• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.12.2005.tde-17042006-203308
Documento
Autor
Nome completo
Gleice Regina Guerra
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2004
Orientador
Banca examinadora
Riccio, Edson Luiz (Presidente)
Carvalho, Luiz Nelson Guedes de
Wada, Elizabeth Kyoko
Título em português
Auditoria noturna em hotéis complexos: um estudo na cidade de São Paulo
Palavras-chave em português
auditoria interna
auditoria noturna
hotelaria
Resumo em português
Esta pesquisa dedica-se a compreender a natureza da atividade conhecida, na indústria hoteleira, por auditoria noturna. É importante por esta atividade ainda não ter sido estudada adequadamente do ponto de vista conceitual e das práticas do mercado, embora seja tratada pela literatura didática e desenvolvida em hotéis. Com o objetivo de verificar o state of the art da auditoria noturna, foi adotada a estratégia de criar o conceito instrumental de hotel ‘complexo’, definido como dotado de porte e/ou categoria de prestação de serviços suficientes para justificar a existência de estruturas organizacionais intrincadas. A premissa subjacente é que o alto investimento absoluto ou relativo (por unidade habitacional) exige processos com maior eficiência e eficácia. A cidade de São Paulo foi escolhida para a pesquisa de campo graças ao seu significativo parque hoteleiro. A fim de estabelecer bases teóricas que pudessem subsidiar a investigação de campo, a auditoria noturna foi situada no contexto organizacional de um empreendimento hoteleiro; foram analisados a evolução e o conceito de auditoria interna; e caracterizados os sistemas de informação utilizados pela indústria hoteleira para a atividade, dada a relevância de sua configuração para condicionar processos operacionais e financeiros. Selecionados 41 hotéis complexos de São Paulo, 38 colaboraram com a fase exploratória da pesquisa, dedicada a caracterizar o perfil pessoal e organizacional de 82 funcionários responsáveis pela auditoria noturna. Dentre eles, 10 hotéis, que contavam formalmente com o cargo de auditor noturno, foram objeto de uma pesquisa descritiva, a fim de elencar suas tarefas e de obter suas percepções do software hoteleiro utilizado. Todos os hotéis complexos selecionados têm atividades de auditoria noturna, com o foco principal voltado ao exame diário de todas as contas correntes de recepção. Os responsáveis pela auditoria noturna desenvolvem tarefas operacionais, estão freqüentemente subordinados ao departamento auditado e desconsideram o ambiente de controle. Como resultado, este trabalho propõe que a auditoria noturna hoteleira não se enquadra no moderno entendimento do conceito de auditoria interna; é uma atividade de inspeção que supre a deficiência ou cumpre o papel de controles internos. A avaliação positiva realizada pelos auditores noturnos dos hotéis complexos da cidade de São Paulo a respeito dos sistemas de informação utilizados não invalida a constatação de que os principais softwares hoteleiros são falhos, oriundos da automatização de tarefas tradicionais, limitando a própria atividade de auditoria noturna.
Título em inglês
Night audit in complex organizational structured hotels: a study in São Paulo city
Palavras-chave em inglês
internal audit
lodging industry
night audit
Resumo em inglês
This study is dedicated to the examination of an activity known in the hotel industry as the night audit. The importance of this research is reflected in the fact that the night audit is an activity that has been little studied from the conceptual and practical points of view, although it has been amply described in educational and industry literature. Given that the primary objective is to define the state of the art of the night audit, this paper initially establishes the contextual concept of the hotel property, as defined as hospitality operations that offer a size or category of service warranting the existence of complex organizational structure. The underlying assumption is that properties with expensive investments necessitate extensive processes to ensure greater efficiency or effectiveness. The city of São Paulo was chosen for field research as its hotel park is the largest in South America. With the objective to establish a theoretical base to support the field investigation, the night audit was placed in the organizational context of the hotel property; basic concepts, as well as, the evolution of the internal audit were analyzed; and the information systems used by the hospitality industry were described, given their relevance in conditioning operational and financial processes. Of the forty-one major hotel properties in São Paulo, thirty-eight collaborated in the exploratory phase of the project. In this phase, based on interviews with 82 night audit employees, the profile of the night auditor was established, as well as, his position and relationships within the organizational structure. Of all the subject properties, ten hotels have formally established the position of night auditor in their organizational structure. These employees were the subject of the second phase of the study in which the functions of the night auditor were quantified and described. They were also interviewed in depth as to their opinion on hospitality software. The results of the study demonstrate that all the subject properties have night auditing activities, but with a primary focus on the daily examination of all open accounts in the front office. The employees responsible for the night audit also execute operational activities and are frequently subordinated within the department that they audit, effectively eliminating any element of actual control. As a result, this study proposes that the night audit as practiced by the hospitality industry does not correspond to the modern concept of the internal audit; it is an activity of inspection and account verification, isolated to the front office, and in effect, compensates for process deficiencies or, at best, mimics internal controls. Even though the evaluations by the night auditors were for the most part positive, there are many aspects in which hospitality software is deficient, limiting its use in the auditing capacity.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Auditorianoturna.pdf (2.06 Mbytes)
Data de Publicação
2006-04-19
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.