• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.12.2014.tde-10032015-194501
Documento
Autor
Nome completo
Natalia Yuri Eiro
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2014
Orientador
Banca examinadora
Pedroso, Marcelo Caldeira (Presidente)
Malik, Ana Maria
Torres Junior, Alvair Silveira
Título em português
Implantação do modelo lean thinking em saúde: um estudo de caso em serviço de medicina diagnóstica
Palavras-chave em português
Gestão de saúde
Manufatura enxuta
Medicina diagnóstica
Pensamento enxuto
Resumo em português
Os desperdícios e a necessidade de oferecer um atendimento de qualidade constituem um verdadeiro desafio para as empresas de saúde. Para tanto, a adoção da filosofia enxuta - particularmente do lean healthcare - pode contribuir para a redução dos desperdícios e melhoria da qualidade. Neste contexto, este trabalho teve como objetivo analisar os motivos e como ocorreu a implantação do lean thinking nos processos de atendimento em uma empresa de medicina diagnóstica, bem como identificar os resultados alcançados. MÉTODOS: Trata-se de uma pesquisa exploratória de abordagem qualitativa, em que foi realizado um estudo de caso incorporado. Para a construção das questões orientadoras das entrevistas realizou-se uma pesquisa bibliográfica que gerou seis temas: operações, cultura organizacional, apoio da alta administração, redução de custos e desperdícios, foco no cliente e comunicação e capacitação. A coleta de dados foi realizada com dez participantes, divididos em três grupos e por meio de observações diretas. RESULTADOS: O modelo lean thinking foi aplicado na empresa pela iniciativa de líderes que conheciam o modelo. No entanto, ocorreu de forma incompleta - os colaboradores operacionais não foram envolvidos na capacitação inicial; os princípios básicos e ferramentas que fundamentam o modelo lean não foram incorporados como modelo de trabalho da empresa; não houve a integração de toda a organização, da alta administração à operação; os clientes não participaram do mapeamento do fluxo dos processos do atendimento e não avaliaram o que agrega valor. Com isso, os resultados alcançados em relação à redução de desperdícios com geração de valor ao cliente e melhoria da qualidade com a implantação do lean foram pontuais, com pouca adesão das lideranças e equipe de colaboradores. CONCLUSÕES: A análise dos resultados sugere que a implantação parcial da metodologia do lean thinking e suas práticas seguindo a literatura, considerando o contexto da organização, pode ter contribuído para a obtenção de um desempenho aquém do esperado, em termos de qualidade e redução de desperdícios.
Título em inglês
Implementation of lean thinking model in healthcare: a case study in medicine diagnostic service.
Palavras-chave em inglês
Diagnostic medicine
Health management
Lean manufacturing
Lean thinking
Resumo em inglês
The waste and the need to offer a quality service are a real challenge for healthcare companies. To this end, the adoption of lean philosophy - particularly the lean healthcare - can contribute to reduce waste and improve quality. In this context, this study aimed to analyze the reasons and how the implementation of lean thinking occurred in the processes of care in a medical diagnostic company, as well as identify the results achieved. METHODS: This was an exploratory qualitative study, in which an embedded case study was conducted. For the construction of the guiding questions of the interviews we carried out a literature search that yielded six themes: operations, organizational culture, top management support, cost reduction and waste, customer focus and communication skills. The data collection was performed with ten participants, divided into three groups and through direct observations. RESULTS: The lean thinking model was applied in areas of the company by the initiative of leaders who knew the model. However, there was incomplete - operational employees were not involved in the initial training; the basic principles and tools that support the lean model were not incorporated as a working model of the company; there was not integration of the entire organization, from top management to the operation; customers did not take part on the flow mapping of the processes of care and did not evaluate what adds value in customer perception. Thus, the results achieved regarding wastes decrease with customer value development and quality improvements through lean deployment were punctual and presented poor uptake from leadership team and employees. CONCLUSIONS: The assay of achieved results suggests that the incomplete lean thinking methodology deployment and its best practices according to the literature, also taking into consideration the context among enterprise under study, may have contributed for achievements lower than expected, in relation to quality and wastes decrease.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
NataliaYuriEiroVC.pdf (2.33 Mbytes)
Data de Publicação
2015-03-17
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.