• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.12.2002.tde-30092003-163857
Documento
Autor
Nome completo
Vagner Roberto Araújo de Andrade
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2002
Orientador
Banca examinadora
Fama, Rubens (Presidente)
Hopp, Joao Carlos
Moreira, Jose Carlos
Título em português
Efeitos da diversificação no valor das empresas do mercado de telecomunicações: teste do modelo de Berger e Ofek.
Palavras-chave em português
Diversificação
Fusões e Aquisições
Mercado de Telecomunicações
Valor da Empresa
Resumo em português
Durante as décadas de 50 e 60, muitas empresas norte-americanas iniciaram um processo intenso de diversificação. Este processo atingiu seu ponto máximo com mais uma onda de fusões do final da década de 60 e que culminou com o surgimento de conglomerados corporativos gigantes. Nos últimos 15 anos, a tendência tem se revertido como mostra os recentes estudos de COMMENT e JARREL (1994), BERGER e OFEK (1995) e LIEBESKIND e OPLER (1993), que documentam o retorno à especialização. Este movimento em direção à especialização aparentemente resultou da visão de que diversificação de empresas não-correlacionadas diminui o valor da empresa. Argumentos teóricos sugerem que a diversificação tem tanto efeito de aumentar o valor da empresa como de diminuir. Os benefícios potenciais de se operar diferentes linhas de negócio como se fossem uma única empresa incluem maior eficiência operacional, menor possibilidade de perder projetos com valor presente líquido positivo, maior capacidade de alavancagem financeira e menores impostos. Os custos potenciais da diversificação incluem o uso de recursos em projetos que diminuem o valor da empresa, subsídios entre unidades de negócios que permitem unidades com baixo desempenho se aproveitarem dos recursos gerados por unidades com alto desempenho e conflito de interesse entre os executivos das unidades de negócio e da corporação. Não há predições claras sobre o efeito global da diversificação no valor da empresa. Foram utilizados dados de unidades de negócio para estimar o efeito da diversificação no valor das empresas no setor de telecomunicações da economia norte-americana. Comparou-se a soma das unidades de negócio diversificadas com valores imputados pelo modelo com os seus valores reais dentro das corporações a que pertencem. As empresas diversificadas tiveram seus valores em média, durante o período de 1990-99, entre 0,2% e 6,4% acima dos valores imputados pelo modelo. O trabalho está dividido da seguinte forma: o capítulo 1 apresenta o problema de pesquisa, mostrando sua origem e importância; o capítulo 2 revisa a fundamentação teórica e detalha alguns resultados de estudos anteriores sobre os efeitos da diversificação; capítulo 3 descreve a amostra utilizada e o modelo de pesquisa aplicado; o capítulo 4 mostra os efeitos da diversificação nas empresas do setor de telecomunicações do mercado norte-americano entre os anos de 1990 e 1999; o capítulo 5 apresenta as considerações finais com sugestões de novos estudos sobre este assunto.
Título em inglês
Diversification's effect on telecom firm value: Berger and Ofek approach
Palavras-chave em inglês
Diversification
Firm Value
Mergers and Acquisitions
Telecom Market
Resumo em inglês
During the 1950s and ´60s many US corporations undertook massive diversification programs. This process reached its climax with the merger wave of the late 1960s and the accompanying rise to prominence of huge conglomerate firms. In the last 15 years the trends has reversed, with studies by COMMENT and JARREL (1994), BERGER and OFEK (1995) and LIEBESK and OPLER (1993) documenting a return to specialization. This push toward focus apparently resulted from the view that unrelated diversification decreases firm value. Theoretical arguments suggest that diversification has both value-enhancing and value-reducing effects. The potential benefits of operating different lines of business within one firm include greater operating efficiency, less incentive to forego positive net present value projects, greater debt capacity, and lower taxes. The potential costs of diversification include the use of increased discretionary resources to undertake value-decreasing investments, cross subsidies that allow poor segments to drain resources from better-performing segments, and misalignment of incentives between central and divisional managers. There is no clear prediction about the overall value effect of diversification. In this study, it was used segment-level data to estimate the valuation effect of diversification on US Telecom companies. It was compared the sum of imputed stand-alone values of the segments of diversified companies to the actual values of those companies. It was documented that diversified firms have values that average, during 1990-99, 0,3% to 6,4% above the sum of the imputed values of their segments. Chapter 1 describes the main goal of this study and its genesis. Chapter 2 reviews the related literature and details the predicting resulting from prior theoretical work. Chapter 3 describes the sample and explains the empirical approach. Chapter 4 assesses the overall value effect of diversification using imputed segment values and a comparison of profitability between diversified and single-segment firms. Finally, Chapter 5 describes the final considerations about the diversification’s effect on firm value.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Dissertacao.PDF (348.13 Kbytes)
Data de Publicação
2003-10-10
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.