• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
Documento
Autor
Nome completo
Roberto Pedroso Junior
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2008
Orientador
Banca examinadora
Zylbersztajn, Decio (Presidente)
Saes, Maria Sylvia Macchione
Souza, José Paulo de
Título em português
Arranjos institucionais na agricultura brasileira: um estudo sobre o uso de contratos no sistema agroindustrial sucroalcooleiro da região centro-sul
Palavras-chave em português
Arranjos institucionais de produção
Cana-de-açúcar
Contratos
Sistema agroindustrial sucroalcooleiro
Transações
Resumo em português
Este trabalho analisa os arranjos institucionais de produção adotados nas transações realizadas entre fornecedores e empresas de processamento (usinas e destilarias) no sistema agroindustrial sucroalcooleiro da região Centro-Sul do Brasil, comparando os arranjos institucionais de produção adotados em regiões tradicionais e não tradicionais no cultivo de cana-de-açúcar. Considerando o objetivo do estudo, a base teórica que sustenta a investigação está embasada em autores da Nova Economia Institucional, tendo particular atenção sobre a linha da Economia dos Custos de Transação. A base metodológica utilizada no estudo se alicerça sobre a Abordagem Holística sugerida por Bogetoft e Olesen, para tanto foram realizadas entrevistas semi-estruturadas com produtores e representantes de instituições do sistema sucroalcooleiro, além da elaboração de dois estudos de casos com empresas processadoras. As empresas processadoras escolhidas para os estudos de casos encontram-se em regiões distintas em relação ao histórico de produção de cana-de-açúcar, assim como as sete associações de fornecedores de cana entrevistadas. Ao final da coleta de dados e análise das informações foi possível constatar indícios da existência de distinção entre os arranjos institucionais de produção de fornecimento entre regiões tradicionais e não tradicionais de cultivo de cana-de-açúcar, o que diferencia os tipos de contratos entre empresas processadoras em diferentes regiões. No caso da empresa processadora localizada em região não tradicional, verificaram-se dificuldades para esta conseguir produtores agrícolas dispostos a realizarem contratos de fornecimento. No outro estudo com empresa processadora localizada em região tradicional no cultivo de cana foram encontrados casos de fornecedores que mantêm uma relação estável de longa duração através de acordos orais baseados na reputação criada ao longo de décadas de transações. As conclusões expostas ao final do estudo demonstram a importância do aprofundamento dos estudos envolvendo os arranjos institucionais de produção adotados por empresas em diferentes ambientes institucionais.
Título em inglês
Institutional arrangements in Brazilian agriculture: a study on the use of contracts in South Central Brazil´s sugar-and-alcohol industry
Palavras-chave em inglês
Contracts
Institutional production arrangements
Sugar and alcohol industry
Sugar cane
Transactions
Resumo em inglês
This work analyzes the institutional framework that mediates market transactions between suppliers (plants) and processing firms (distilleries) within South Central Brazils sugar and alcohol agroindustry. To that end, a comparison is made between institutional production arrangements in traditional and non-traditional sugar cane farming regions. The theoretical background of this investigation is based on the New Institutional Economics, particularly focused on Transaction Cost Economics. The methodology adopted is a departure from the Holistic Approach proposed by Bogetoft and Olesen. In-depth, semi-structured interviews were conducted with producers representing institutions in the sugar and alcohol sector, as well as two case studies on processing firms. Due to the historical development of sugar agriculture, the processing firms and the seven suppliers organizations interviewed are located in different regions. Data collection and information analysis pointed to the existence of different contracts deriving from different institutional arrangements between them. Whereas agricultural producers supplying processing firms in non-traditional regions were observed to be unwilling to sign contracts, those located in traditional ones were found to have stable, long-term relationships governed by verbal contracts based on reputation built along decades of transactions. Conclusions demonstrate the importance of deepening the studies involving institutional arrangements adopted by companies located in different institutional settings.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2008-10-31
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2014. Todos os direitos reservados.