• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.11.2015.tde-09042015-111620
Documento
Autor
Nome completo
Victor Cezar Nepomuceno Ribeiro
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Piracicaba, 2015
Orientador
Banca examinadora
Bortoletto Junior, Geraldo (Presidente)
Brito, Edvá Oliveira
Tommasiello Filho, Mario
Título em português
Caracterização anatômica da matéria-prima e avaliação das propriedades tecnológicas de painéis MDF de madeira de Schizolobium amazonicum Huber ex Ducke e de resíduos de espécies da Amazônia.
Palavras-chave em português
Espessura do painel
Painéis de fibras de média densidade
Proporção de mistura de fibras
Propriedades físico-mecânicas
Resumo em português
Estudos sobre a qualidade tecnológica de painéis MDF produzidos a partir de madeiras nativas da Amazônia ainda são escassos. O presente estudo teve como objetivo principal determinar a qualidade de painéis MDF produzidos com a madeira de Schizolobium amazonicum Huber ex Ducke, em forma de resíduos de lâminas e toras (LAM e TOR, respectivamente), e resíduos de espécies nativas da Amazônia (MIX). A partir destas matérias-primas foram produzidos cavacos, fibras e painéis MDF numa unidade industrial de MDF. Na manufatura dos painéis foram adotados 06 tratamentos. Os tratamentos adotados foram analisados por meio de 03 experimentos independentes: Experimento 1 - verificar o efeito da proporção de matéria-prima (25% TOR -75% MIX; 40% LAM - 75% MIX; 40% LAM - 60% MIX) nas propriedades físicas e mecânicas dos painéis; Experimento 2 - para verificar o efeito da espessura (12 e 15 mm) nas propriedades físicas e mecânicas dos painéis; Experimento 3 - também para verificar o efeito da espessura (15 e 18 mm) nas propriedades físicas e mecânicas dos painéis. Os painéis MDF foram colados com 13% de resina a base de ureia-formaldeído e 0,7% de emulsão de parafina. Posteriormente, corpos-de-prova foram obtidos dos painéis MDF para avaliação da massa específica, teor de umidade, absorção de água, inchamento em espessura, módulo de ruptura, módulo de elasticidade, resistência da ligação interna, resistência ao arracamento de parafuso na face e no topo, conduzidos conforme a norma NBR 15316 (ABNT, 2009). Adicionalmente, foi realizada a caracterização das fibras de TOR, LAM e MIX antes e após o desfibramento industrial dos cavacos e determinado o perfil de densidade dos painéis por meio da técnica de atenuação de raios-X. Para verificar o efeito das variáveis sobre as propriedades das chapas MDF foi realizada uma análise de variância e, posteriormente, o teste de Tukey, conduzido ao nível de 5% de probabilidade de erro. Mediante a análise dos resultados dos ensaios, concluiu-se que: No Experimento 1, os painéis MDF manufaturados com a mistura de fibras das madeiras na proporção B apresentaram melhor desempenho nas propriedades de APT e APF, e os painéis na proporção C desempenho superior no MOR. No Experimento 2, os painéis de 12 mm mostraram melhor desempenho nas propriedades de LI e APF, e os painéis de 15 mm melhor desempenho em AA2h, AA24h e IE24H; No Experimento 3, os painéis MDF de 18 mm exibiram melhor desempenho nas propriedades de IE2h, IE24h, MOR e MOE à flexão estática. Os painéis de 15 mm tiveram melhor desempenho nas propriedades de APT e APF. Com exceção dos valores da propriedade de LI, todos os painéis MDF avaliados no presente estudo atenderam aos valores requeridos pela norma NBR 15316-2 (ABNT, 2009), para fabricação de móveis a serem utilizados em condições secas.
Título em inglês
Anatomical characterization and evaluation of technological properties MDF manufactured from wood Schizolobium amazonicum Huber ex Ducke and waste native species of the Amazon
Palavras-chave em inglês
Fiberboard
Mixing ratio of fibers
Panel thickness
Physical-mechanical properties
Resumo em inglês
Studies about the technological quality of MDF manufactured with wood of native species from Amazon are scare. This study aimed to evaluate the quality of MDF produced with wood Schizolobium amazonicum Huber ex Ducke, waste of veneer and log (LAM and TOR, respectively) and waste of native species from Amazon (MIX). The chips, fibers and MDF, from this material, were produced in an industrial unit MDF. In the manufacture of panels 06 treatments were adopted. The following treatments were analyzed by 03 independent experiments: Experiment 1 - to verify the effect of the proportion of raw material (25% -75% TOR MIX; LAM 40% - 75% MIX; LAM 40% - 60% MIX) on the physical and mechanical properties of the panels; Experiment 2 - to verify the effect of thickness (12 and 15 mm) on the physical and mechanical properties of the panels; Experiment 3 - also, to verify the effect of the thickness (15 and 18 mm) on the physical and mechanical properties of the panels. The MDF panels were bonded with 13% of resin based on urea formaldehyde and 0.7% paraffin emulsion. Posteriorly, samples were obtained to conduct the moisture content, bulk density, water absorption and thickness swelling, modulus of rupture, modulus of elasticity, internal bonding, resistance to face screw-holding and edge screw-holding, tests according to NBR 15316 (ABNT, 2009). Additionally, was characterized the TOR, LAM and MIX fibers, performed before and after industrial refining chip and determined the density profile of the MDF using the technique of X-ray attenuation. To check the effect of variables on the properties of MDF an analysis of variance was performed, and subsequently the Tukey test, conducted at the 5% level of error probability. Through the analysis of tests results it was conclude: In Experiment 1, MDF panels manufactured with a mixture of wood fiber in the ratio B showed better performance in the properties of APT and APF, and the panels in C ratio showed superior performance in MOR. In Experiment 2, the panels of 12 mm showed better performance in the properties of LI and APF, and 15 mm panels perform better in AA2h, AA24h and IE24H; In Experiment 3, the panels of 18 mm panels exhibited better performance on the properties of IE2h, IE24h, MOR and MOE in static bending. 15 mm panels outperformed the properties of APT and APF. With the exception of property values LI, all MDF panels evaluated in this study met the required values by NBR 15316-2 (ABNT, 2009), for the manufacture of furniture to be used in dry conditions.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2015-04-27
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.