• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.12.2008.tde-04062008-102447
Documento
Autor
Nome completo
Elsa Evanilda Vaz Almada
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2008
Orientador
Banca examinadora
Savoia, Jose Roberto Ferreira (Presidente)
Luxo, José Carlos Augusto
Securato, Jose Roberto
Título em português
Diversificação internacional de portfolios: um estudo para os países africanos
Palavras-chave em português
Administração de portfolios
África
Investimentos estrangeiros
Resumo em português
A maior evidência da globalização financeira é o crescente fluxo de capitais entre os países. Esse movimento procura capturar as oportunidades de ganhos de capital oferecidas pelos países emergentes aumentando o retorno total ou reduzindo o risco do portfolio. Isso se deve ao baixo grau de correlação entre os países desenvolvidos e alguns países emergentes. Raj (1994), Fry (1994) e Solnik (1991, 2004) encontraram evidências de redução de risco e aumento do retorno via diversificação internacional. Para além da redução do risco, outros benefícios observados para os países receptores foram: o desenvolvimento do mercado de capitais local, a maior liquidez das ações negociadas e o desenvolvimento do mercado financeiro. Este estudo objetiva analisar a contribiuição dos mercados africanos na diversificação do portfolio de investimento internacional. A amostra considera os sete maiores mercados acionários (EUA, Japão, Inglaterra, Hong Kong, Alemanha, Espanha e Suiça), os BRICs (Brasil, China, Rússia e Índia) e os mercados africanos (Namíbia, Botswana, Quénia, Mauritius, Nigéria, Egito, África do Sul e Tunísia). Os outros mercados africanos, não considerados no estudo, devem-se às restrições encontradas nos dados históricos dos mercados de ações. O estudo refere-se ao período do mês de Janeiro de 2000 a Junho de 2007. Os mercados africanos, em geral, tiveram um desempenho superior comparativamente aos mercados desenvolvidos. Usando o modelo Portfolio Selection, encontra-se o portfolio eficiente para o investidor estrangeiro de vários países. O baixo coeficiente de correlação registrado entre os países desenvolvidos e os países africanos reduziu o risco total do portfolio. Botswana, Nigeria, Mauritius e Tunisia foram os países que mais contribuíram na melhoria dos portfolios. A ponderação dos mercados africanos totalizou, aproximadamente, 81% do total do portfolio eficiente.
Título em inglês
International portfolio diversification: a study for African countries
Palavras-chave em inglês
Africa
International investments
Portfolio management
Resumo em inglês
The greatest evidence of financial globalization is the increasing capital flows among countries. Those investments seek to capture the opportunities provided by emerging economies increasing the total return, or even reducing the risks associated with the portfolios. This is due to the low degrees of correlation among developed markets and some emerging countries. Raj (1994), Fry (1994) and Solnik (1991, 2004) found evidences of risk reduction and of increasing returns of an international diversified portfolio. Other benefits observed for recipient countries were the capital markets development higher levels of liquidity, and more financial development. This aims to evaluate the contributions of African countries to a global diversified portfolio of investments. The sample considered the seven largest equity markets (USA, Japan, UK, Hong Kong, Germany, Spain and Switzerland), the BRICs (Brazil, China, Russia and India) and African markets (Botswana, Kenya, Mauritius, Nigeria, Egito, South Africa and Tunisia). Other African markets were not included in the analysis due to some restrictions of stock markets data. The study refers to the January 2000 to June 2007 period. African markets in a general way achieved a superior performance compared to developed markets. Using a Portfolio Selection Model we found an optimal portfolio for an international investor. The low correlation coefficient among developed and African countries reduced the risks of the total portfolio. Botswana, Nigeria, Mauritius and Tunisia were the countries that have greater potential for improving the portfolios, the weight of African securities was over 81% of the total portfolio.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Dissert_Elsa_Almada.pdf (642.71 Kbytes)
Data de Publicação
2008-06-05
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2014. Todos os direitos reservados.