• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
Documento
Autor
Nome completo
João Luiz Gilberto de Carvalho
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2019
Orientador
Banca examinadora
Toledo, Geraldo Luciano (Presidente)
Camargo, Ricardo Zagallo
Cordeiro, Rafaela Almeida
Crescitelli, Edson
Título em português
Gerenciamento da experiência do cliente e a integração dos ambientes off-line e on-line: estudo de caso na perspectiva de varejo supermercadista
Palavras-chave em português
Canais de distribuição
Gerenciamento da experiência do cliente
Multicanal
Omnichannel
Supermercado
Varejo
Resumo em português
A experiência dos clientes no ambiente varejista, seja físico ou virtual, ganha destaque na literatura e nas discussões de marketing devido a seu importante papel nos delineadores do comportamento de compras, influenciado por inúmeros fatores, entre os quais as próprias experiências. O estudo das características do varejo experiencial visa compreender as técnicas contemporâneas para a criação e o gerenciamento de experiências atraentes e marcantes para os clientes. Proporcionar experiências positivas de consumo é um dos atuais desafios da gestão de marketing, seja em âmbito estratégico ou operacional, proporcionando diferenciais de mercado perante os concorrentes. Apesar de a literatura apresentar teorias seminais sobre as experiências do consumidor desde a década de 1960, o assunto ganha mais relevância quando as ofertas são comoditizadas; as empresas devem apresentar propostas de valores diferenciadas. O objetivo deste estudo foi identificar como as dimensões da integração dos ambientes off-line e on-line estão presentes no gerenciamento da experiência do cliente, sob a perspectiva de varejo supermercadista. Ressalta-se que se realizou o estudo a partir da perspectiva do varejista, abordando suas implicações gerenciais em um relevante segmento da economia e do cotidiano dos clientes. Essa perspectiva envolve características culturais, capacidades dinâmicas, orientações estratégicas e dificuldades operacionais para integrar os diferentes canais disponíveis aos clientes. Realizou-se uma pesquisa exploratória, com método qualitativo, tendo o estudo de caso como estratégia de pesquisa. Coletaram-se os dados por meio de entrevistas com roteiro semiestruturado, utilizando o modelo de projeto de gerenciamento de experiências dos clientes de Schmitt (2004). Realizou-se o estudo de caso no maior varejo supermercadista do Brasil, considerado o valor de faturamento, com entrevistas da diretora de marketing da operação brasileira e com um diretor de operações de hipermercado. Após as transcrições, os dados foram codificados, gerados atributos específicos também codificados, o que possibilitou a análise de conteúdo. Os resultados foram apresentados seguindo a codificação dos atributos e as etapas do modelo mencionado. Encontraram-se balizadores na literatura e na pesquisa empírica que permitiram confirmar os dois pressupostos iniciais do estudo: (1) a integração dos canais físico e virtual tem levado o cliente a mudar seus comportamentos e (2) o varejo deve agregar serviços às atividades no ambiente físico para melhorar a experiência de consumo. Também apresentou-se um novo constructo envolvendo o gerenciamento das experiências especificamente no varejo supermercadista. Esta concepção implementa o constructo de Terblanche (2018) e, por isso, é nomeada de constructo da experiência ampliada do cliente no supermercado, com uma dimensão adicionada: a integração das operações off-line e on-line. Essa nova dimensão congrega o acesso ou conhecimento dos clientes no canal físico do supermercado, integrando recursos, tecnologias e características do ambiente digital, tendo abrangência de operações dos canais sob a concepção omnichannel. Os principais objetivos desse constructo são: implementar as experiências do cliente no ponto de venda e fornecer vantagem competitiva ao varejista. O trabalho apresenta implicações acadêmicas e contribuições gerenciais que possibilitaram sistematizar aspectos da gestão de varejo, considerando o gerenciamento das experiências dos clientes.
Título em inglês
Managing customer experience and integrating offline and online environments: a case study from a supermarket retail perspective
Palavras-chave em inglês
Distribution channels
Managing customer experience
Multichannel
Omnichannel
Retail
Supermarket
Resumo em inglês
Customer experience in the retail sector, whether physical or virtual, gains prominence in the literature and marketing discussions because of its important role in the delineators of shopping behavior, influenced by many factors, including experience itself. The study of the experiential retail characteristics aims at understanding contemporary techniques for creating and managing attractive and striking customer experiences. Delivering positive customer experiences is one of the current challenges of marketing management, whether strategic or operational in scope, providing market differentials. Although the literature has presented seminal theories on customer experience since the 1960s, the issue becomes more relevant when deals are commoditized; companies must submit differentiated value propositions. The objective of this study was to identify how the dimensions of off-line and online environments integration are present in the management of customer experience, from a supermarket retail perspective. It should be emphasized that the study was carried out from the perspective of the retailer, addressing its managerial implications in a relevant segment of the economy and the customers' daily lives. This perspective involves cultural characteristics, dynamic capabilities, strategic orientations and operational difficulties in integrating the different channels available to clients. Exploratory research was carried out through a qualitative method, with a case study as a research strategy. Data were collected through semi-structured interviews, using Schmitt's (2004) customer experience management project model. The case study was carried out in the largest supermarket retailer in Brazil, considering the billing value, with interviews of the marketing director of the Brazilian operation and an operations director of a single hypermarket. After the transcriptions, the data and the specific attributes generated were coded, which enabled content analysis. The results were presented following the coding of the attributes and the steps of the mentioned model. We have found indicators in the literature and empirical research that allowed us to confirm the two initial assumptions of the study: (1) the integration of the physical and virtual channels has led clients to change their behaviors and (2) the retailer must aggregate services to the activities in the physical environment in order to improve consumer experience. We also presented a new construct involving the management of experiences specifically in the supermarket retail. This conception implements the Terblanche (2018) construct and, therefore, is named the expanded construct of customer experience in the supermarket, with an added dimension: the integration of offline and online operations. This new dimension brings the access or knowledge of the customers together in the physical channel of the supermarket, integrating resources, technologies, and characteristics of the digital environment, covering the operations of the channels under the omnichannel conception. The main objectives of this construct are to implement customer experiences at the point of sale and provide a competitive advantage to the retailer. The study presents academic implications and managerial contributions that enabled systematizing of aspects of retail management, considering the management of client experience.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
CorrigidaJoao.pdf (33.10 Mbytes)
Data de Publicação
2019-07-12
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.