• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.11.2005.tde-08062005-155015
Documento
Autor
Nome completo
João de Deus Gomes dos Santos Junior
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Piracicaba, 2005
Orientador
Banca examinadora
Monteiro, Francisco Antonio (Presidente)
Dechen, Antonio Roque
Macedo, Manuel Claudio Motta
Silva, Sila Carneiro da
Werner, Joaquim Carlos
Título em português
Fertilidade do solo no acúmulo de forragem e nutrição do capim-tanzânia sob pastejo na região dos cerrados.
Palavras-chave em português
campim-tanzânia
fertilidade do solo
fertilizantes NPK
forragem
nutrição mineral
produção vegetal
propriedades físico-químicas
Resumo em português
O número de sistemas intensivos de produção de bovinos a pasto no Brasil tem crescido nos anos mais recentes em razão do esmero do setor pecuário em se aprimorar como uma atividade economicamente viável e capaz de competir no mercado externo. Dentre os fatores de intensificação da produção de carne a pasto destaca-se o papel primordial do manejo da fertilidade do solo, desde que acompanhada de eficiente utilização da forragem produzida e posterior conversão em produto animal. Um experimento foi conduzido na Embrapa Gado de Corte, localizada em Campo Grande-MS, com o objetivo de avaliar o efeito de quatro condições de fertilidade do solo na produção de forragem, concentração e acúmulo de macronutrientes em capim-Tanzânia (Panicum maximum cv. Tanzânia) ao longo de ciclos de pastejo no verão e outono. O delineamento experimental foi o de blocos completos ao acaso, em parcelas subdivididas, com três repetições. Os tratamentos consistiram da combinação entre duas doses de calcário, fósforo e potássio (CPK1 e CPK2) e duas doses de nitrogênio (N1 e N2), assim dispostas: a) CPK1: aplicação de fósforo de 30 kg ha-1 ano-1 e de potássio de 50 kg ha-1ano-1, associado à calagem para elevar a porcentagem de saturação por bases a 50%; b) CPK2: aplicação de fósforo e potássio de 60 e 100 kg ha-1 ano-1, respectivamente, associado à calagem para elevar a porcentagem de saturação por bases a 70%; c) N1: dose de nitrogênio de 150 kg ha-1 ano-1; d) N2: dose de nitrogênio de 300 kg ha-1 ano-1. Amostragens foram realizadas nos tempos de rebrotação de 0, 12, 19, 26, 34 e 40 dias, no ciclo de pastejo de verão, e aos 0, 10, 18, 25 e 31 dias, no ciclo de outono. Em cada tempo de rebrotação foram descritos a altura e o índice de área foliar do dossel (IAF), como atributos que caracterizam a pastagem do ponto de vista de sua estrutura. Ao final do período de crescimento do verão (aos 40 dias) foram obtidas produções de lâminas foliares de 4616 e 3292 kg ha-1 nas doses de nitrogênio N2 e N1, respectivamente. Tornou-se evidente o aumento da proporção de folhas em relação à de colmos+bainhas pelas doses de nitrogênio, bem como o expressivo efeito das doses de calcário, fósforo e potássio na produção de colmos+bainhas, indicando a necessidade de mais estudos do efeito de nutrientes na plasticidade morfológica do capim-Tanzânia. Quanto ao acúmulo de macronutrientes pelo capim-Tanzânia foi observado expressivo efeito da massa seca de forragem, mesmo em situações onde o efeito de diluição foi acentuado como verificado para o nitrogênio, fósforo, potássio e enxofre. Em ambos os ciclos de pastejo o acúmulo de macronutrientes foi em ordem decrescente: K>N>Ca>Mg>P>S. No crescimento de verão, a taxa de acúmulo de nitrogênio da parte aérea das plantas foi devida ao acúmulo do nutriente nas lâminas foliares, sendo observados os valores de 1,3 e 2,6 kg ha-1 dia-1, nas doses de nitrogênio N1 e N2, respectivamente. As doses de nitrogênio diferiram quanto ao acúmulo de nitrogênio na parte aérea a partir dos 19 dias, o qual esteve associado à altura de 87 e 89 cm e IAF de 2,2 e 3,2 nas doses de nitrogênio N1 e N2, respectivamente. As doses de calcário, fósforo e potássio alteraram significativamente os teores de cálcio e magnésio no solo, principalmente nas camadas superficiais. Por outro lado, as doses de nitrogênio foram mais efetivas em favorecer o acúmulo de cálcio e magnésio na parte aérea do capim, os quais estiveram relacionados com o expressivo aumento da massa seca, e às variações nas concentrações desses nutrientes ao longo do período de crescimento. As condições de fertilidade do solo CPK1N1 e CPK1N2 supriram as necessidades nutricionais do capim-Tanzânia para sustentar produções significativas de lâminas foliares no ciclo de pastejo de verão. Também, atenderam as necessidades nutricionais no ciclo de outono, onde a produção vegetal foi limitada por aspectos climáticos.
Título em inglês
Soil fertility for forage accumulation and nutrition of grazed Tanzânia-grass in the cerrados region.
Palavras-chave em inglês
forage
mineral nutrition
NPK fertilizers
physical and chemical properties
plant production
soil fertility
tanzânia-grass
Resumo em inglês
The number of systems of intensive pasture use in Brazil has been increase in recent years in an attempt to improve the animal husbandry as a feasible economic activity and capable of competing in the international market. Among the factors that increase meet yield, the management of soil fertility conditions stand out by its effects in promoting forage yield, that must be accomplished with an efficient utilization and conversion into animal product. An experiment was carried out at “Embrapa Gado de Corte” located in Campo Grande-MS, with the objective of evaluating the effect of four soil fertility conditions in the forage yield, macronutrients concentrations and accumulations in Tanzania-grass (Panicum maximum cv. Tanzânia) along the summer and fall growing seasons. The experiment was a split-plot in randomized complete block design, with three replications. The treatments consisted of the combinations of two rates of limestone, phosphorus, and potassium (CPK1 and CPK2) and two rates of nitrogen (N1 and N2) as follows: a) CPK1: application of 30 kg ha-1 year-1 of phosphorus and 50 kg ha-1 year-1 of potassium associated to liming to increase the base saturation percentage to 50%; b) CPK2: application of 60 kg ha-1 year-1 of phosphorus and 100 kg ha-1 year-1 of potassium associated to liming to increase the base saturation percentage to 70%; c) N1: 150 kg ha-1 year-1 of nitrogen; d) N2: 300 kg ha-1 year-1 of nitrogen. Samplings were carried out at regrowth periods of 0, 12, 19, 26, 34, and 40 days during summer growing season, and at 0, 10, 18, 25, and 31 days during fall growing season. For each regrowth period plant height and the leaf area index (LAI) were described as attributes that characterize the pasture in its structural point of view. At the end of summer growing season (at 40 days) leaf blade yields of 4616 and 3292 kg ha-1 were obtained for N1 and N2 rates, respectively. The yield responses to nitrogen were higher for leaf blades than for stems+sheaths, while the responses to limestone, phosphorus and potassium were higher for stems+sheaths. This results indicated the need of more studies about the effect of nutrients in the morphological plasticity of Tanzânia-grass. Concerning the macronutrients accumulations in Tanzânia-grass it was observed that the effect of the amount of forage dry matter was more significant than the dilution effect of nitrogen, phosphorus, potassium and sulfur. Concerning both growing seasons, the macronutrients accumulations were in decreasing order: K>N>Ca>Mg>P>S. In the summer growing season, the aboveground nitrogen accumulation rate was almost exclusively due to the accumulation of the nutrient in the leaf blades, with values of 1.3 and 2.6 kg ha-1 day-1 observed for leaf blade at nitrogen rates N1 and N2, respectively. Responses to nitrogen rates were different regarding the accumulation of aboveground nitrogen after 19 days, which was associated to height of 87 cm and 89 cm, and LAI of 2.2 and 3.2 for rates of nitrogen N1 and N2, respectively. The rates of limestone, phosphorus, and potassium significantly changed the exchangeable of calcium and magnesium concentrations in the soil, particularly in the top layers. On the other hand, rates of nitrogen were more effective in promoting the accumulation of calcium and magnesium in the plant and the variation in concentrations of these nutrients along the growing season, which were related to the expressive increase in forage dry matter. Soil fertilities conditions CPK1N1 and CPK1N2 support the leaf blades yields observed in the summer growing season. Likewise, these soil fertilizations supplied the nutritional needs during the fall growing season when it was observed that the forage yield was limited by climatic conditions.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
joao.pdf (2.04 Mbytes)
Data de Publicação
2005-06-15
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.