• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.11.2006.tde-22082006-145733
Documento
Autor
Nome completo
Fernando Campanhã Bechara
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Piracicaba, 2006
Orientador
Banca examinadora
Kageyama, Paulo Yoshio (Presidente)
Castellani, Tânia Tarabini
Engel, Vera Lex
Pires, José Salatiel Rodrigues
Verdade, Luciano Martins
Título em português
Unidades demonstrativas de restauração ecológica através de técnicas nucleadoras: Floresta Estacional Semidecidual, Cerrado e Restinga
Palavras-chave em português
cerrado
degradação ambiental
ecologia florestal
florestas
proteção ambiental
reflorestamento
restinga
revegetação
Resumo em português
Refazer ecossistemas de forma artificial representa um desafio de iniciar um processo de sucessão o mais semelhante possível aos processos naturais. A recuperação ambiental tem se baseado no modelo da silvicultura tradicional, plantandose árvores sob espaçamento 3 x 2 m, em área total, com altos insumos de implantação/manutenção, e gerando-se bosques desenvolvidos em altura, porém com baixa diversidade de formas de vida e regeneração. Técnicas nucleadoras de restauração formam microhabitats em núcleos propícios para a chegada de uma série de espécies de todas as formas de vida, que num processo de aceleração sucessional, irradiam diversidade por toda a área. As técnicas foram implantadas em áreas piloto de um hectare, denominadas “Unidades Demonstrativas” (UDs). As UDs foram montadas em Floresta Estacional Semidecidual (Capão Bonito-SP), Cerrado (Santa Rita do Passa Quatro-SP) e Restinga (Florianópolis-SC). Na primeira UD, com um ano de idade, as técnicas nucleadoras introduziram 1.603 mudas de 148 espécies nativas, dentre 84 espécies arbóreas (883 mudas), 12 arbustivas (124 mudas), 30 herbáceas (242 mudas), 20 trepadeiras (260 mudas) e 2 bromeliáceas (3 mudas), além de 94 mudas de hábito indeterminado. Entre as espécies, ocorreram 69 zoocóricas, 32 autocóricas e 29 anemocóricas, além de 21 plantas indeterminadas. Desconsiderando-se as 47 espécies arbóreas implantadas por mudas, houve introdução de: 25% de arbóreas, 8% de arbustos, 20% de ervas, 14% de lianas e 1% de bromeliáceas. Na UD de Cerrado, apesar de impactada por gado, aos dois anos de idade, foram introduzidos 354 indivíduos de 31 espécies nativas. Destas, 39% foram espécies arbóreas, 13% arbustivas, 16% herbáceas, 16% lianas e 16% indeterminadas. Foram registradas 35% de espécies zoocóricas, 29% de anemocóricas, 19% de autocóricas e 16% de plantas com síndrome indeterminada. Na UD de Restinga, foram detectadas, aos dois anos e meio de idade, 180 espécies de 108 gêneros e 55 famílias. As técnicas nucleadoras resultaram num custo experimental estimado em torno de 34% mais barato em relação ao modelo tradicional que varia em torno de R$ 5.500,00 reais/ha. O uso da nucleação aumentou nitidamente a eficiência da restauração ecológica. Foi restituída a diversidade, não só em seu aspecto estrutural, mas considerando-se também os diferentes nichos, formas e funções, formando um mosaico de ambientes e permitindo uma maior dinâmica das comunidades. No atual estágio de conhecimento, é importante a definição de qual paradigma almejamos para a restauração de nossas florestas: cultivar plantações de árvores nativas ou permitir e acelerar a sucessão natural? O novo paradigma das técnicas nucleadoras, ao contrário dos modelos tradicionais de recuperação que apenas satisfazem exigências legais, promovem a restituição de produtores, consumidores e decompositores, gerando a conservação efetiva dos ecossistemas, e assumindo, desta forma, um compromisso ético com as futuras gerações.
Título em inglês
Ecological Restoration Demonstrative Units using Nucleation Techniques: Seasonal Semidecidual Forest, Brazilian Savanna and Coastal Plain Vegetation
Palavras-chave em inglês
brazilian savanna
coastal plain vegetation
environmental degradation
environmental protection
forest ecology
forests
reforestation
revegetation
Resumo em inglês
To remake ecosystems of artificial form represents a challenge to initiate a process of the possible most similar succession to the natural processes. The environmental recuperation has based on the model of traditional forestry, standing trees under 3 x 2 m spacing, in total area, with high implantation/ maintenance inputs, and generating forests developed in height, however with low diversity of forms of life and regeneration. Restoration nucleation techniques form microhabitats in nuclei propitious for the arrival of a series of species of all the life forms that in a process of sucessional acceleration, radiate diversity for all the area. The techniques had been implanted in pilot areas of one hectare, called "Demonstrative Units" (UDs). The UDs had been mounted in seasonal semidecidual forest (Capão Bonito-SP), Brazilian savanna (Santa Rita do Passa Quatro-SP) and coastal plain vegetation (Florianópolis-SC). In the first UD, with one year of age, the nucleation techniques had introduced 1,603 seedlings of 148 native species, amongst 84 arboreal species (883 seedlings), 12 shrubs (124 seedlings), 30 herbaceous ones (242 seedlings), 20 lianas (260 seedlings) and 2 bromelias (3 seedlings), in addition to 94 seedlings of indeterminate habit. Among the species, 69 zoochore, 32 autochore and 29 anemochore had occurred, plus 21 indetermined plants. Disrespecting the 47 arboreal species implanted by traditional seedlings, there was introduction of: 25% of arboreal, 8% of shrubs, 20% of herbaceous, 14% of lianas and 1% of bromelias. In Brazilian savanna UD, although affected by cattle when two years of age, 354 individuals of 31 native species had been introduced. Of these, 39% had been arboreal species, 13% shrubs, 16% herbaceous, 16% lianas and 16% indetermined. There had been registered 35% of zoochore species, 29% of anemochore, 19% of autochore and 16% of plants with indetermined syndrome. In coastal plain vegetation UD, in two years and half of age, 180 species of 108 genus and 55 families had been detected. The nucleating techniques had resulted cheaper in an esteemed experimental cost around 34% in relation to the traditional model that varies around R$ 5,500.00 reais/ha. The use of the nucleation clearly increased the efficiency of the ecological restoration. The diversity not only restituted its structural aspect, but also the different niches, forms and functions, forming an environment mosaic and allowing a dynamic growth of the communities. In the current period of knowledge, is important the definition of which paradigm we wish for the restoration of our forests: to cultivate plantations of native trees or to allow and to speed up the natural succession? The new paradigm of the nucleation techniques, in contrast to the traditional models of recovery that only satisfy legal requirements, replenishes the producers, consumers and decompositors, promoting the conservation of the ecosystems, and adopting an ethical commitment with the future generations.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
FernandoBechara.pdf (6.81 Mbytes)
Data de Publicação
2006-08-23
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.