characteristics, and this allows economic effects to overflow to their neighborhood. Thus, the results pointed out that some characteristics of the Brazilian manufacturing sector regarding innovation, diversification and sectoral proximity can be strengthened in order to obtain better economic performance. Encouraging innovative companies to cooperate in innovating can enhance innovative efforts. Performance of the subsectors can be improved by raising the diversification of productive plants. Furthermore, positive effects on the economy can be obtained more broadly by focusing on subsectors that have a denser neighborhood that demands productive and technological skills
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
CorrigidoMilene.pdf (4.87 Mbytes)
Data de Publicação
2019-01-02
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.