• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.11.2004.tde-23112004-161323
Documento
Autor
Nome completo
Rozane Aparecida Toso Bleil
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Piracicaba, 2004
Orientador
Banca examinadora
Silva, Marina Vieira da (Presidente)
Salay, Elisabete
Tabai, Katia Cilene
Título em português
Disponibilidade de energia e nutrientes nos domicilios de famílias das regiões metropolitanas de Curitiba e Porto Alegre.
Palavras-chave em português
consumo alimentar
macronutrientes
micronutrientes
segurança alimentar
Resumo em português
O consumo de alimentos é influenciado, entre outros fatores, pelo processo de urbanização, as políticas agrícolas, a disponibilidade de alimentos, a distribuição de renda, o processamento inadequado, tradições culturais e a propaganda. Em decorrência de desequilíbrios nos elos existentes entre essas variáveis, podem ser observadas, freqüentemente, conseqüências negativas à saúde da população, tais como a desnutrição, obesidade e doenças crônicas. O presente trabalho foi realizado, tendo por base os dados da Pesquisa de Orçamentos Familiares (POF-1995/1996), relativos à amostra da população residente nas regiões metropolitanas de Curitiba e Porto Alegre, pertencentes à Região Sul do Brasil. Os objetivos foram analisar, no âmbito dos domicílios, a disponibilidade de energia e a participação dos macronutrientes no Valor Energético Total - VET; analisar a oferta de proteínas quanto à sua origem (animal ou vegetal); analisar a disponibilidade de fibras, colesterol, vitaminas e minerais nos domicílios da referida população; analisar a disponibilidade de alimentos quanto a sua origem (industrializados e in natura) e também a participação dos grupos alimentares no VET diário das famílias. Para os cálculos nutricionais foi utilizado o software Virtual Nutri (Phillippi, 1996). Adotou-se como parâmetro, as recomendações de energia, macro e micronutrientes, os valores preconizados pela National Academy of Sciences (2003). Os resultados mostram que a disponibilidade de energia e macronutrientes para estes grupos populacionais pode ser considerada adequada. Por outro lado, a participação da proteína de origem animal revelase elevada para a totalidade das famílias. Em relação ao colesterol os resultados apresentam-se abaixo dos valores preconizados. Ressalva-se que a presente pesquisa não avaliou o consumo de alimentos fora do domicílio. Considerando a disponibilidade de fibras para as famílias da amostra, infere-se que a mesma é insuficiente. Em relação aos micronutrientes, observa-se uma baixa disponibilidade, dos seguintes nutrientes: ácido fólico, niacina, vitamina B12, cálcio, ferro, zinco, magnésio e selênio. Em relação aos grupos alimentares, merece destaque a maior participação do grupo das leguminosas, especialmente o feijão, no VET (disponível nos domicílios) das famílias mais pobres. Por outro lado, observa-se aumento na disponibilidade do grupo das carnes e embutidos e do leite e derivados, conforme ocorre incremento da renda, o que ressalta a influência desta na aquisição de alimentos. Não é identificada diferença expressiva na participação de hortaliças no VET, quando se considera concomitante, as famílias dos diferentes estratos de renda e as duas regiões metropolitanas. Por outro lado, a participação das frutas mostra tendência crescente, conforme aumenta a renda. Há um predomínio de produtos industrializados no VET, quando se considera a totalidade das famílias integrantes da pesquisa. A renda e os hábitos culturais parecem exercer influência decisiva nos hábitos alimentares da população observada. Face ao exposto é fundamental que se busquem estratégias, que adotadas em curto espaço de tempo, contribuam de forma decisiva para a melhoria dos hábitos e o padrão de consumo alimentar da referida população.
Título em inglês
Energy and nutrients availability in dwelling families from Curitiba and Porto Alegre metropolitan areas.
Palavras-chave em inglês
food consumption
food security
macronutrients
micronutrients
Resumo em inglês
The food consumption is influenced, among other factors, by the process of urbanization, agricultural policies, food availability, income distribution, adequate processing, feeding habits and marketing. In the course of this interaction, negative consequences may be observed in the state of health, such as malnutrition, obesity and chronic illnesses. The present study was accomplished using the Family Budgetary Survey (FBS-1995/1996) data base, related to the metropolitan areas of Curitiba and Porto Alegre –southern Brazil. The objectives were to analyze the families accessibility to energy and the participation of macronutrients in the Total Calorie Value-TCV available in the domicile; to differentiate the protein origin (animal or vegetal); to estimate the amounts of dietary fiber, cholesterol, vitamins, and minerals at the household’s disposal in the referred population; to determine the food accessibility according to the extent of transformation (manufactured or in natura) and also, the participation of each food group at the families’ disposal, according to the daily TCV. The software Virtual Nutri (Phillippi, 1996) was used to calculate nutrient availability. Energy, macro and micronutrient recommendations by the National Academy of Sciences (2001) were adopted as parameters. The results showed that the energy and macronutrients at the disposal of these population groups may be considered adequate. On the other hand, the study revealed elevated participation of animal protein for the totality of families. Cholesterol, however, appeared to be present at amounts lower than recommended, notwithstanding the fact that this research did not take into account the food consumed outside the domicile. Considering the dietary fiber at the disposal of these families, we can infer it was insufficient. In relation to micronutrients, we observed a low availability, especially for folic acid, niacin, vitamin B12, calcium, iron, zinc, magnesium and selenium. In relation to the food groups, the participation of legumes, especially beans, on the TCV of the household of the poorest families was outstanding. On the other hand, we observed an increase in the access to meat and poultry, and milk and milk products, concordant with the rising of income, which reinforces the influence of income on food acquisition. The participation of potherbs greens did not present any meaningful difference when the income stratum and metropolitan area were considered. The participation of fruits appeared with an increasing tendency, in relation to income. There was yet the predominance of manufactured food products on the TCV for the totality of families surveyed. It may be concluded that both income and cultural habits seem to exert decisive influence on the food habits of this population. Thus, it is fundamental to search for alternatives in order to improve the habits and consumption patterns of the referred population, independent of their socioeconomical or cultural backgrounds.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
rozane.pdf (335.01 Kbytes)
Data de Publicação
2004-11-26
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.