• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.12.2015.tde-25112015-112013
Documento
Autor
Nome completo
Filippe Delarissa Barros
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2015
Orientador
Banca examinadora
Fischmann, Adalberto Americo (Presidente)
Borini, Felipe Mendes
Ferreira, Luis Fernando Filardi
Título em português
Do ofício manual à cooperação: os ganhos competitivos de artesãos em iniciativas de comércio justo
Palavras-chave em português
Artesanato
Comércio justo
Cooperação
Redes interorganizacionais
Resumo em português
O presente trabalho parte de duas proposições teóricas para chegar ao seguinte problema de pesquisa: Como os ganhos competitivos em redes de cooperação podem ser proporcionados aos artesãos em uma iniciativa de comércio justo? A partir deste problema de pesquisa, o trabalho tem como objetivo compreender empiricamente quais ganhos competitivos apresentados pela literatura são proporcionados aos artesãos que fazem parte de uma iniciativa de comércio justo e como os diversos atores que participam dessa iniciativa percebem esses ganhos competitivos. Para cumprir com o objetivo principal, os seguintes objetivos específicos foram determinados: identificar uma iniciativa de comércio justo de artesanato e analisá-la como uma rede de cooperação; mapear os atores que compõem essa iniciativa de comércio justo; identificar os ganhos competitivos dos artesãos a partir da visão da iniciativa de comércio justo; identificar os ganhos competitivos percebidos pelos artesãos que integram a iniciativa de comércio justo; complementar a análise com a visão de parte dos demais atores da rede sobre os ganhos competitivos identificados; e comparar os achados com os princípios e características do comércio justo. Como metodologia de pesquisa, foi realizado um estudo exploratório, com estratégia de estudo de caso único integrado com abordagem qualitativa. O caso estudado foi o da Rede Asta, sendo que as fontes de evidência utilizadas foram 8 entrevistas com roteiro semiestruturado, documentos da Rede Asta e observação direta informal, enquanto o tratamento e análise dos dados foram feitos por meio da análise de conteúdo, resultando em 20 categorias analíticas e 7 categorias finais após o reagrupamento das referidas categorias analíticas. Como primeiros resultados, foi possível justificar a escolha do caso, o analisando também como uma rede de cooperação. Ainda, os principais atores dessa rede foram mapeados, sendo eles os fornecedores, os grupos produtivos, a Rede Asta, as conselheiras, o consumidor final, as empresas e as organizações parceiras. Ao analisar o ganho competitivo de escala e poder de mercado, os principais achados foram relacionados ao acesso a mercados consumidores e ampliação de vendas, à relação com os fornecedores e à credibilidade e legitimidade. No ganho de acesso a soluções, os principais achados foram sobre as capacitações para precificação, a prospecção de empresas, a comunicação e valorização cultural e o acesso a crédito diferenciado. Em aprendizagem e inovação, os principais achados foram de troca de informações de mercado, tendências, produtos e técnicas, e de desenvolvimento de um novo produto. Já no ganho de redução de custos e riscos, os achados foram sobre a segurança de pagamento, adiantamentos e investimentos, e sobre o compartilhamento de atividades e complementariedade de técnicas. Por fim, no ganho de relações sociais identificou-se como principais achados a transparência e confiança, e a concorrência interna e comportamentos oportunistas. Todos esses achados foram comparados também com os princípios e características do comércio justo. Pode-se afirmar então que essa pesquisa testou os limites da aplicação do modelo de ganhos competitivos em redes de cooperação ao comércio justo, ampliando as perspectivas teóricas sobre o tema. Como estudos futuros recomenda-se que sejam realizadas replicações dessa pesquisa em casos múltiplos de artesanato e outros produtos do comércio justo, bem como sejam realizadas pesquisas descritivas com artesãos, outros produtores e demais atores do comércio justo. Ainda, uma recomendação para pesquisas futuras é a de aprofundar o estudo da relação entre as variáveis do comércio justo e dos ganhos competitivos em redes de cooperação, ou até mesmo da relação entre as variáveis dos diversos ganhos competitivos entre si.
Título em inglês
From hand crafted work to cooperation: the competitive gains of craft workers in fairtrade iniciatives
Palavras-chave em inglês
Cooperation
Craftwork
Fairtrade
Interorganizational networks
Resumo em inglês
The present work starts from two theoretical propositions to reach the following research problem: how do competitive gains from cooperation networks may be provided to craftsworkers in a Fairtrade initiative? From this research problem, the aim of this work is to empirically comprehend which competitive gains presented by the literature are provided to the crafts workers that participate in a Fairtrade initiative and how the different actors of this initiative perceive these competitive gains. To accomplish the main goal, the following specific objectives were determined: identify a craftwork Fairtrade initiative and analyze it as a cooperation network; map the actors that compose this Fairtrade initiative; identify the competitive gains of the crafts workers from the Fairtrade initiative vision; identify the competitive gains perceived by crafts workers that integrate the Fairtrade initiative; complement the analysis with the vision from part of the other actors of the network about the identified competitive gains; and compare the findings with the Fairtrade principles and characteristics. As a research methodology, an exploratory study was conducted, with a strategy of unique and integrated case study with a qualitative approach. The case studied was Rede Astas's, and the sources of evidence used were 8 interviews with a semi structured script, Rede Asta's documents and informal direct observing, while the treatment and analysis of the data were made through content analysis, resulting in 20 analytical categories and 7 final categories, after gathering the referred analytical categories. As first results, it was possible to justify the choice of the case, analyzing it also as a cooperation network. Still, the main actors from this network were mapped, being them the suppliers, the productive groups, Rede Asta, the counselors, the final consumers, the companies and the partner organizations. When analyzing the competitive gain of scale and market power, the main findings were related to the access to consumer markets and sales growth, relationship with suppliers and credibility and legitimacy. On the gain of solutions access, the main findings were about trainings for pricing, prospection of companies, communication and cultural valorization and the access to differentiated credit. On learning and innovation, the main findings were exchange of market, trends, products and techniques informations, and development of new products. As for the gain on cost and risks reductions, the findings were about payment safety, advances and investments, and about activities sharing and technical complementation. Finally, in the gain on social relations it was identified as main findings the transparency and trust, and the internal competition and opportunists behaviors. All these findings were compared also to the Fairtrade principles and characteristics. It is possible to affirm, then, that this research tested the limits of applying the model of competitive gains within cooperation networks to Fairtrade, expanding the theoretical perspectives of the subject. For future studies are recommended to be done re-applications of this research in multiple cases of craft work and other products from Fairtrade, as well as new descriptive researches with crafts workers, other producers and other actors from Fairtrade. Still, a recommendation for future researches is to deepen the study of relationships between the variables from Fairtrade and from competitive gains in cooperation networks, or even of the relationship between the variables of different competitive gains within each other.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2015-12-03
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.