• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.12.2014.tde-12032015-175758
Documento
Autor
Nome completo
Rosimeire Pimentel Gonzaga
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
São Paulo, 2014
Orientador
Banca examinadora
Frezatti, Fabio (Presidente)
Aquino, André Carlos Busanelli de
Ckagnazaroff, Ivan Beck
Dantas, José Marilson Martins
Holanda, Victor Branco de
Título em português
A efetividade do acordo de resultados no choque de gestão: um estudo sobre as alterações dos indicadores de desempenho
Palavras-chave em português
Avaliação de desempenho organizacional
Desempenho organizacional
Gestão por resultados
Gestão pública
Indicadores de desempenho
Resumo em português
O modelo de gestão pública adotado pelo estado de Minas Gerais, conhecido como "Choque de Gestão", foi implementado utilizando-se de um instrumento de pactuação de resultados, denominado "Acordo de Resultados", que prevê possíveis recompensas para o alcance das metas pactuadas. Considerando o Acordo de Resultados e a premissa de que os agentes fazem ajustes ou mudanças nos indicadores de desempenho nele contidos para adequar interesses distintos àqueles inicialmente almejados, esta pesquisa buscou identificar os fatores organizacionais e ambientais que influenciam as alterações dos indicadores de desempenho na estrutura gerencial do governo mineiro, à luz da Teoria de Agência e da Teoria da Contingência. Para alcançar o objetivo proposto, realizou-se um estudo de caso contendo abordagens quantitativa e qualitativa, utilizando-se de análise documental, questionário e entrevistas semiestruturadas para a coleta de dados. Em um primeiro momento, realizou-se a análise quantitativa dos dados, por meio de análise fatorial e regressão logística, para verificar os fatores associados as alterações dos indicadores de desempenho identificados nos documentos de celebração do Acordo de Resultados em um período de quatro anos. Posteriormente, foram analisadas as entrevistas realizadas, por meio de análise de conteúdo, para captar possíveis elementos não observados na análise quantitativa. Os resultados encontrados evidenciam que a maneira como os indicadores de desempenho foram aplicados, sem integração, pensando em cada secretaria individualmente e contando com um órgão que acompanha a gestão de maneira frágil, faz com que o Acordo de Resultados se mostre volátil e não proporcione o benefício esperado como instrumento de controle nem como promotor de melhorias no processo de gestão. Encontrou-se ainda que, a accountability é comprometida pela fragilidade da estrutura gerencial por meio das alterações dos indicadores, sendo que a mesma poderia também atuar como como parte de um conjunto de possíveis soluções para mitigar os problemas detectados ao longo da análises realizadas, agindo como um mecanismo de proteção contra alterações indevidas nos indicadores de desempenho. Assim, concluiu-se que as ferramentas gerenciais aportadas no Choque de Gestão apresentam-se insuficientes para blindar a estrutura gerencial do modelo de gestão diante de algumas pressões identificadas com base nas Teorias da Agência e na Teoria da Contingência, desvirtuando o modelo inicialmente proposto e promovendo alterações nos indicadores.
Título em inglês
The effectiveness of the goal agreements at "Management Shock": a study about the performance indicators' changes
Palavras-chave em inglês
Management by results
Organizational performance evaluation
Performance indicators
Public management
Resumo em inglês
The government of the Brazilian state of Minas Gerais adopted a management model, known as "Management Shock" (Choque de Gestão), by way of covenants called "Agreement on Results", which foresee possible rewarding for the achievement of targets agreed upon. Considering such covenants and the assumption that agents can promote adjustments or changes in performance indicators therein contained, in order to suit interests different of those initially targeted, this research sought to identify, in light of the Agency and Contingency Theories, the organizational and environmental factors influencing performance indicators changes in the government's management structure. To this end, we conducted a case study, comprising quantitative and qualitative approaches, using documentary analysis, a questionnaire and semi-structured interviews to collect data. We initially performed a quantitative data analysis, through factor analysis and logistic regression, to ascertain the factors associated with changes in performance indicators identified in covenants celebrated over a period of four years. The interviews were subsequently submitted to content analysis, in order to capture elements that possibly passed unnoticed in the quantitative analysis. Results point out that lack of integration in the application of performance indicators, by regarding each department by itself and relying on a governmental agency that only feebly supervises management, leads to covenants proving volatile and not providing its expected benefits as control tools or acting as enhancers to the management process. We also found that accountability is compromised by the management's structure weakness, incurred through changes to indicators. It is pointed out that accountability could be part of a set of possible solutions directed to mitigate the problems identified throughout the analysis, acting as a protection mechanism against unauthorized changes in performance indicators. We conclude that the tools provided under "Management Shock" are not sufficient to shield the model's managerial structure from pressures identified according to the Agency and Contingency Theories, undermining the model, as originally proposed, and allowing for indicators changes.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2015-03-17
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.