• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.11.2006.tde-06032006-143122
Documento
Autor
Nome completo
Cristiane Prezotto Silveira
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Piracicaba, 2005
Orientador
Banca examinadora
Monteiro, Francisco Antonio (Presidente)
Carmello, Quirino Augusto de Camargo
Mattos, Waldssimiler Teixeira de
Título em português
Produção e nutrição mineral do capim-Tanzânia com variável disponibilidade de nitrogênio e cálcio
Palavras-chave em português
cálcio – deficiência
capim-Tanzânia
diagnose foliar
gramínea forrageira
macronutriente
raiz
solução nutritiva
Resumo em português
O capim-Tanzânia pode ter maior ou menor dependência do cálcio, quando há variação na disponibilidade de nitrogênio no substrato. O objetivo foi avaliar as informações relativas às alterações fisiológicas, nutricionais e produtivas desse capim, quando suprido com combinações de doses de nitrogênio e de cálcio, e verificar a ocorrência de carência de cálcio nesse capim em relação ao fornecimento desse nutriente na solução nutritiva, em presença de elevado suprimento de nitrogênio. O capim-Tanzânia foi cultivado em solução nutritiva, utilizando sílica como substrato, em experimentos em casa-de-vegetação, no período de setembro de 2004 a janeiro de 2005, em Piracicaba-SP. Dois experimentos foram realizados com delineamento estatístico de blocos ao acaso e quatro repetições. Na ocasião de cada corte a parte aérea foi separada em folhas emergentes (FE), lâminas de folhas recém-expandidas (LR), lâminas de folhas maduras (LM) e colmos mais bainhas (CB) e após o corte final da parte aérea, realizou-se a avaliação do sistema radicular. No primeiro experimento, utilizou-se o esquema fatorial 52 fracionado, com combinações de cinco doses de nitrogênio (2; 9; 16; 23 e 30 mmol L-1) e de cinco doses de cálcio (0,50; 1,75; 3,00; 4,25 e 5,50 mmol L-1) na solução nutritiva. Foram realizados três cortes nas plantas, sendo o primeiro aos 39 dias após o transplantio, o segundo aos 30 dias após o primeiro e o terceiro aos 28 dias após o segundo corte. No segundo experimento foi realizado apenas um corte nas plantas, aos 33 dias após o transplantio e as doses de cálcio na solução nutritiva foram: 0,00; 0,25; 0,50; 2,50 e 5,00 mmol L-1. A combinação entre doses de nitrogênio e de cálcio foi determinante para área foliar e valor SPAD no terceiro crescimento, para a produção de massa seca da parte aérea e de raízes e concentração de cálcio nas LR no segundo e terceiro cortes, e para a concentração de enxofre nas LR em todos os crescimentos e a de nitrogênio nas raízes do capim. O número de perfilhos e de folhas, o comprimento e a superfície radicular, as concentrações de nitrogênio, fósforo e potássio nas LR dependeram apenas do suprimento de nitrogênio. As doses de cálcio exclusivas foram determinantes para a concentração de cálcio em cada componente da parte aérea, na parte aérea total e nas raízes. A concentração de magnésio nas LR do capim decresceu tanto com o incremento no suprimento de nitrogênio como no de cálcio isoladamente. O cálcio participou em 9 a 36%, o magnésio com 17 a 28% e o potássio com 47 a 63% da carga positiva na parte aérea. A utilização de dose de cálcio correspondente a 40% daquela empregada na solução de Sarruge não restringiu parâmetros produtivos, fisiológicos e nutricionais desse capim, mesmo em presença de elevado fornecimento de nitrogênio. Sintomas de deficiência de cálcio nesse capim somente foram observados com baixíssimo suprimento ou ausência de cálcio, em condição de alta disponibilidade de nitrogênio no substrato.
Título em inglês
Tanzânia grass production and mineral nutrition related to the availability of nitrogen and calcium
Palavras-chave em inglês
calcium - deficiency
forage grass
leaves diagnosis
macronutrients
nutrient solution
roots
Tanzânia grass
title
Resumo em inglês
Tanzânia grass may depend on calcium availability as nitrogen is changed in the substrate. The objective was to evaluate the changes in physiological, nutritional and productive parameters of this grass, when combined rates of nitrogen and calcium were supplied, and search for calcium deficiency related to the supply of this nutrient in the nutrient solution having high nitrogen rate. Tanzânia grass was grown in nutrient solution with ground quartz as substrate, in greenhouse experiments from September 2004 to January 2005 at Piracicaba, State of São Paulo, Brazil. Two experiments were carried out in Randomized Blocks design, with four replications. At each plant harvest, plant tops were separated in emergent leaves (EL), recently-expanded leaf lamina (RL), mature leaf lamina (ML) e culms plus sheaths (CS), and following the final harvest the root system was evaluated. In the first experiment, a fractionated 52 factorial was used, with combinations of five nitrogen rates (2; 9; 16; 23 e 30 mmol L-1) and five calcium rates (0.50; 1.75; 3.00; 4.25 e 5.50 mmol L-1). Three harvests were performed, the first one 39 days after seedlings transplanting, the second 30 days after the first and the third one 28 days after the second harvest. In the second experiment only one harvest was done at 33 days after seedlings transplanting and the calcium rates were: 0; 0.25; 0.50; 2.50 and 5.00 mmol L-1. Combination of nitrogen and calcium rates was necessary for Tanzânia grass leaf area and SPAD value at the third growth, for the plant tops and roots yield, and calcium concentration in the RL at the second and third growths, for the sulfur concentration in RL in all three grass growth periods, and nitrogen concentration in the roots. The number of tillers and leaves, roots length and surface, concentrations of nitrogen, phosphorus and potassium in the RL depended only on nitrogen rates. Calcium rates affected calcium concentration in each component of plant tops, in total plant tops and in the roots. Magnesium concentration in the RL decreased with both nitrogen and calcium rates. Calcium ranged from 9 to 36%, magnesium from 17 to 28% and potassium from 47 to 63% of the positive charge in plant tops. The use of calcium rate in the nutrient solution equal to 40% of that recommended by Sarruge did not reduce physiological, nutritional and productive parameters of this grass, even with the supply of high nitrogen rate. Calcium deficiency symptoms in this grass were only observed with very low or no supply of this nutrient in the growth medium having high nitrogen availability.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
CristianeSilveira.pdf (558.39 Kbytes)
Data de Publicação
2006-03-23
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.