• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.11.2004.tde-09112004-170730
Documento
Autor
Nome completo
Ricardo Borghesi
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Piracicaba, 2004
Orientador
Banca examinadora
Oetterer, Marilia (Presidente)
Castillo, Carmen Josefina Contreras
Lima, Margarida Maria Barros Ferreira
Título em português
Avaliação físico-química, nutricional e biológica das silagens ácida, biológica e enzimática elaboradas com descarte e resíduo do beneficiamento da Tilápia do Nilo (Oreochromis niloticus).
Palavras-chave em português
aminoácidos
avaliação nutricional para animal
resíduos para animais
tilápia-do-Nilo
Resumo em português
No Brasil e no mundo, a indústria relacionada à pesca gera grande quantidade de resíduo de alto valor biológico. Este material residual, devido a falta de um destino adequado, é considerado um problema sob o ponto de vista ambiental, de sanidade e de eficiência de produção. Com os objetivos de minimizar os problemas ambientais e melhorar a eficiência de produção da indústria do pescado, procedeu-se a elaboração e a caracterização físico-química e nutricional da silagem ácida (SA), silagem biológica (SB) e silagem enzimática (SE), utilizando como matéria-prima os descartes da piscicultura e o resíduo do beneficiamento da tilápia do Nilo (Oreochromis niloticus) (Experimento 1). As silagens SA, SB e SE apresentaram os valores (base na matéria seca) de: 25,21; 34,58 e 25,01 g/100g para a matéria seca, 54,25; 33,00 e 54,50 g/100g para a proteína bruta, 12,45; 12,25 e 12,17 g/100g para lipídios, 8,03; 7,33 e 8,58 g/100g para o cálcio e 4,71; 2,86 e 4,85 g/100g para o fósforo, respectivamente. Entre os aminoácidos essenciais (AAE), a leucina (3,50; 2,41 e 3,31 g/100g para SA, SB e SE, respectivamente) e a lisina (3,33; 2,41 e 3,22 g/100g para SA, SB e SE, respectivamente) apresentaram-se em maior concentração. Com base no escore químico, todas as silagens apresentaram deficiência em triptofano, quando comparadas às exigências em AAE para a tilápia do Nilo, de acordo com o NRC (1993). Contudo, considerando-se como aminoácidos limitantes apenas os que estiverem 30% abaixo das exigências mínimas para peixes, em geral, esses produtos não são deficientes em nenhum AAE. Em um segundo experimento, avaliou-se biologicamente as silagens elaboradas no experimento 1, através da determinação do coeficiente de digestibilidade aparente (CDA) da energia, nutrientes e aminoácidos. Foram encontrados valores de CDA de: 92,01; 89,09 e 93,66% para proteína bruta, 86,39; 84,53 e 89,09% para energia bruta, 82,52; 78,98 e 82,96% para matéria seca, 81,72; 73,99 e 80,27% para cálcio e 77,86; 79,21 e 81,46% para o fósforo na SA, SB e SE, respectivamente. O CDA médio dos aminoácidos foi de: 91,83; 90,76 e 94,61% para SA, SB e SE, respectivamente. Os resultados obtidos para SA e SE foram, de maneira geral próximos e melhores que os obtidos para SB. Recomenda-se, com base nos resultados desta pesquisa, o uso da SA pela facilidade na sua elaboração.
Título em inglês
Physical-chemical, nutritional and biological evaluation of acid, biological and enzymatic silage made from trash fish and fish waste from the processing of Nile tilapia (Oreochromis niloticus).
Palavras-chave em inglês
amino acids
Nile tilapia
nutricional evaluation for animal
wastes for animals
Resumo em inglês
In Brazil and around the world, the fish-related industry produces a great amount of waster of high biological value. Due to the lack an adequate use, this residual material is considered a problem from the sanitary, environmental and production efficiency perspectives. With the objective of minimizing environmental problems and increasing fish production efficiency, the elaboration and the physical-chemical and nutritional characterization of the acid silage (AS), biological silage (BS) and enzymatic silage (ES) was performed with the use of trash fish and Nile tilapia (Oreochromis niloticus) processing waste (Experiment 1). The AS, BS, and ES values (dry matter basis) found were, respectively, 25.21; 34.58 and 25.01 g.100g-1 of dry matter, 54.25; 33.00 and 54.50 g.100g-1 of crude protein, 12.45; 12.25 and 12.17 g.100g-1 of lipids; 8.03, 7.33 and 8.58 g.100g-1 of calcium and 4.71; 2.86 and 4.85 g.100g-1 of phosphor. In general, leucin (3.50; 2.41 and 3.31 g.100g-1 to AS, BS and ES, respectively) and lysine (3.33; 2.41 and 3.22 g.100g-1 to AS, BS and ES, respectively) were the essential amino acids (EAA) with the highest concentrations. According to their chemical score, all silages were tryptophan-deficient when compared to the EAA requirements for Nile tilapia according to the NRC (1993). However, considering that amino acids are only a limitation when less than 30% of the minimal requirements for fish in general, these products are not deficient in any EAA. In a second experiment, the silage produced in Experiment 1 was biologically evaluated by the determination of the apparent digestibility coefficient (ADC) for energy, nutrients and amino acids. The ADC values found were: crude protein, 92.01; 89.09 and 93.66%; crude energy, 86.39; 84.53 and 89.09%; dry matter, 82.52; 78.98 and 82.96%; calcium, 81.72; 73.99 and 80.27%; phosphor, 77.86; 79.21 and 81.46% of AS, BS and ES, respectively. The average amino acids ADC was 91.83; 90.76 and 94.61% of AS, BS and ES, respectively. Based on the results of the experiments, we may conclude that all prepared silages are potentially viable for the use in balanced fish diets. It is recommended, the use of AS for the easiness in its elaboration.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
ricardo.pdf (796.44 Kbytes)
Data de Publicação
2004-11-12
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.