• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.12.2004.tde-05042004-161002
Documento
Autor
Nome completo
Bruno Henrique Rocha Fernandes
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2003
Orientador
Banca examinadora
Fleury, Maria Tereza Leme (Presidente)
Albuquerque, Lindolfo Galvao de
Dutra, Joel Souza
Lima, Roberto Ruas
Oliveira Júnior, Moacir de Miranda
Título em português
Competências e performance organizacional: um estudo empírico.
Palavras-chave em português
balanced scorecard
competência organizacional
competência pessoal
mensuração do desempenho organizacional
Resumo em português
Partindo dos princípios da Visão da Empresa baseada em Recursos (VBR), o presente estudo examina a questão: “que recursos afetam a performance organizacional em uma dada situação, considerando a performance segundo as quatro perspectivas do modelo do balanced scorecard?” Na investigação, foi escolhida uma companhia de saneamento paranaense. Foram seguidos os procedimentos metodológicos: a) desenho da arquitetura de competências e recursos e de mapas causais percebidos; b) coleta das informações relevantes; c) análise fatorial para identificar fatores subjacentes que explicassem a maior parte da variância em cada perspectiva; d) análise de regressão para encontrar associações entre fatores e recursos; e) modelagem de equações estruturais para avaliar caminhos alternativos; f) análise de cluster para verificar como indicadores de recursos e performance se agrupam. Como variáveis independentes (recursos) o estudo focou nível de competência humana, satisfação dos funcionários, ativos, desempenho dos fornecedores e uma variável de controle, realização das previsões de demanda. Como variáveis dependentes, foram escolhidas: metas de água para processos internos, satisfação dos consumidores na perspectiva clientes, e metas de receitas e despesas na perspectiva financeira. Em geral, os recursos mostraram-se relacionados à performance, porém: a competência individual não demonstrou correlação com a performance; o mais forte efeito sobre a performance provém do acerto nas previsões de consumo; a satisfação dos empregados mostrou associação com processos internos, metas financeiras e satisfação do consumidor. O primeiro resultado é curioso. Sugere que a competência individual não importa nesta empresa. Possíveis explicações são: as pessoas podem ser competentes, mas se não são coordenadas adequadamente, a competência não se converte em performance; nesta pesquisa, as unidades testadas são de nível bastante operacional, onde normas podem ser o maior mecanismo de coordenação, e talvez mais importante que a competência humana. Para pesquisa futura neste campo, sugere-se focar empresas intensivas em conhecimento, nas quais seja possível que a competência humana emerja como um dos fatores de maior força.
Título em inglês
Organizational competence and performance: an empirical investigation.
Palavras-chave em inglês
balanced scorecard
human competency
organizational competence
performance measurement
Resumo em inglês
The present study takes for granted the Resource based View of the Firm to address the question: “what are the resources that drive organization performance in a given situation, considering the balanced scorecard model performance perspectives?” An empirical research in a Brazilian water company tried to address these issues. The following methodological steps were used: a) resources and competences architecture and perceived causal maps design; b) collection of relevant information; c) factor analysis to identify underlying factors that explain the majority of variance in each performance dimension; d) regression analysis to find association between factors and resources; e) structural equation modeling to evaluate alternative causal paths; f) cluster analysis to check how resources and performance indicators grouped. As independent variables (resources) the study focused mainly on human competency level, employee satisfaction, assets, supplier performance and a control variable, the demand prediction realization. As dependent variables, it was chosen one in each BSC perspective: water targets for internal process, customer satisfaction for customer and sales and expenses targets for financial perspective. In general, the results showed that resources seemed to be correlated to performance, but further details appeared: employee competency level presented no correlation with performance; environment factors related to the demand seemed to be the strongest performance determinant; employee satisfaction showed an association with internal process, financial targets, and customer satisfaction. The first result is curious. It suggests that the personal competency level does not matter in that company. Possible explanations are: • people can be competent, but if they are not coordinated properly this will not be converted to organizational performance; • in this research, the units tested were very operational level, and resources like norms seemed to be the main coordination mechanisms. In such a case, to follow procedures can be more important than human competency. Future research in this field should focus on knowledge intensive firms, in which it is possible that the human competencies be more relevant.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Tese.pdf (883.96 Kbytes)
Data de Publicação
2004-11-11
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.