• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
Documento
Autor
Nome completo
Leandro Balistieri
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Piracicaba, 2017
Orientador
Banca examinadora
Silva, Edson José Vidal da (Presidente)
Amaral, Weber Antonio Neves do
Silva, Eduardo Vinicius da
Voigtlaender, Maureen
Título em português
Alto valor de conservação: uma avaliação em três escalas
Palavras-chave em português
Alto valor de conservação
Brasil
Certificação florestal
Conservação da biodiversidade
FSC
Resumo em português
O conceito de Alto Valor de Conservação (AVC) foi desenvolvido pela certificação florestal FSC (Forest Stewardship Council), e tem por objetivo designar áreas com características excepcionais devido a presença de importantes atributos, divididos nas seguintes categorias: florestas com concentração significativa de biodiversidade; grandes áreas florestais em nível de paisagem, que contenham populações viáveis da grande maioria das espécies de ocorrência natural; áreas florestais contidas ou que contém ecossistemas raros, ameaçados ou em perigo; áreas florestais em situações críticas que forneçam serviços básicos da natureza; áreas florestais fundamentais para atender necessidades básicas das comunidades locais; áreas florestais críticas para a identidade cultural tradicional de comunidades locais. Trata-se de um conceito inovador ao incluir aspectos sociais e culturais, razão pela qual tem sido amplamente utilizado fora do setor florestal, sendo incorporado por esquemas de certificação ligados a commodities e biocombustíveis, empresas de cadeia de logística (produção) e instituições financeiras. A identificação dos atributos pode ser feita seguindo-se uma abordagem genérica, na qual o manejo deve contribuir para manutenção ou incremento dos atributos identificados seguindo uma abordagem de precaução, incluindo as comunidades locais no processo de identificação das áreas de AVC. Para melhor uso deste conceito em situações específicas, alguns países adaptam os conceitos gerais em documentos chamados de Interpretação Nacional. O Brasil é um dos países que ainda não possuem uma interpretação Nacional e, portanto, a identificação de áreas de AVC é feita utilizando-se a abordagem genérica. Este trabalho se propõe a uma análise ampla do uso do conceito de AVC em três diferentes escalas: análise das publicações existentes sobre o tema, aplicação regional por meio das interpretações nacionais e uso do conceito no Brasil pelos empreendimentos de manejo florestal certificado pelo FSC. O capítulo 1 consiste em uma revisão estruturada das publicações existentes a nível mundial sobre o tema, que possibilitou a formação de uma base considerando as principais informações disponíveis sobre o tema. No capítulo 2 aprofunda-se em uma análise do conceito regional, considerando apenas os países que possuem uma interpretação nacional, reconhecendo as diferenças e características próprias de cada local. Por fim, o terceiro capítulo tem como foco específico os empreendimentos de manejo florestal certificado no Brasil, possibilitando o levantamento dos atributos identificados até o momento e a realização de uma análise das etapas de condução dos estudos de AVC por meio de questionários.
Título em inglês
High conservation value (HCV): a three-step evaluation
Palavras-chave em inglês
Conservation of biodiversity
Forest certification
FSC
High conservation value
Structured review
Resumo em inglês
The concept of High Conservation Value (AVC) was developed by the Forest Stewardship Council (FSC), and its purpose is to designate areas with exceptional characteristics due to the presence of important attributes, divided into the following categories: forests with a significant concentration of biodiversity; large landscape-level forest areas containing viable populations of the vast majority of naturally occurring species; forest areas contained or containing rare, threatened or endangered ecosystems; forest areas in critical situations that provide basic services of nature; areas that are fundamental to meeting the basic needs of local communities; areas critical for the traditional cultural identity of local communities. It is an innovative concept to include social and cultural aspects, which is why it has been widely used outside the forest sector, being incorporated by certification schemes linked to commodities and biofuels, logistics chain companies (production) and financial institutions. The identification of the attributes can be done following a generic approach, in which the management should contribute to the maintenance or increment of the attributes identified following a precautionary approach, including the local communities in the process of identifying the areas of HCV. To better use this concept in specific situations, some countries adapt the general concepts into documents called National Interpretation. Brazil is one of the countries that do not yet have a national interpretation and, therefore, the identification of areas of HCV is done using the generic approach. This work proposes a broad analysis of the use of the concept of HCV in three different scales: analysis of existing publications on the theme, regional application through national interpretations and use of the concept in Brazil by the forest management companies certified by the FSC. Chapter 1 consists of a structured review of the existing worldwide publications on the subject, which enabled the formation of a base considering the main information available on the theme. In Chapter 2, the analysis of the regional concept is analyzed, considering only the countries that have a national interpretation, recognizing the differences and characteristics of each place. Finally, the third chapter focuses specifically on certified forest management projects in Brazil, enabling the identification of attributes identified so far and conducting an analysis of the stages of conduction of HCV studies through questionnaires.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2018-04-18
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.