• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.11.2003.tde-18022003-154322
Documento
Autor
Nome completo
Vanessa Maestro
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Piracicaba, 2002
Orientador
Banca examinadora
Silva, Marina Vieira da (Presidente)
Motta, Denise Giacomo da
Pipitone, Maria Angelica Penatti
Título em português
Padrão alimentar e estado nutricional: caracterização de escolares de município paulista.
Palavras-chave em português
análise sócio-econômica
consumo de alimentos
escola pública
estudantes
nutrição humana
qualidade de vida
saúde pública
Resumo em português
A literatura especializada tem registrado, com ênfase, que a alimentação tem função primordial para o atendimento das necessidades energéticas e nutricionais das crianças e adolescentes e, ainda, exercem papel fundamental para a prevenção de doenças na fase adulta. O consumo freqüente de dietas inadequadas, aliadas muitas vezes ao sedentarismo, podem comprometer o estado nutricional dos escolares. A conscientização das crianças e adolescentes para um estilo de vida mais saudável faz-se necessária, contribuindo para a promoção e consolidação de hábitos saudáveis. Face ao exposto, julgou-se pertinente analisar a situação da população jovem, que vive em município cuja população ocupa, predominantemente, a área rural. Para tanto, foi definida amostra (n = 508) representativa dos alunos da rede pública de ensino de Piedade, São Paulo, com vistas a conhecer o estado nutricional e alguns de seus condicionantes, o consumo alimentar e o estilo de vida dos alunos amostrados, com idade entre 6 e 18 anos. Foram analisados os indicadores antropométricos (escore Z de altura para idade – ZAI) e a distribuição do Índice de Massa Corporal – IMC. Os dados sobre o consumo alimentar e estilo de vida dos escolares foram obtidos por meio de um questionário. Também utilizando-se questionários específicos identificou-se as condições socioeconômicas das famílias. Entre os principais resultados, vale ressaltar que apenas 3% dos escolares apresentaram ZAI < –2 (indicativo de déficit de altura). Observou-se 13,4% dos escolares com IMC³ 85º P. Verificou-se forte associação entre o IMC dos escolares e o trabalho da mãe fora de casa. Entre os alimentos mais citados nas dietas dos escolares destacam-se: arroz, pão, feijão, hortaliças, leite, carne bovina, café, margarina e achocolatado em pó. Merece destaque a baixa ingestão, entre os escolares, de energia, fibras, folacina, vitamina C, vitamina A, vitamina E, cálcio, ferro e zinco. Foi observado consumo considerado elevado de proteínas, vitamina B12 e selênio. A análise da participação dos macronutrientes no valor energético total revelou que cerca de 65% dos alunos apresentaram dietas inadequadas, não tendo sido observadas diferenças expressivas quando se analisou os resultados discriminando o grupo, de acordo com o sexo. Quando se analisou os resultados, tendo por base as dietas dos alunos classificados de acordo com a idade, maior proporção (66,2%) de dietas inadequadas foi observada entre o grupo mais jovem (com idade inferior a 10 anos). Verificou-se que os escolares permanecem em média 3,3 horas diárias expostos à programação televisiva. O estado nutricional da população pode ser classificado como satisfatório, mas em relação ao consumo de alimentos, faz-se necessário a intervenção com vistas, por exemplo, à reeducação alimentar, a fim de oferecer subsídios aos escolares para a adoção de práticas alimentares benéficas à saúde.
Título em inglês
Alimentary standard and nutritional status: characterization of students from a municipal district in São Paulo state.
Palavras-chave em inglês
food consumption
human nutrition
public health
public school
quality of life
socioeconomic analysis
students
Resumo em inglês
The specialized literature has registered, with emphasis, that the feeding has primordial function in supplying children and teenagers energy and nutritional needs and, still, they have a fundamental role for the prevention of diseases in the adult phase. The frequent consumption of inadequate diets, allied to inactiveness, may put under risk students nutritional status. Children and teenagers awareness for a healthier lifestyle has become necessary, contributing to the promotion and consolidation of healthy habits. Therefore, the analysis of the situation of the young population was considered pertinent, once they live in a municipal district which population is located, predominantly, in the rural area. This way, a representative sample of students from the public teaching net of Piedade, São Paulo, was defined (n = 508), aiming to know the nutritional status and some of their restrictions, the alimentary consumption and the lifestyle of the sampled students, between 6 and 18 years old. The anthropometrical indicators were analyzed (Z-score of height-for-age – ZAI) and the distribution of the Index of Body Mass Index – BMI. The information on the alimentary consumption and the students’ lifestyle were obtained through a questionnaire. Also through specific questionnaires the socioeconomic conditions of the families were identified. Among the main results, it is worth to emphasize that only 3% of the students presented ZAI < –2 (indicative of height deficit). It was observed that 13,4% of the students with IMC ³ 85 o P. A strong association was verified between the students' BMI and the fact of having the mother' working out of home. Among the most mentioned foods in the students' diets we can stand out: rice, bread, bean, vegetables, milk, bovine meat, coffee, margarine and powdered chocolate. We have to highlight and turn attention to the low ingestion, among the students, of energy, fibers, folacin, vitamin C, vitamin A, vitamin E, calcium, iron and zinc. A high consumption of proteins, vitamin B12 and selenium was observed. The analysis of the participation of the macronutrients in the total energy value revealed that about 65% of the students presented inadequate diets, not having been observed expressive differences when analyzed the results discriminating the group, concerning gender. When the results were analyzed, based on students' diets classified concerning age, a larger proportion (66,2%) of inadequate diets was observed among the youngest group (10 years old or less). It was verified that the students spend an average of 3,3 hours daily in front of television. The nutritional status of the population can be classified as satisfactory, but concerning the consumption of foods, it is necessary an intervention aiming, for instance, an alimentary reeducation, in order to offer subsidies to the students to adopt beneficial alimentary practices to the health.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
vanessa.pdf (432.96 Kbytes)
Data de Publicação
2003-02-28
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.