• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.12.2005.tde-20092006-153143
Documento
Autor
Nome completo
João Paulo dos Santos Netto
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2005
Orientador
Banca examinadora
Santos, Silvio Aparecido dos (Presidente)
Ferreira, Ademir Antonio
Maximiano, Antonio Cesar Amaru
Oliveira Júnior, Moacir de Miranda
Pereira, Heitor José
Título em português
Institucionalização da gestão do conhecimento nas empresas: estudos de casos múltiplos
Palavras-chave em português
estudos de casos
gestão do conhecimento
processos
Resumo em português
A gestão do conhecimento é um dos temas emergentes da administração das empresas. Com o tempo, percebe-se que as empresas que dominem as informações e as transformem em conhecimentos para aplicá-los de forma organizada em prol de seus resultados podem levar vantagem sobre os seus concorrentes e, acima de tudo, atender com excelência e qualidade aos seus propósitos. Essa tese dá a oportunidade de conhecer, de forma mais detalhada, o que as empresas que alegam a utilização da gestão do conhecimento têm praticado para a sua concretização. Fica claro que, não se trata de uma tarefa rotineira, mas, ao contrário, é uma ação com características sistêmicas, exigindo de todas as pessoas e níveis das empresas que atuem de forma conjunta, integrada, interligada aos ambientes externo e interno e, considerando os efeitos das variáveis sobre as empresas. É um assunto que abrange e influencia as decisões estratégicas das empresas, passa pelas construções do ambiente e da cultura organizacional, pela criação e organização de ferramentas para a criação, e identificação de conhecimento, pelo seu compartilhamento e pelas atividades de atuação e descarte de seus conteúdos. Essa pesquisa analisa e investiga esses aspectos, o que as empresas têm praticado nesse tema e procura demonstrar os principais fatores propulsores e restritivos para sua aplicação. Além das teorias e pesquisa das atividades relacionadas à gestão do conhecimento, este trabalho desenvolve-se de acordo com a teoria institucional, tomando-a por base para a construção de um modelo teórico, que seja suficientemente amplo para acolher, a visão de processo e de sus etapas. A teoria institucional teve o objetivo de classificar os diferentes graus de implantação e desenvolvimento da gestão do conhecimento, e realizou a função de classificação do grau de implementação da gestão do conhecimento na empresa. Deve-se ressaltar a metodologia de estudos de caso, na modalidade de estudos múltiplos de casos, o que permitiu a análise cruzada entre as várias empresas e a verificação das diferentes práticas adotadas por elas. A pesquisa propiciou o entendimento das principais dificuldades para a institucionalização da gestão do conhecimento, a avaliação da abrangência e significado dessa ação para as empresas e fortaleceu o entendimento de sua influência para os modelos de gestão. A teoria é conceitualmente pródiga em conteúdos, mas a aplicação da gestão do conhecimento necessita de aprofundamentos adicionais e da continuidade das pesquisas, principalmente no que se refere à gestão da cultura organizacional, da estratégia e das pessoas nas empresas. É um novo momento da administração que deve evoluir e reconfigurar a missão para a aprendizagem organizacional e o papel dos responsáveis pela gestão de pessoas nas empresas.
Título em inglês
Institutionalization of the management of the knowledge in the companies: studies of multiple cases
Palavras-chave em inglês
management of the knowledge
processes
studies of cases
Resumo em inglês
ABSTRACT Knowledge management is one of the emerging themes of business administration. In the course of time, it becomes clear that enterprises which master information and molde it into knowledge which is systematically applied to favor results may have advantage over their competitors, and above all, reach their targets with excellency and quality. This paper aims at knowing, in detailed form, what the enterprises which claims to use knowledge management have done to make it real. It is clear that this is not a routine task, but a systemic action which demands from every person and from each level of the enterprise a team work which is integrated into the external and the internal environments, and considering the effects of the variables over the enterprises. Knowledge management is a subject which embraces and influences strategic enterprises decisions and is involved with the building of the environment and of organizational culture, with the creation and organization of tools aimed at building and identification of knowledge, with sharing of knowledge, with performance activities and with discarding contents. This paper also aims at analyzing and investigating such aspects, showing what enterprises have already done in this area and pointing out the main propelling and the main restrictive factors for knowledge management implementation. Besides studying theories and performing research on activities related to knowledge management, this paper is developed in accord with the institutional theory, as the basis for the building of a theoretical pattern wide enough to shelter on one hand the vision of the process. The institutional theory had the purpose of classifying the different levels of implementation and development of knowledge management, and performing the classification of the implementation level of the knowledge management in the enterprise. Case study methodology, in the form of multiple cases study, allowed the intersectional analysis among several enterprises and the inspection of the different actions they use. The research allowed the understanding of the main hindrance for the institutionalization of knowledge management, the evaluation of the range and meaning of this action for the enterprises, and invigorated the understanding of its influence for management patterns. The theory is plenty of contents, but the application of knowledge management needs deeper and continuous research, mainly on which it concerns to the management of organizational culture, strategies and people in the enterprises. It is a new age for the administration which must evolve and reconfigure the mission of organizational learning and the role reserved to the responsible ones for the management of people in the enterprises.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2006-09-21
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.