• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.11.2004.tde-24092004-114015
Documento
Autor
Nome completo
Valquiria Garrote
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Piracicaba, 2004
Orientador
Banca examinadora
Viana, Virgilio Mauricio (Presidente)
Engel, Vera Lex
Höeffel, João Luiz de Moraes
Título em português
Os quintais caiçaras, suas características sócio-ambientais e perspectivas para a Comunidade do Saco do Mamanguá, Paraty-RJ.
Palavras-chave em português
desenvolvimento sustentável
ecologia humana
educação ambiental
proteção ambiental
qualidade de vida
reserva natural (conservação)
segurança alimentar
uso do solo
Resumo em português
Esta dissertação teve como objetivo caracterizar e analisar dezenove quintais caiçaras na comunidade do Saco do Mamanguá, localizada no município de Paraty – RJ, do ponto de vista social, econômico e etnoecológico em estreita associação com os fatores externos de pressão presentes no contexto regional. A orientação metodológica adotada seguiu os princípios da pesquisa-intervenção em combinação com métodos e técnicas utilizadas nas ciências sociais, etnoecológicas e diagnósticos participativos. Os atuais e principais fatores de pressão vivenciados por esta comunidade são parte de um processo histórico, que teve início, principalmente, com a abertura da estrada Rio-Santos, cujo maior impacto foi o estímulo ao turismo na região, tendo como conseqüência direta o avanço da especulação imobiliária, contato crescente das comunidades caiçaras com centros de consumo, extração predatória de plantas com valor econômico e a criação de Unidades de Conservação na região, como uma medida de proteção. Estes fatores foram analisados do ponto de vista de seus impactos sociais, econômicos ambientais e culturais na reorganização dos sistemas tradicionais de produção e manejo dos recursos naturais da comunidade do Saco do Mamanguá, com enfoque no uso da terra, em especial, nos sistemas de produção quintais. Uma das conseqüências mais evidentes foi a perda de território e de mobilidade interna dos grupos familiares, resultando na diminuição dos espaços para plantios - roçados e quintais – e, por fim, na delocalização alimentar e aumento da dependência de produtos externos. Embora os itens alimentícios comprados na cidade representam 60,2% do total de alimentos citados nos levantamentos, os recursos locais ainda contribuem com 39,7% dos itens alimentares, sendo que 13,7% são provenientes dos quintais, que oferecem, principalmente, frutas e, em menor quantidade, verduras, plantas medicinais e condimentares. Isso mostra a importância dos quintais para a segurança alimentar das famílias. Nos dezenove quintais estudados foram encontradas 347 espécies, com uma média de 64 espécies por quintal, evidenciando sua riqueza em diversidade. Outro aspecto importante observado foi complexidade da estrutura dos quintais. Em todos eles foram observados três principais estratos: o estrato herbáceo com predominância de plantas ornamentais; o estrato arbustivo com espécies destinadas, principalmente, à alimentação e o estrato arbóreo, composto por espécies frutíferas e nativas, cujo ambiente sombreado produzido determina as demais espécies dos estratos inferiores, que, em geral, são espécies perenes, pouco exigentes em manejo e luminosidade e destinadas principalmente à alimentação. Considerando que os quintais são sistemas complexos, cujos fatores influenciam na sua forma, função e manutenção, foram observadas diferentes zonas de manejo. Ao caracterizar os quintais procurou-se enfatizar suas funções e valores, incluindo aqueles reconhecidamente intangíveis, dificilmente mensuráveis, ligados ao valor estético, ao lazer e ao aspecto emotivo. Isso permitiu dar visibilidade à contribuição dos quintais para a qualidade de vida das famílias e para a segurança alimentar e, através desses valores e dos sistemas de manejo já praticados, incentivar, futuramente, a formulação de novas práticas agroflorestais em sintonia com os princípios do desenvolvimento sustentável para a região.
Título em inglês
Homegardens, their social and environmental characteristics and perspectives for the Saco do Mamanguá Community, Paraty-RJ.
Palavras-chave em inglês
environmental education
environmental protection
food security
human ecology
land use
life quality
natural reserv
sustainable development
Resumo em inglês
This dissertation had the objective of characterizing nineteen homegardens in the Saco do Mamanguá community, located in the Paraty County – RJ. Social, economical and ethnoecological aspects were addressed in close association with external pressure factors in the regional context. Research-intervention methodology was used, as in social sciences, ethnoecology and participatory diagnosis. Present and main pressure factors affecting this community are part of a historical process, that started with the opening of the Rio-Santos highway. Its biggest impact was the stimulus for tourism, causing the expansion of real estate exploitation, constant contact of the local people with urban centers, predatory extractions of economically valued plants and the creation of Conservation Units in this region, as a means of protection. These factors were analyzed from the stand point of the social, economical, environmental and cultural impacts on the reorganization of the traditional production systems and natural resource management at the Saco do Mamanguá, focusing land use, and specially homegardens. One of the most evident consequences was the loss of territory and internal mobility of the families, resulting in the decrease of land for cultivation – gardens and fields of plantation – and at last, the food delocalization and increase of dependence on external products. Although food bought in the city represent 60.2% of the total cited in the surveys, local resources contribute with 39.7%, from which 13.7% come from homegardens, which supply mainly fruits and in less quantity vegetables, medicinal plants and condiments. These data show the importance of home gardens in the families’ food and health supply. Besides, from the 19 home gardens studied, we found 347 species of plants, with an average of 64 species per garden, showing their richness in diversity. Another important aspect was the structural complexity of these gardens. All of them presented three main strata: herbs (dominated by ornamental plants); shrubs (mostly for food); and trees (dominated by fruits) in which shades are occupied by other perennial species. Considering that these gardens are complex systems, one can observe different zones of management. While characterizing these gardens, their function and values were emphasized, including the intangible ones, hardly measured, related to esthetical values, to leisure and to emotional aspects. These aspects give visibility to the gardens’ contribution to life quality of those families and their health security, and through these values and the management systems already in practice, to stimulate in the future the formulation of new agroforestry practices that are in tune with the principles of sustainable development.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
valquiria.pdf (5.10 Mbytes)
Data de Publicação
2004-09-28
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.