• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.11.2002.tde-04092002-170644
Documento
Autor
Nome completo
Carlos Eduardo Rossi
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Piracicaba, 2002
Orientador
Banca examinadora
Ferraz, Luiz Carlos Camargo Barbosa (Presidente)
Gonçalves, Wallace
Monteiro, Ailton Rocha
Pereira, Fernando Mendes
Scarpare Filho, Joao Alexio
Título em português
Levantamento, reprodução e patogenicidade de nematóides a fruteiras de clima subtropical e temperado.
Palavras-chave em português
doenças de plantas
fruticultura
nematóides parasitos de planta
Resumo em português
Objetivando melhor conhecimento a respeito dos nematóides encontrados associados a fruteiras de clima subtropical e temperado, coletaram-se 149 amostras de solo da rizosfera e de raízes de amoreira-preta, caquizeiro, framboeseira, macieira, marmeleiro, nespereira, nogueira-macadâmia, oliveira, pereira, pessegueiro e umezeiro em áreas de produção do Estado de São Paulo e em uma localidade de Minas Gerais. Como resultado desse levantamento, identificaram-se 11 gêneros e as espécies relacionadas a seguir: Aorolaimus nigeriensis, Discocriconemella degrissei, Helicotylenchus dihystera, H. erythrinae, H. microcephalus, H. pseudorobustus, Helicotylenchus spp., Hemicycliophora poranga, Meloidogyne hapla, M. incognita, M. javanica, Mesocriconema onoense, M. ornata, M. sphaerocephalum, M. xenoplax, Mesocriconema spp., Pratylenchus brachyurus, P. zeae, Rotylenchulus reniformis, Scutellonema brachyurus, Tylenchulus semipenetrans, Xiphinema brevicollum, X. elongatum, X. krugi, X. setariae, X. surinamense e Xiphinema spp.. Os três gêneros mais freqüentes foram Helicotylenchus, Mesocriconema e Xiphinema, presentes em 60,4; 55,0 e 30,2 % das amostras, respectivamente; as espécies mais comuns foram H. dihystera e M. xenoplax, ocorrendo em 49 e 38,3 % das amostras. Contudo, apenas M. incognita e M. javanica estavam associados a danos em pessegueiros cujos porta-enxertos não tinham resistência genética. Em casa de vegetação, avaliaram-se as reações de genótipos das citadas fruteiras, mais goiabeira, frente aos nematóides de galhas Meloidogyne incognita raça 2 e M. javanica. As plantas, individualmente inoculadas com 5000 ovos de cada espécie de nematóide, foram conduzidas em recipientes plásticos durante 120 dias. A caracterização das reações baseou-se na capacidade reprodutiva dos parasitos, determinando-se os índices de massas de ovos e de galhas, bem como os números de nematóides por sistema radicular e por grama de raízes. Apenas a cultivar GF-677 de Prunus persica x P. dulcis comportou-se como suscetível, possibilitando desenvolvimento e multiplicação dos dois nematóides. Os demais genótipos avaliados foram hospedeiros desfavoráveis ao desenvolvimento dos nematóides, sendo considerados resistentes, embora vários deles tivessem proporcionado restritas taxas de reprodução dos parasitos. Estudou-se ainda, também sob condição de casa de vegetação, a patogenicidade de M. incognita raça 2 em caquizeiro 'Kyoto', verificando-se correlação negativa entre os níveis populacionais iniciais utilizados (0, 160, 800, 4 000, 20 000 e 100 000 ovos por parcela) e a altura e a massa seca de raízes das plantas, após seis meses da inoculação. Tendo em vista que a intensa formação de galhas radiculares observada e o efeito negativo sobre os dois parâmetros de crescimento das plantas mostraram-se associados a taxas de reprodução muito baixas do parasito, considerou-se que a reação ocorrida foi de intolerância.
Título em inglês
Field survey, reproduction and pathogenicity of nematodes to subtropical and temperate fruits.
Palavras-chave em inglês
fruit crops
plant diseases
plant-parasitic nematodes
Resumo em inglês
In order to achieve a better knowledge on the nematodes found associated with subtropical and temperate fruits, a total amount of 149 soil and root samples were collected from within apple, blackberry, japanese apricot, loquat, macadamia, olive, peach, pear, persimmon, quince and raspberry orchards located in the states of São Paulo and Minas Gerais, Southeastern Brazil. From this survey, a number of species belonging to eleven genera were identified, namely Aorolaimus nigeriensis, Discocriconemella degrissei, Helicotylenchus dihystera, H. erythrinae, H. microcephalus, H. pseudorobustus, Helicotylenchus spp., Hemicycliophora poranga, Meloidogyne hapla, M. incognita, M. javanica, Mesocriconema onoense, M. ornata, M. sphaerocephalum, M. xenoplax, Mesocriconema spp., Pratylenchus brachyurus, P. zeae, Rotylenchulus reniformis, Scutellonema brachyurus, Tylenchulus semipenetrans, Xiphinema brevicollum, X. elongatum, X. krugi, X. setariae, X. surinamense and Xiphinema spp. The most frequent genera were Helicotylenchus, Mesocriconema and Xiphinema, which occurred in 60.4, 54.4 and 30.2 % of the samples, respectively; the two most common species found were Helicotylenchus dihystera and Mesocriconema xenoplax, detected in 49.0 and 38.8 % of the samples, respectively. However, only Meloidogyne incognita and M. javanica could be associated with peach trees that were stunted or showed general symptoms of decline; in these cases, the rootstocks did not have genetic resistance to root-knot nematodes. The host suitability of several genotypes of the mentioned fruit species, plus guava, were evaluated in relation to Meloidogyne incognita race 2 and M. javanica under greenhouse conditions. The plants were individually inoculated with 5,000 nematode eggs and kept to grow in plastic bags for four months. Nematode reproductive rate was determined with basis on gall index, egg mass index and numbers of nematodes per root system and per gram of roots. Only the cultivar GF-677 of Prunus persica x P. dulcis was susceptible to both nematode species. All other genotypes were poor/resistant hosts, even that some allowed the parasites to reproduce at low rates. The pathogenicity of Meloidogyne incognita race 2 to persimmon cv. Kyoto was also studied under greenhouse conditions. After six months of the inoculation with increasing nematode population levels – 0; 160; 800; 4,000; 20,000; and 100,000 eggs/plant – a negative correlation with plant height and top dry weight values was obtained. As an intense root galling was associated with low nematode reproductive rates and some depressive effects on the plant growth, the reaction was rated as being of intolerance.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Carlos.pdf (3.83 Mbytes)
Data de Publicação
2002-09-12
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.