• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
Documento
Autor
Nome completo
Luciano Venelli Costa
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2011
Orientador
Banca examinadora
Dutra, Joel Souza (Presidente)
Albuquerque, Lindolfo Galvao de
Gouvea, Maria Aparecida
Lacombe, Beatriz Maria Braga
Silva, Adilson Aderito da
Título em português
A relação entre a percepção de sucesso na carreira e o comprometimento organizacional: um estudo entre professores de universidades privadas selecionadas da grande São Paulo
Palavras-chave em português
Administração de carreiras
Comprometimento organizacional
Sucesso profissional
Resumo em português
A presente tese trata de um estudo envolvendo dois objetivos complementares: o primeiro consiste em criar e validar um instrumento para se avaliar a percepção de sucesso na carreira; o segundo é sobre a aplicação desse instrumento em um grupo de professores de universidades selecionadas, a fim de verificar se a percepção de sucesso na carreira (PSC) como um todo tem relação com o comprometimento organizacional dos professores com uma universidade em particular. A carreira profissional tem sido avaliada de forma objetiva, por salário e promoções; e de forma subjetiva, pela maneira como o trabalhador interpreta seus avanços na área profissional. O estudo sobre a percepção de sucesso na carreira parte de um levantamento teórico sobre os métodos e instrumentos já utilizados para se avaliar a carreira e, através de análise, avaliação e reorganização, propõe a criação e validação de um instrumento para medir a percepção de sucesso na carreira, na perspectiva do próprio indivíduo, independente do seu vínculo a uma organização em particular ou a várias organizações. As carreiras desvinculadas de uma organização em particular são coerentes com as carreiras emergentes no mundo contemporâneo, como a carreira sem fronteiras e a carreira proteana. A partir de 53 variáveis, o instrumento foi validado junto a 342 membros da uma universidade privada da Grande São Paulo, considerada uma das 10 melhores do Estado de São Paulo, segundo o ranking do Ministério da Educação (MEC). Participaram da pesquisa alunos, professores e funcionários. Todos os respondentes são residentes e trabalham na Grande São Paulo, tendo iniciado a vida profissional há pelo menos cinco anos. Primeiramente, houve a validação de conteúdo junto a especialistas da área de carreiras, a seguir, um pré teste com uma pequena amostra do público alvo, e depois foi realizada a aplicação do instrumento e as análises fatoriais exploratória e confirmatória, com validação convergente, discriminante e nomológica. O instrumento final contém 48 itens, distribuídos em 11 fatores: competência, cooperação, contribuição social, criatividade, desenvolvimento, empregabilidade, equilíbrio vida trabalho, identidade, valores, remuneração e promoção. Esses 11 fatores agrupam-se em duas dimensões: uma englobando os fatores objetivos remuneração e promoção e outra se referindo aos fatores subjetivos, exceto o equilíbrio vida trabalho, que apresentou pouca carga nas duas dimensões. Para atender ao segundo objetivo, o instrumento de percepção de sucesso na carreira foi aplicado em conjunto com um instrumento de intenções comportamentais de comprometimento organizacional, adaptado da Escala de Intenções Comportamentais de Comprometimento Organizacional (EICCO), validada por Menezes, em 2009. Os dois instrumentos foram aplicados junto a 97 professores universitários, pertencentes ao grupo das 10 melhores universidades privadas da Grande São Paulo, segundo avaliação do MEC. O instrumento de PSC mostrou-se adequado a esta amostra e o instrumento de intenções de comprometimento, inicialmente com 23 itens, resultou, após as análises fatoriais exploratória e confirmatória, em 15 itens agrupados em dois fatores: um em relação à melhoria do desempenho e produtividade, e o outro sobre o esforço extra ou sacrifício adicional em função de situações contingenciais. Analisados com modelagem de equações estruturais estimados por PLS (Partial Least Square) no software Smart PLS, o modelo revelou que a percepção de sucesso na carreira explica 20,8% das intenções de comprometimento, sendo que a dimensão subjetiva da carreira é a única que explica a intenção de comprometimento de forma estatisticamente significante. Os instrumentos e resultados são importantes para as organizações direcionarem suas práticas de gestão de pessoas a fim de aumentar a percepção de sucesso na carreira em sua dimensão subjetiva, com o propósito de obter maior comprometimento dos seus colaboradores.
Título em inglês
The relationship between perceived career success and organizational commitment: a study among teachers in selected private universities of the Greater São Paulo area
Palavras-chave em inglês
Career management
Organizational commitment
Professional success
Resumo em inglês
This thesis is concerned with a study that had two complementary goals: the first was the creation and validation of an instrument to assess Perceived Career Success, the second was on the application of this instrument in a group of teachers from selected universities to verify whether Perceived Career Success (PCS) as a whole is related to the teachers organizational commitment towards a university in particular. The professional career has been assessed objectively by means of evaluating salary and promotions, and subjectively, by the way the worker understands his/her advances within the professional field. Our study on the perception of career success is based on a theoretical survey on the methods and tools already used to evaluate career; and, through analysis, evaluation and reorganization, it proposes the creation and validation of an instrument to determine perceived career success from the perspective of the individual, regardless of his/her ties to a particular organization or different organizations. The careers unrelated to a particular organization are consistent with those emerging in the contemporary world, such as the boundaryless and the Protean careers. The instrument was validated using 53 variables, with 342 members of a private university in the Greater São Paulo region, considered one of the top 10 in the State of Sao Paulo, according to a Ministry of Education and Culture (MEC) ranking. Students, faculty and staff members participated in the research. All respondents live and work in the Greater Sao Paulo area, having started their professional life at least five years ago. Firstly, career experts performed content validation, then a pre-test with a small sample of the target population was carried out; and finally, the instrument was applied and exploratory and confirmatory factor analysis, with convergent, discriminant, and nomological validity were done. The final instrument consisted of 48 items distributed among 11 factors: competence, cooperation, social contribution, creativity, development, employability, work-life balance, identity, values, salary and promotion. These 11 factors were grouped into two dimensions: one covering the objective factors - salary and promotion - and another referring to subjective factors, except work-life balance, which showed little load in both dimensions. To meet the second goal, the instrument of perceived career success was applied together with an instrument of behavioral intentions of organizational commitment, adapted from the Behavioral Intentions of Organizational Commitment Scale (BIOCS), validated by Menezes in 2009. The two instruments were applied to 97 university professors belonging to top 10 private universities in the Greater Sao Paulo, according to MEC. The PCS instrument was found to be adequate for this sample and the instrument of commitment intentions, initially with 23 items, resulted, after the exploratory and confirmatory factor analysis, on 15 items grouped into two factors: one related to performance and productivity improvement and the other to the extra effort or additional sacrifice due to contingency situations. Analyzed with the Partial Least Square algorithm using SmartPLS software, the model revealed that Perceived Career Success explains 20.8% of commitment intentions, and the subjective dimension of career is the only one to statistically explain commitment intentions. These instruments and the findings can help organizations in using their people management practices to increase Perceived Career Success in its subjective dimension, in order to improve employees commitment.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2011-03-30
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2014. Todos os direitos reservados.