• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.11.2004.tde-19042005-172224
Documento
Autor
Nome completo
Christiann Davis Tosta
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Piracicaba, 2004
Orientador
Banca examinadora
Horii, Jorge (Presidente)
Alcarde, André Ricardo
Angelis, Dejanira de Franceschi de
Título em português
Biotipagem de leveduras industriais através do sistema Killer.
Palavras-chave em português
biologia molecular
industria sucro-alcooleira
levedura industrial
microbiologia
reacao em cadeia por polimerase
toxinas
Resumo em português
O setor agropecuário responde atualmente por cerca de 9,2% do Produto interno bruto (PIB) brasileiro, sendo que a cana-de-açúcar ocupa cerca de 9% da área cultivada, fato que lhe confere especial relevância com relação ao desenvolvimento nacional. Os dois produtos mais importantes desta cultura são o açúcar e o álcool etílico produzido por fermentação com leveduras. Durante o processo de fermentação alcoólica, o fermento sofre inúmeras reciclagens e interferências externas advindas do caldo, do ambiente e de outras fontes, tornando-se vulnerável à contaminação por outros microrganismos e mesmo leveduras indesejáveis. Métodos de monitoramento microbiológico que possibilitem a discriminação das linhagens de forma rápida e inequívoca, além de baratos, são altamente desejáveis. A utilização de meios diferenciais e seletivos, métodos bioquímicos e análise molecular tem se mostrado eficientes, porém são demorados e dispendiosos. A reação ‘killer’ é um fenômeno descoberto há 40 anos em S. cerevisiae, e resultados satisfatórios já foram obtidos na caracterização de leveduras, considerando-se o perfil de sensibilidade ‘killer’. O padrão de sensibilidade às toxinas killer foi utilizado nesse projeto em leveduras industriais (isoladas de processo fermentativo para produção de etanol). Os dados gerados com os testes de sensibilidade às toxinas Killer geraram polimorfismos entre as linhagens, mesmo em nível intra-específico, validando a metodologia na biotipagem das leveduras. As informações obtidas subsidiam o desenvolvimento de uma metodologia de biotipagem aplicável para o monitoramento microbiológico na indústria sucro-alcooleira, com a seleção de nove leveduras killer contra as quais as leveduras industriais apresentaram um perfil característico de sensibilidade, dependendo do grupo ao qual pertencem (S. cerevisiae ou não Saccharomyces). Finalmente, vale citar que os testes foram corroborados pelos resultados obtidos com a taxonomia clássica e pelos métodos de biologia molecular com reações de PCR (Polymerase Chain Reaction) e RAPD (Random Amplified Polimorphism DNA).
Título em inglês
Biotyping of industrial yeasts by the Killer system.
Palavras-chave em inglês
biotyping
fingerprinting
killer yeasts
PCR
RAPD-PCR
yeats
Resumo em inglês
Agriculture is an important sector in the economy of Brazil. The sugar cane occupies 9% of the cultivated area in this country. The most important products from the sugar cane industry are sugar and alcohol, the latest produced by fermentative process by yeasts. During the fermentation the yeast population changes due to the interferences coming from the sugar cane juice or other sources, turning the process susceptible to undesirable contaminations. In this way, fast, reliable and cheap methods for microbiological monitoring can be helpful. Selective culture media, biochemical tests and molecular analyses have been used but they are time-consuming or expensive. The killer phenomenon discovered initially in Saccharomyces cerevisiae have shown interesting results to yeast biotyping. The sensibility pattern to different killer toxins was used to make a “fingerprinting” and successfully separate different strains of yeasts. This method was corroborated by classical taxonomy and molecular biology results (PCR and RAPD-PCR). The results obtained gives support to development of a methodology useful on fermenting microbiologic monitoring with the selection of nine strains of killers yeasts with highly discrimination between industrial bakker yeasts and contaminants of the fermentation process.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
christiann.pdf (2.65 Mbytes)
Data de Publicação
2005-04-27
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.