• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
Documento
Autor
Nome completo
Ari Ferreira de Abreu
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2004
Orientador
Banca examinadora
Lima, Iran Siqueira (Presidente)
Corrar, Luiz Joao
Matsumoto, Alberto Shigueru
Título em português
Um estudo sobre a estrutura de capital e a política de dividendos considerando a tributação brasileira
Palavras-chave em português
contabilidade financeira
dividendos
estrutura de capital
Resumo em português
Esta dissertação avalia os impactos das peculiaridades da tributação brasileira sobre as proposições de Modigliani e Miller. Verificou-se que a tributação diferenciada sobre os Juros sobre o Capital Próprio aumenta o valor e o retorno ao acionista de uma empresa financiada por meio de recursos próprios. Esse fator também determina um crescimento mais lento do benefício fiscal em função do endividamento da empresa. Também foi estudada a política de dividendos das empresas, chegando-se à conclusão que tributação sobre os dividendos não deve influir na determinação do percentual de lucros retidos. Verificou-se também que uma maior distribuição de dividendos pode reduzir a valorização das ações e, conseqüentemente, a tributação sobre o ganho de capital. Como o retorno recebido pelo acionista é dado pelos dividendos recebidos somados à valorização da ação, deduzidos os impostos, as empresas poderiam aumentar a riqueza de seus acionistas, distribuindo Proventos em Dinheiro. Desta forma, o ganho tributado causado pelo ganho de capital poderia ser substituído, com vantagem, por proventos em dinheiro. Neste caso, as necessidades de capitais adicionais da empresa deveriam ser supridas pela emissão de novas ações. Verificou-se que uma empresa que adota essa política gera uma economia tributária para seus acionistas. Esta economia tributária é responsável pela existência de uma correlação positiva entre o Yield e valorização líquida das ações. Essa correlação é mais significativa quanto maior o período de aplicação.
 
Arquivos
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2005-12-02
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2014. Todos os direitos reservados.