• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.11.2004.tde-23112004-164608
Documento
Autor
Nome completo
Érika Fabiane Furlan
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Piracicaba, 2004
Orientador
Banca examinadora
Oetterer, Marilia (Presidente)
Cristianini, Marcelo
Porto, Ernani
Título em português
Vida útil dos mexilhões Perna perna cultivados no litoral norte de São Paulo: aferição dos parâmetros físico-químicos e microbiológicos.
Palavras-chave em português
mexilhão
salmonella
segurança alimentar
vida-de-prateleira
Resumo em português
A qualidade para consumo dos moluscos bivalves está intimamente ligada a qualidade do ambiente onde estes se encontram inseridos. Em função da atual degradação ambiental, provocada pelo crescimento populacional e conseqüente aumento na descarga de dejetos no ambiente, bem como, pela ausência de programas de monitoramento da qualidade da água destinada ao cultivo destes organismos e, ainda, pelo fato da comercialização deste pescado ser realizada de forma clandestina na região de Ubatuba, SP., fez-se necessário caracterizar, sob os aspectos físico-químicos e microbiológicos, os mexilhões Perna perna cultivados e comercializados nesta região, visando a segurança do consumidor. Foram eleitas três distintas áreas de cultivo em Ubatuba, a saber; praia do Engenho da Almada, praia da Barra Seca e costão do Cedro; onde os mexilhões foram coletados, no período de novembro de 2002 a março de 2003 e submetidos às análises de nitrogênio não protéico (NNP), bases nitrogenadas voláteis totais (BNVT), trimetilamina (TMA), pH e composição centesimal. Foram também realizadas, concomitantemente, as contagens microbiológicas da carne e da respectiva água de cultivo quanto aos coliformes totais e fecais, Staphylococcus aureus e Salmonella sp. As amostras apresentaram qualidade satisfatória e condizente com os padrões da legislação vigente para pescado, em todos os quesitos analisados, durante a maior parte do período de estudo, excetuando-se no mês de fevereiro, quando o valor de TMA encontrado (6,9mg N/100g) superou o padrão de 4mg N/ 100g. Os mexilhões provenientes da Barra Seca, no mês de março, se apresentaram inadequados para o consumo humano direto, devido ao resultado positivo para Salmonella sp. As maiores contagens para coliformes totais ocorreram em mexilhões provenientes de áreas de cultivo densamente povoadas e que recebiam efluentes não tratados (Barra Seca), excetuando-se no mês de novembro, quando os mexilhões do costão apresentaram maior população destes microorganismos (1,3x103 NMP/ g). As contagens microbianas da carne do mexilhão sempre superaram a contagem da respectiva água de cultivo e, a contagem da água extrapolada pelo cultivo da Barra Seca (5,7x101 NMP/ mL), no mês de março, coincidiu com a detecção da Salmonella sp. neste lote.
Título em inglês
The mussels Perna perna shelf-life cultivated in the são paulo state north coast: gauging of the physicochemistry and microbiological parameters.
Palavras-chave em inglês
food pafety
mussel
salmonella
shelf-life
Resumo em inglês
The quality for consumption of the bivalve mollusks is intimately linked to the environment quality, where these are inserted. In function of the current environmental degradation caused by the growth population and consequent increase in the discharge of sewage in the environment, as well as, for the absence of quality management programs of the cultivation’s waters and the Ubatuba’s city, SP., clandestine marketing fish. For the consumer's safety was necessary to characterize, in the physicochemistry and microbiological aspects, the mussels Perna perna cultivated and marketed in this region. Three different cultivation points were chosen in Ubatuba; Engenho da Almada and Barra Seca’s beaches and Costão’s coast; where the mussels were collected for evaluation from November, 2002 to March, 2003. The analysis determined were: non-protein-nitrogen (NPN), total volatile basic nitrogen (TVBN), trimethylamine (TMA), pH and proximal composition analysis’s, microbiological counts of the meat and cultivation water for total and fecal coliforms, Staphylococcus aureus and Salmonella. During most of the study period, the samples presented satisfactory quality with the effective legislation for fish, in all the analyzed requirements, excepted on February, when the TMA value finded (6,9mg N/100g) overcome the standard 4mg N/ 100g. In March, the Barra Seca’s mussels occurs inadequate for the direct human consumption, because of the positive result to Salmonella sp. The largest total coliforms counts happened in mussels cultivated in densely populated areas and that received sewage without previous treatment (Barra Seca), except in November, when the mussels from Cedro’s coast have largest counts of these microorganisms (1,3x103 NMP/ g). The microbial counts of the meat always overcame of the respective cultivation water and, the overcome of fecal coliforms count of water from Barra Seca (5,7x101 NMP/ mL), on March coincided with the detection to Salmonella sp.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
erika.pdf (1.25 Mbytes)
Data de Publicação
2004-11-26
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.