• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
Documento
Autor
Nome completo
Marislei Nishijima
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2003
Orientador
Banca examinadora
Fava, Vera Lucia (Presidente)
Biasoto Junior, Geraldo
Kanczuk, Fabio
Ribeiro, Maria Alice Rosa
Sartoris Neto, Alexandre
Título em português
Análise econômica dos medicamentos genéricos no Brasil
Palavras-chave em português
demanda
indústria farmacêutica
medicamento genérico
Resumo em português
Esta tese realiza uma análise econômica do impacto da entrada de medicamentos genéricos no mercado farmacêutico brasileiro, em particular sobre os preços dos seus respectivos medicamentos de marca de referência. Analisa, também, as características dos medicamentos de marca que atraíram os medicamentos genéricos aos seus mercados, bem como, busca avaliar o comportamento dos consumidores com base numa estimação de demanda de medicamentos. A análise das condições institucionais específicas do mercado farmacêutico brasileiro indica muitas particularidades inerentes ao país que não devem ser desconsideradas para a avaliação de política. Estruturas teóricas de oligopólio, avaliadas por simulações, descrevem como o comportamento do consumidor e a quantidade de produtores de medicamentos genéricos afetam os preços dos medicamentos de marca. Seus resultados sugerem que políticas públicas de regulação que incentivem o aumento de produtores de genéricos e um maior intercâmbio por parte dos consumidores entre medicamentos de marca e de genéricos podem promover melhoras de bem-estar na economia. As evidências empíricas, com base em vários modelos econométricos, sugerem três resultados principais: que os preços dos medicamentos de marca, que se tornaram referência de genéricos, foram reduzidos quando passaram a enfrentar a concorrência destes, com preços mais competitivos, e também quando a concorrência aumentou; que os medicamentos de marca com maior participação no faturamento do mercado foram os que mais atraíram genéricos para seus mercados; e os medicamentos de marca que passaram a enfrentar concorrência de genéricos apresentaram elasticidade preço da demanda maior do que a dos medicamentos de marca que não passaram a enfrentar genéricos.
 
Arquivos
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
tesegene.pdf (2.05 Mbytes)
Data de Publicação
2006-09-27
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.