• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.11.2018.tde-14032018-182216
Documento
Autor
Nome completo
Joyce Adriana Froza
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Piracicaba, 2017
Orientador
Banca examinadora
Lopes, Joao Roberto Spotti (Presidente)
Azevedo Filho, Wilson Sampaio de
Godoy, Wesley Augusto Conde
Souza Filho, Miguel Francisco de
Título em português
Levantamento de espécies de cigarrinhas (Hemiptera: Auchenorrhyncha) com ênfase em possíveis vetores de Xylella fastidiosa em pomares de oliveira na Serra da Mantiqueira
Palavras-chave em português
Olea europaea L.
Bactéria fitopatogênica
Cicadomorpha
Insetos vetores
Resumo em português
Xylella fastidiosa é uma bactéria gram-negativa que coloniza os vasos de xilema das plantas, podendo ser patogênica para algumas culturas de importância econômica. Esta bactéria é transmitida por cigarrinhas (Hemiptera: Auchenorrhyncha) da superfamília Cercopoidea (Aphrophoridae, Cercopidae e Clastopteridae) e família Cicadellidae (subfamília Cicadellinae). Na Itália este fitopatógeno esta causando uma nova doença em plantas de oliveira, denominada síndrome do declínio rápido da oliveira. Recentemente também foi detectada a ocorrência desta bactéria associada a sintomas de requeima foliar na Argentina e no Brasil. Sendo assim, surgiu a necessidade de realizar levantamentos de espécies de cigarrinhas que ocorrem nas regiões onde estão localizados os pomares de oliveira na Serra da Mantiqueira, nos estados de São Paulo e Minas Gerais, na faixa de 800 a 1800 m de altitude. O objetivo deste trabalho foi realizar a análise faunística das espécies de cigarrinhas, como também mensurar a similaridade da comunidade de espécies encontradas entre os pomares, e indicar possíveis vetores de Xylella fastidiosa para a cultura da oliveira. Foram selecionadas sete pomares de oliveira localizados na Serra da Mantiqueira, seguindo um gradiente altitudinal, sendo estes: Wenceslau Braz (MG-1780 m), São Bento do Sapucaí (Entre Vilas) (SP-1602 m), São Bento do Sapucaí (São José) (SP-1512 m), Maria da Fé (MG), com três pomares (área do Lago-1329 m, área da Suíça-1318 m, área da Atemoia-1310 m) e Cabreúva (SP-883 m). Para a captura de cigarrinhas, foram instalados em cada pomar nove cartões adesivos amarelos, em duas alturas, 0,8 m e 1,6 m do nível do solo, totalizando 18 cartões por pomar, que foram trocados a cada 15 dias no período de junho de 2015 a maio de 2017. Coletaram-se 40.324 indivíduos de 270 espécies incluídos em Auchenorrhyncha, distribuídos em 12 famílias, com maior frequência de indivíduos do grupo Cicadellidae (68%), e Cicadellinae (43% de todos os cicadelídeos coletados). A análise faunística indicou 44 espécies predominantes, sendo 20 pertencentes a grupos de potenciais vetores. Dentre elas, Clastoptera sp. 1 (Clastopteridae), Macugonalia cavifrons e Scopogonalia sp. 1 (Cicadellinae) foram predominantes em todos os pomares, exceto no pomar de Cabreúva, sendo que a primeira coloniza a oliveira. Os maiores índices de diversidade, riqueza e equitabiliade foram obtidos para os pomares de Wenceslau Braz, São Bento do Sapucaí (São José) e São Bento do Sapucaí (Entre Vilas) (0,87), respectivamente. A maior similaridade de Jaccard foi encontrada entre os pomares de Maria da Fé (55%). A maior similaridade de Morisita foi encontrada entre os pomares de São Bento do Sapucaí (São José) e Maria da Fé (área da Suíça) (91%) e a menor entre os pomares de Cabreúva e São Bento do Sapucaí (Entre Vilas) (6%). Para algumas espécies predominantes de Cicadellinae e Cercopoidea, houve diferença na eficiência de captura por armadilhas adesivas posicionadas em alturas distintas na copa das oliveiras.
Título em inglês
Survey of Auchenorrhyncha species with emphasis on possible vectors of Xylella fastidiosa in olive orchards in the Mantiqueira Mountain Range
Palavras-chave em inglês
Olea europaea L.
Cicadomorpha
Insect vectors
Phytopathogenic bacterium
Resumo em inglês
Xylella fastidiosa is a gram-negative bacterium that colonizes the xylem vessels of plants and may be pathogenic to some crops. This bacterium is transmitted by leafhoppers (Hemiptera: Auchenorrhyncha) from the superfamily Cercopoidea (Aphrophoridae, Cercopidae and Clastopteridae) and family Cicadellidae (subfamily Cicadellinae). In Italy this phytopathogen is causing a new disease in olive trees, named 'olive quick decline syndrome'. Recently, the occurrence of this bacterium associated to a 'leaf scorch' was also detected in Argentina and Brazil. Thus, it is necessary to carry out surveys of Auchenorrhyncha species in olive orchards in the region of the Mantiqueira Mountain Range, where the olives are grown in the states of São Paulo and Minas Gerais, at 800 to 1800 m altitude range. The objectives of this work were to do faunistic analysis of Auchenorrhyncha species, to measure species similarity of the community of Auchenorrhyncha among orchards, and to indicate possible vectors of Xylella fastidiosa in olives. Seven olive orchards located in the Mantiqueira Mountain Range were selected, following an altitudinal gradient: Wenceslau Braz (MG-1780 m), São Bento do Sapuccaí (EntreVilas) (SP-1602 m), São Bento do Sapucaí (São José) (SP-1512 m), Maria da Fé (MG), with three orchards (area of Lago-1329 m, area of Suíça-1318 m, area of Atemoia-1310 m) e Cabreúva (SP-883 m). Nine yellow stick traps were installed in each orchard at two heights, 0.8 m and 1.6 m above soil level, totaling 18 cards per orchard, which were replaced fortnightly from June/2015 to May/2017. A total of 40,324 individuals from 270 species included in Auchenorrhyncha were collected, distributed in 12 families, with the highest frequency of individuals in the group Cicadellidae (68%) and group Cicadellinae (43% of all Cicadellidae). The faunistic analyses classified 44 species as predominant, 20 belonging to groups of possible vectors of X. fastidiosa. Among them, the species Clastoptera sp. 1 (family Clastopteridae), Macugonalia cavifrons and Scopogonalia sp. 1 (subfamily Cicadellinae) are predominant in all orchards, except in the Cabreúva orchard. Nymphs of Clastoptera sp. 1 were observed developing on young olive branches. Higher diversity, richness and equitability indices were observed in Wenceslau Braz, São Bento do Sapucaí (São José) and São Bento do Sapucaí (Entre Vilas) orchards, respectively. Jaccard's greatest similarity was found between Maria da Fé orchards (55%). The greatest similarity of Morisita was found between the orchards of São Bento do Sapucaí (São José) and Maria da Fé (91%) and the lowest one between orchards of Cabreúva and São Bento do Sapucaí (Entre Vilas) (6%). For some predominant species of Cicadellinae and Cercopoidea, capture efficiency was influenced by trap height on the olive tree canopy.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2018-03-22
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.