• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.11.2003.tde-12022003-165547
Documento
Autor
Nome completo
Renata Galhardo Borguini
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Piracicaba, 2002
Orientador
Banca examinadora
Silva, Marina Vieira da (Presidente)
Salay, Elisabete
Spoto, Marta Helena Fillet
Título em português
Tomate (Lycopersicum esculentum Mill) orgânico: o conteúdo nutricional e a opinião do consumidor.
Palavras-chave em português
alimento orgânico
consumidor
consumo de alimentos
mercado agrícola
segurança alimentar
tomate
valor nutritivo
Resumo em português
A pesquisa visa descrever o conteúdo nutricional e as características sensoriais do tomate orgânico em comparação ao convencional, bem como conhecer o perfil, a opinião e as atitudes dos consumidores com relação aos alimentos orgânicos. Foram analisadas as características físico-químicas e sensoriais dos tomates dos cultivares Carmem e Débora produzidos por meio do cultivo orgânico e convencional. As amostras de tomate foram avaliadas fisicamente, considerando-se a textura e cor, e quimicamente o pH, sólidos solúveis totais, acidez total titulável, ácido ascórbico, teores de licopeno, b-caroteno e de minerais. As amostras de tomate foram também avaliadas sensorialmente quanto ao aroma, sabor, cor e aspecto geral. Visando preencher a lacuna de informações sobre o comportamento do consumidor, no tocante aos alimentos orgânicos, realizou-se uma pesquisa envolvendo amostra, contendo indivíduos pertencentes à comunidade universitária, entre outros. Os resultados revelaram que os frutos do cultivar Débora convencional apresentaram tonalidade maior da cor vermelha, quando comparados aos frutos Débora orgânico, enquanto o tomate Carmem orgânico apresentou tonalidade maior de vermelho do que o Carmem convencional. Analisando- se os valores, de acordo com o método de cultivo, pode-se observar quanto à textura, que os resultados foram, praticamente iguais entre o lote orgânico (8,85) e convencional (8,47) do cultivar Carmem. Para o cultivar Débora foram observados valores de 10,28 e 9,38 para o cultivo orgânico e convencional, respectivamente. Verificou-se que o tomate Carmem produzido organicamente apresentou um teor de vitamina C mais elevado quando comparado com o obtido pela produção convencional. Para o cultivar Débora foi identificado um teor de vitamina C, mais elevado, nas amostras de frutos produzidos convencionalmente. Os teores de licopeno identificados nas amostras do cultivar Carmem foram de 2,9 e 2,5 mg/100g nos frutos produzidos pelo cultivo orgânico e convencional, respectivamente. Observou-se uma discreta diferença entre os teores de licopeno obtidos nos frutos do cultivar Débora cultivados organicamente (3,5 mg/100g) e convencionalmente (3,7 mg/100g). Com relação aos teores dos minerais, destaca-se o enxofre que se revelou superior para os frutos produzidos organicamente e o cobre que apresentou conteúdo muito elevado nos frutos produzidos convencionalmente (0,33mg e 0,26mg), quando comparado com os valores obtidos nos frutos cultivados organicamente (0,07mg e 0,05mg). Por meio da análise sensorial dos frutos, constatou-se que apenas para os atributos de sabor e aspecto geral houve diferença significativa ao nível de 5%, entre os tratamentos. Considerando a opinião do consumidor, preocupações com a saúde foram as principais motivações para a compra de alimentos orgânicos. O fato de serem identificados como livres de pesticidas foi considerada, pelos consumidores, como uma característica importante. Com relação às restrições, registradas pelos consumidores, ao consumo de alimentos orgânicos, merece destaque as citações relativas aos preços elevados e a disponibilidade limitada.
Título em inglês
Organic tomato (Lycopersicum esculentum Mill): nutrient content and consumer's opinion.
Palavras-chave em inglês
agricultural market
consumer
food consuption
food safety
nutricional value
organic food
tomato
Resumo em inglês
This survey seeks to describe the nutritional content and the sensorial characteristics of organic tomato in comparison to the conventional tomato, and assesses the current consumer's opinion on organic foods. The physical, chemical and sensorial characteristics of the tomatoes Carmem and Débora cultivate produced through the organic and conventional cultivation were determined. Samples of tomatoes underwent physical analyses of texture and color, and chemical analyses of pH, total soluble solids, titratable acidity, ascorbic acid, licopene, b-carotene and minerals. Samples also were sensorally evaluated for aroma, flavor, color and general aspect. With the purpose of filling gap of information on consumer behavior about organic foods, a survey was conduced among individual that included members of the university community. The results showed that Débora cultivate conventionally grown exhibited larger tonality of red than Débora organically grown, while the Carmem organic tomato presented larger tonality of red than Carmem conventional. With the analysis of the texture values in agreement with the cultivation method, it can be observed that the texture presented very similar values between the organic lot (8,85) and conventional lot (8,47) of Carmem cultivate. Débora cultivate exhibited values of 10,28 and 9,38, these values were observed for the organic and conventional cultivation, respectively. It was verified that the tomato Carmem organically grown presented a higher content of vitamin C in comparison to the conventional production. Débora cultivate exhibited greater content of vitamin C in the samples of conventionally produced tomatoes. The licopene content exhibit for Carmem cultivate were of 2,9 and 2,5 mg/100g in tomatoes produced by the organic and conventional cultivation, respectively. A small difference was observed between the licopene content presented in Débora organically (3,5 mg/100g) and conventionally (3,7 mg/100g) produced tomato. In relation to the mineral contents, the sulfur turned out to be superior in organically produced tomatoes and the copper turned out to be higher for the conventionally produced fruits (0,33mg and 0,26mg) in comparison to the values obtained in organically grown tomatoes (0,07mg and 0,05mg). Through the sensorial analysis of the fruits, it was verified that just for the flavor and general aspect had significant difference at the level of 5%, among the treatments. Considering the consumer's opinion, concerns about the health were the main reason for purchasing for organic foods, and the fact of they be considered free from pesticides an important characteristic of those products. In relation to the restrictions to the consumption of organic foods, the most important factors are the high prices and the limited availability.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
renata.pdf (272.55 Kbytes)
Data de Publicação
2003-02-28
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.