• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.11.2004.tde-19072004-164119
Documento
Autor
Nome completo
Vinicius Maia Costa
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Piracicaba, 2004
Orientador
Banca examinadora
Folegatti, Marcos Vinicius (Presidente)
Fernandes, Andre Luis Teixeira
Pires, Regina Celia de Matos
Título em português
Desenvolvimento de mudas de cafeeiro produzidas em tubetes, sob malhas termo-refletoras e malha negra.
Palavras-chave em português
café
irrigação
mudas
substrato
Resumo em português
Este experimento avaliou, em casa de vegetação, o desenvolvimento de mudas de cafeeiro produzidas em tubetes, sob o efeito de malhas utilizadas para sombreamento. Os tratamentos utilizados foram a malha negra 50%, conhecida comercialmente como “sombrite” ou “tela preta”, considerada padrão para o desenvolvimento destas mudas, e malhas termo-refletoras com quatro diferentes percentagens de atenuação da radiação solar, sendo as malhas 40%, 50%, 60% e 70%. O delineamento experimental adotado foi em blocos casualizados contendo os 5 tratamentos, com 4 repetições, totalizando-se assim 20 parcelas. As parcelas foram representadas por 20 bancadas, cada qual contendo fechamento superior com um tipo de malha para sombreamento, e também fechamento nas laterais, atenuando a radiação solar lateral. Cada parcela foi composta por 175 mudas, sendo 161 para bordadura, e 14 para avaliações. As irrigações, realizadas diariamente, foram implementadas com a utilização de uma barra motorizada semi-automatizada que se deslocava longitudinalmente na casa de vegetação em ambos os sentidos. A lâmina desejada era ajustada de acordo com a velocidade de deslocamento da barra que era regulada por meio de um inversor de freqüência, responsável por este controle. Para monitorar o microclima, foi instalado interiormente a cada parcela um psicrômetro não ventilado e de tempos em tempos foram realizadas medidas de radiação solar global, fotossinteticamente ativa e o saldo de radiação (SR), estabelecendo-se relações de transmissividade global (TRG) e transmissividade fotossinteticamente ativa (TRFA). As variáveis fisiológicas utilizadas para avaliar o desenvolvimento das mudas foram área foliar, altura das plantas, diâmetro do caule, e, ao final do experimento, foram realizadas análises de matéria seca da parte aérea, do sistema radicular e matéria seca total. A avaliação dos dados psicrométricos mostrou que a temperatura do ar pouco variou nas parcelas, assim como a umidade relativa do ar. Com relação a TRG e TRFA, verificou-se que malhas com menor atenuação da radiação solar apresentaram em geral maior transmissividade, conforme esperado. Para a variável saldo de radiação, a presença de interferências ambientais inviabilizou a maior parte dos dados, verificando-se em apenas parte deles uma tendência de maior SR nas malhas 40% e 50%. A avaliação das variáveis fisiológicas mostrou que a área foliar não apresentou diferença significativa entre os tratamentos. Já para altura da planta e diâmetro do caule, verificou-se que as mudas produzidas sob as malhas termo-refletoras 40% e 50% foram superiores àquelas produzidas sob malha negra 50% e malhas termo-refletoras 60% e 70%, respectivamente. Nas avaliações de matéria seca, verificou-se que as mudas produzidas sob as malhas termo-refletoras 40% e 50%, e malha negra 50% acumularam mais matéria seca comparativamente àquelas produzidas sob malhas termo-refletoras 60% e 70%. Assim, nas condições em que desenvolveu-se o experimento, concluiu-se que as malhas termo-refletoras 40% e 50% e negra 50% apresentaram melhores resultados que as malhas termo-refletoras 60% e 70%.
Título em inglês
Development of coffee seedlings produced in plastic tubes, under termo-reflective and black screens.
Palavras-chave em inglês
coffeee
irrigation
seedling
substrate
Resumo em inglês
This experiment evaluated, in greenhouse conditions, the development of coffee seedlings produced in plastic tubes, under the effect of screens used for shading. The treatments were black screen 50%, known commercially as "sombrite" or as "black screen", considered standard for the development of these seedlings, and thermo-reflective screens with four different percentages of attenuation of the solar radiation, being meshes 40%, 50%, 60%, and 70%. The adopted experimental delineation was randomized blocks with 5 treatments and 4 replicates, making up 20 parcels. The parcels were represented by 20 benches; each one with superior closing system with one type of screen, and also side closing system, attenuating the side solar radiation. Each parcel was composed by 175 seedlings, from which 161 were used as a border, and 14 used for the evaluations. The irrigation, daily carried out, was implemented with the use of a semi-automated motorized bar that dislocated longitudinally along the greenhouse in both directions. The desired water amount was set in accordance to the bar displacement speed that was established by means of a frequency inverter, responsible for this control. To monitor the microclimate, one psicrometer was installed inside each parcel and, from time to time, global solar radiation, photosynthetically active radiation, and net radiation (SR) measures were taken, establishing, this way, relations of global transmissivity (TRG) and photosynthetically active transmissivity (TRFA). The physiological variables used to evaluate the development of the seedlings were leaf area, seedlings height, and stalk diameter. Analyses on the dry matter of aerial part and root system and total dry matter were carried out at the end of the experiment. The evaluation of the psicrometers data showed that the temperature of air gently varied in the parcels, as well as the air relative humidity. Relating to TRG and to TRFA, it was verified that screens with less attenuation of the solar radiation presented higher transmissivity in general, as expected. For the variable net radiation, the presence of environment interference made most data impracticable, verifying a partial trend of higher SR in the screens 40% and 50%. The evaluation of the physiological variables showed that the leaf area did not present significant difference among the treatments. Yet, it was verified that, for seedlings height and stalk diameter, the seedlings produced under thermo-reflective screens 40% and 50% were superior to those produced under black screen 50% and thermo-reflective screen 60% and 70%. It was also verified that, for the evaluations of dry matter, the seedlings produced under thermo-reflective screens 40% and 50%, and black screen 50% comparatively accumulated more dry matter than those produced under thermo-reflective screens 60% and 70%. Thus, under the conditions where the experiment was carried out, it can be concluded that the thermo-reflective screens 40% and 50% and black screen 50% presented better results than the thermo-reflective screens 60% and 70%.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
vinicius.pdf (1.54 Mbytes)
Data de Publicação
2004-08-04
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.