• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.11.2009.tde-10092009-085724
Documento
Autor
Nome completo
Milla Gabriela dos Santos
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Piracicaba, 2009
Orientador
Banca examinadora
Porto, Ernani (Presidente)
Rensis, Christiane Maciel Vasconcellos Barros de
Sturion, Gilma Lucazechi
Título em português
Eficiência do processo Clean in Place (CIP) na remoção de biofilmes formados por Listeria monocytogenes simulando diferentes condições encontradas em laticínios
Palavras-chave em português
Biofilmes
Contaminação de alimentos
Laticínios
Listeria.
Resumo em português
Laticínios são facilmente susceptíveis à contaminação por L. monocytogenes, que pode vir a formar biofilmes nos equipamentos e utensílios e se tornar reservatório de uma recontaminação de produtos lácteos pasteurizados. O objetivo do trabalho foi analisar a formação de biofilmes por L. monocytogenes em diferentes condições encontradas em laticínios como temperatura, tempo e presença de E. coli, assim como avaliar a eficiência do processo de limpeza utilizado, Clean in Place (CIP), frente a esses biofilmes formados. Para isso, foi utilizado um modelo experimental com cupons de aço inoxidável da mesma especificação do pasteurizador de leite. Os cupons foram imersos em um béquer contendo leite UHT integral e TSB-YE, contaminados artificialmente com uma suspensão de L. monocytogenes. Os cupons permaneceram durante um período de dez horas sob agitação constante a temperatura de 5 e 35ºC, visando a aderência das cepas na superfície, seguida de incubação em diferentes tempos (18 e 114 horas) e temperaturas (5 e 35ºC) para a formação do biofilme, seguidos do processo CIP. As populações bacterianas dos biofilmes foram avaliadas por amostragem por suabe e por microscopia eletrônica de varredura (MEV). A formação de biofilme por L. monocytogenes foi significativamente influenciada pela temperatura, sendo que a de 5°C prolongou sua sobrevivência sobre aço inoxidável, provavelmente pela formação de polímeros extracelulares, produzidos em maior número a esta temperatura. Portanto a refrigeração não deve ser usada como única forma de prevenção da contaminação dos alimentos. O substrato e a presença de E. coli não influenciaram na formação de biofilmes pela L. monocytogenes. Em todas as condições estudadas, o processo de limpeza CIP foi eficiente para remover as células de L. monocytogenes a níveis não detectados pelo método suabe ou tornando essas células inviáveis.
Título em inglês
Efficiency of the Clean in Place (CIP) process in the removal of biofilms formed by Listeria monocytogenes simulating different conditions found in dairy industries
Palavras-chave em inglês
Biofilm
Dairy industries
L. monocytogenes
SEM.
Resumo em inglês
Dairy industries are easily susceptible to contamination by L. monocytogenes, which could form biofilms in equipments and utensils and become a source of recontamination of pasteurized dairy products. The objective of this work was to analyze the formation of biofilms by L. monocytogenes at different conditions found in dairy industries such as temperature, time and presence of E. coli, as well as to evaluate the efficiency of the cleaning process used called Clean in Place (CIP) against the biofilms formed. To do so, an experimental model with stainless steel coupons of the same specification as the milk pasteurizer was used. The coupons were immersed in a glass flask containing whole UHT milk and Tryptic Soy BOH + 0.6% Yeast Extract (TSB-YE), artificially contaminated with a suspension of L. monocytogenes. The coupons remained for a period of ten hours under constant agitation at temperature of 5 and 35oC, aiming at the adherence of the strains on the surface, followed by incubation at different times (18 and 114 hours) and temperatures (5 and 35oC) for the formation of the biofilm, followed by CIP process. The bacterial populations of biofilms were evaluated by sampling through swab and scanning electron microscopy (SEM). The formation of biofilms by L. monocytogenes was significantly influenced by temperature, and temperature of 5°C prolonged their survival on stainless steel, probably due to the formation of extracellular polymers, produced in greater numbers at this temperature. Therefore, refrigeration should not be used as the only way to prevent food contamination. The substrate and the presence of E. coli did not influence the formation of biofilms by L. monocytogenes. In all conditions studied, the CIP cleaning process was efficient to remove L. monocytogenes cells at levels not detected through the swab method or making these cells unviable.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Milla_Santos.pdf (4.33 Mbytes)
Data de Publicação
2009-09-22
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.