• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.12.2006.tde-30112006-155330
Documento
Autor
Nome completo
Bruno Cara Giovannetti
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2006
Orientador
Banca examinadora
Menezes Filho, Naercio Aquino (Presidente)
Gonzaga, Gustavo Maurício
Nakane, Marcio Issao
Título em português
Abertura, tecnologia e desigualdade salarial na indústria brasileira: a dinâmica da demanda por qualificação
Palavras-chave em português
Abertura economica
Choques tecnológicos
Demanda por qualificação
Mercado de trabalho
Resumo em português
O objetivo dessa dissertação é investigar a dinâmica da demanda relativa por qualificação na indústria brasileira durante o período que se inicia em 1990 e vai até 2002. A partir de evidências de que a demanda relativa por qualificação se deslocou no período em questão, produzindo assim efeitos no sentido do aumento da desigualdade salarial na indústria em favor dos trabalhadores qualificados, o presente trabalho busca explicar tal movimento através da hipótese de choques tecnológicos enviesados para a qualificação. Para isso, são utilizadas como proxies para progresso técnico medidas relacionadas diretamente à abertura econômica, como tarifas, e medidas de tecnologia ao nível das firmas, como participação de bens intermediários importados, investimento em P&D, registro de patentes e características de inovação das firmas, como o fato de a empresa atuar ou não no mercado externo e inovar ou não em produtos ou em processos. Como proxy para qualificação do trabalhador, duas variáveis são utilizadas durante o trabalho, quais sejam, educação e ocupação. Os resultados apresentam fortes indícios de que ao menos parte dos movimentos da demanda relativa por qualificação, ocorridos nos últimos quinze anos, deveu-se a choques tecnológicos. Além disso, para o período que vai de 1990 a 1998, são reunidas evidências de que tais choques tecnológicos aumentaram, de fato, a produtividade relativa dos trabalhadores qualificados. Já para o período seguinte, que vai até 2002, os resultados relativos à produtividade são pouco conclusivos.
Título em inglês
Liberalization, skill based technological changes and the salaries in Brazilian industry: the dynamic of the demand for skilled workers
Palavras-chave em inglês
Demand for skills
Labor market
Liberalization
Skill based technological changes
Resumo em inglês
This paper examines the relationship between trade liberalization, technological changes, and the evolution of the demand for skill in Brazil during the period between 1990 and 2002. Using firm-level data, we test the hypothesis that technological shocks explain part of this rise. The results indicate that the reduction in input tariffs and other proxis for technological changes increased the relative demand for skilled workers.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2006-12-07
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.