• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.11.2012.tde-21092012-090145
Documento
Autor
Nome completo
Larissa Leite Tosetti
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Piracicaba, 2012
Orientador
Banca examinadora
Silva Filho, Demóstenes Ferreira da (Presidente)
Dematte, Maria Esmeralda Soares Payao
Lima, Ana Maria Liner Pereira
Título em português
Valoração arbórea em bacia hidrográfica urbana
Palavras-chave em português
Bacia hidrográfica
Drenagem
Florestas
Meio ambiente urbano - Serviços
Sensoriamento remoto
Sistema de Informação geográfica
Valor econômico
Resumo em português
No contexto urbano, a bacia hidrográfica é formada por componentes naturais e artificiais que interagem em um sistema único. Os componentes naturais são representados por diversos bens naturais que proporcionam os serviços ambientais. Dimensionar o valor econômico de bens naturais, incluídas as árvores urbanas, é uma forma de simbolizar a sua importância nos processos de equilíbrio dinâmico dos sistemas urbanos, justificando a necessidade de preservação do patrimônio natural existente em parques, jardins, praças e vias, fomentando as iniciativas públicas e privadas que investem no acréscimo e melhoria da qualidade das florestas urbanas. O auxílio na drenagem urbana advindo da presença arbórea é um dos serviços ambientais, que ocorre com diferentes intensidades conforme a posição no relevo (altitude e declividade) da bacia hidrográfica. Por meio de inventário georreferenciado, foram identificadas árvores presentes na bacia do Córrego do Sapateiro na cidade de São Paulo. Posteriormente, o sistema de informações geográficas (SIG) foi utilizado na definição das classes de altitude e declividade e na quantificação da cobertura arbórea para discussão da sua relação com o sistema hidrológico da bacia. Isso permitiu que um novo fator, chamado Valor de Relevo (VR), fosse introduzido ao método de valoração de árvores urbanas proposto por Silva Filho et al. (2002). Por meio da apresentação do valor de relevo, propõe-se uma nova dimensão associada à hidrologia de superfície nesse método de valoração de fórmula. Sugere-se a associação de pesquisas complementares que viabilizem a introdução de fatores com relevância ao valor da árvore nas cidades por seus serviços ambientais, para alcançar um método de valoração cada vez mais completo e conivente a um modelo de desenvolvimento urbano pautado no equilíbrio social, ambiental e econômico.
Título em inglês
Tree valuation in urban watershed
Palavras-chave em inglês
Drainage
Economic value
Forests
Geographical Information System
Remote sensing
Urban environment Service
Watershed
Resumo em inglês
In the urban context, watersheds are formed by natural and artificial components which are a single system. Natural components are represented by various natural resources that provide environmental services. Measuring the economic value of the natural resources, including the urban trees, is a way to symbolize its importance in the processes of dynamic equilibrium of urban systems, hence the need for preservation of existing natural heritage in parks, gardens, squares and streets, encouraging public and private investment in the increase and improvement of urban forests. The aid in urban drainage arising from the presence of trees is an environmental service, that occurs with different intensities depending on the position on basin relief (altitude and slope). Through georeferenced inventory trees were identified in the Córrego do Sapaterio (Sapateiro Stream) basin in São Paulo. Then the geographic information system (GIS) was used to define classes of altitude and slope and quantification of tree cover for the discussion of its relationship with the hydrological system of watershed. This allowed that a new factor, called Relief Value (RV), was introduced to the method of tree valuation proposed by Silva Filho et al. (2002). Presenting the value of relief, it is proposed a new dimension surface hydrology associated with this tree appraisal method. It is suggested the combination of complementary research that will enable the introduction of factors with proven importance to the value of urban tree because of its environmental services, to achieve a valuation method even more complete and conniving to a model of sustainable urban development in the social, environmental and economic balance.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2012-10-01
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.