• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.11.2004.tde-11112004-140048
Documento
Autor
Nome completo
André Andrade Franco
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Piracicaba, 2004
Orientador
Banca examinadora
Baptista, Gilberto Casadei de (Presidente)
Lavorenti, Arquimedes
Papa, Geraldo
Rigitano, Rene Luis de Oliveira
Trevizan, Luiz Roberto Pimentel
Título em português
Resíduos de deltametrina, aplicada em diferentes formulações, em compartimentos da cultura do pepino (Cucumis sativus L.) tutorado e ação do inseticida no controle da broca-das-cucurbitáceas Diaphania nitidalis (Cramer, 1782) (Lepidoptera: Crambidae).
Palavras-chave em português
brocas (insetos nocivos)
controle químico
inseticidas piretróides
pepino
resíduos de pesticidas em plantas
Resumo em português
O desenvolvimento da agricultura, a modernização dos meios dos cultivos, buscando atender a um mercado exigente, tem-se baseado no uso de insumos agrícolas para garantir a produção de alta qualidade e de quantidade. Tais culturas demandam o uso de pesticidas, cujos resíduos, principalmente em hortaliças e frutas, são motivo de preocupação com a saúde dos consumidores e de operários que necessitam retornar às culturas tratadas com esses agrotóxicos. Os objetivos deste estudo foram: a) estudar o comportamento dos resíduos de deltametrina, de diferentes formulações, em frutos, folhas e solo; b) avaliar os resíduos deslocáveis do inseticida nas folhas, como ponto de partida para estudos de exposição ocupacional; c) correlacionar os teores de deltametrina nos frutos com o controle da broca-das-cucurbitáceas e d) correlacionar os resíduos nos frutos com o limite máximo de resíduo (LMR) e o intervalo de segurança (período de carência) estabelecidos pela legislação. Os tratamentos foram: a) testemunha; b) três aplicações da formulação em concentrado emulsionável Decis 25 CE na dosagem de 30 mL p.c.100 L-1 de água (0,75 g i.a. deltametrina.100 L-1 de água); c) três aplicações da formulação em concentrado emulsionável Decis Ultra 100 CE na dosagem de 7,5 mL p.c.100 L-1 de água (0,75 g i.a. deltametrina.100 L-1 de água); e d) três aplicações da formulação em suspensão concentrada Decis 200 SC na dosagem de 3,75 mL de p.c.100 L-1 de água (0,75 g i.a. deltametrina 100 L-1 de água). As amostras de fruto e de solo foram colhidas a (-1); zero; 1; 3; 5 e 7 dias após a última aplicação; as amostras de folhas e as de para estudos de resíduos deslocáveis nestas foram tomadas a (-1); zero; 1; 3; 5; 7 e 14 dias. O método analítico constou da extração dos resíduos de deltametrina de acetato de etila, limpeza dos extratos por técnica de cromatografia de permeação em gel (GPC), com eluição feita com uma mistura de acetato de etila/ciclohexano. A determinação quantitativa por cromatografia de gás. Para a avaliação da eficiência do inseticida, foram feitas seis levantamentos de infestação, determinando-se a porcentagem de frutos brocados. Os resultados indicaram que os resíduos de deltametrina no fruto, embora em baixos níveis, encontravam-se acima do LMR (0,03 mg.kg-1), mesmo um dia após o término do intervalo de segurança (2 dias) para as formulações do inseticida. Nas folhas, os resíduos resultantes das aplicações da formulação SC foram sempre maiores do que ambas CE (10-20 vezes), sendo de 15-80 vezes mais altas do que nos frutos. No solo, os resíduos foram também baixos (0,01-0,05 mg.kg-1), e semelhantes nas três formulações, entretanto, com baixa dissipação. Os resíduos deslocáveis de deltametrina nas folhas foram muito elevados quando de aplicações em SC, comparadas com as formulações CE (4-20 vezes), com valores de meias-vida de 2,8; 3,8 e 32,2 dias, respectivamente para as formulações Decis 25 CE, Decis Ultra 100 CE e Decis 200 SC. O inseticida, nas formulações em que foi aplicado, foi eficiente no controle da praga durante todo o período de avaliação.
Título em inglês
Deltamethrin residues applied in different formulations, in staked cucumber (Cucumis sativus L.) crop compartments and the insecticide action on the control of the pickleworm, Diaphania nitidalis (Cramer, 1782) (Lepidoptera: Crambidae).
Palavras-chave em inglês
chemical control
cucumber and pesticidades residues in plants
pickleworm (harmful insects)
pyrethrod insectides
Resumo em inglês
The agriculture development, the modernization of cultivation means, trying to meet a demanding market, has been based on the use of agricultural supplies to assure a high quality and quantity production. Such crops demand the use of pesticides, whose residues, especially in fruit and vegetable production, raise worries about the consumers’ health and of the workers who need to return to the treated crop with these pesticides. The objectives of this study were: a) to study the behavior of deltamethrin residues applied in different formulations in fruits, leaves and soil; b) to evaluate the dislodgeable residues of the insecticide in leaves, as a starting point for occupational exposure studies; c) to correlate deltamethrin concentration in fruit with the pickleworm control and d) to correlate residues in fruit with the maximum residue level (MRL) and the safety interval established by the legislation. The treatments were: a) control ; b) three applications of the emulsifiable concentrate formulation Decis 25 CE.100-1 at the dosage of 30 mL of c.p.100 L-1 water (0.75 g a.i. deltamethrin.100L-1 water); c) three applications of the emulsifiable formulation of Decis Ultra 100 CE at the dosage of 7.5 mL of p.c.100 L-1 water (0.75 g a.i. deltamethrin.100. L-1 water) and d) three applications of the concentrate suspension formulation Decis 200 SC at the dosage of 3.75 mL of c.p.100.L-1 water (0.75 g a.i. deltamethrin 100L-1 water). The fruit and soil samples were taken at (-1); zero; 1; 3; 5 and 7 days after the last application; leaf samples and also those for the studies of dislodgeable residues on them were collected at (-1); zero; 1; 3; 5; 7 and 14 days after the last application. The analytical method consisted of the extraction of deltamethrin residues in ethyl acetate, clean-up of the extracts by gel permeation chromatography (GPC), with elutition made with a mixture of ethyl acetate/cyclohexane. The quantitative determination was made by gas chromatograph. To evaluate the insecticide efficacy six infestation surveys were carried out, based on the percentage of infested fruit . The results indicate that the deltamethrin residues in fruit, though in low levels, were found higher than the MRL (0.03 mg.kg-1), for the three insecticide formulations, even a day after the end of the safety interval (2 days). In the leaves the resulting residues of the applications of SC formulation were always bigger than both CE (10-20 times), being 15-80 times higher in the fruits. In the soil, the residues were also low (0.01-0.05 mg kg-1), and similar in the three formulations, however with low dissipation. The dislodgeable residues of deltamethrin in leaves were higher in SC as compared to both CE (4-20 times), with half-life values of 2.8; 3.8 and 32.2 days, respectively for the formulation Decis 25 CE, Decis Ultra 100 CE and Decis 200 SC. The insecticide in the formulations applied was efficient in the pest control during the whole evaluation period.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
andre.pdf (749.89 Kbytes)
Data de Publicação
2004-11-12
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.