• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.11.2014.tde-06012015-133141
Documento
Autor
Nome completo
Eduardo Zavaschi
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Piracicaba, 2014
Orientador
Banca examinadora
Vitti, Godofredo Cesar (Presidente)
Coutinho, Edson Luiz Mendes
Muraoka, Takashi
Pavinato, Paulo Sergio
Vitti, André Cesar
Título em português
Avaliação de superfosfato orgânico-complexado
Palavras-chave em português
Adsorção de fósforo
Cana-de-açúcar
Fósforo
Fracionamento de fósforo
Superfosfato simples
Resumo em português
Nos solos tropicais intemperizados há elevada adsorção de fósforo, tornando o nutriente pouco disponível. A principal estratégia para aumento dos teores de fósforo no solo é a adubação fosfatada, porém cerca de 80% do total do nutriente aplicado no solo torna-se indisponível. A adição de matéria orgânica tem importância na diminuição da adsorção de fósforo devido a formação de substâncias húmicas, que bloqueiam os sítios adsorção além de atuar sobre os sais insolúveis de fósforo. Entretanto, para estes efeitos benéficos há a necessidade da adição de grandes quantidades de tais componentes orgânicos o que resultaria em problemas econômicos e logísticos aos produtores. Tentando solucionar este problema foram criados também os superfosfatos orgânico-complexados (SOC), os quais têm em sua composição a presença de agentes quelantes orgânicos (ácidos húmicos) complexados ao fosfato monocálcio através de pontes metálicas com cálcio, ferro ou alumínio, ou dois destes metais simultaneamente. A justificativa para a eficiência deste produto é que a formação de complexos fósforo-metal-ácidos orgânicos diminui a fixação de fósforo no solo, incrementando assim o aproveitamento do fertilizante fosfatado pelas culturas. Para verificar estes efeitos realizou-se experimento em casa de vegetação e campo, respectivamente intitulados: (i) "Frações de fósforo no solo mediante a aplicação de superfosfato orgânicocomplexado" e "(ii) Uso do superfosfato orgânico-complexado na cultura da cana-de-açúcar". O objetivo geral do trabalho foi avaliar o efeito da aplicação do SOC na adsorção de fósforo em solos com textura contrastantes submetidos ou não, a correção de acidez e na nutrição da cultura da cana-de-açúcar. No experimento em casa de vegetação verificou-se em solo arenoso e argiloso, com e sem correção de acidez, o efeito da aplicação dos fertilizantes orgânico-complexados nas frações de fósforo do solo através do fracionamento proposto por Hedley. No solo arenoso a maior parte do fósforo aplicado via fertilizante permanece nas frações inorgânicas lábeis as quais tem aumento em função da aplicação do superfosfato orgânico-complexado, além do efeito sinérgico deste com a prática da calagem. No solo argiloso a aplicação do SOC aumenta as formas de fósforo orgânico lábil no solo, além, pela interação sinérgica com a correção da acidez, de diminuir a quantidade de fósforo inorgânico quimiossorvido a ferro e alumínio. O experimento em campo avaliou os efeitos da aplicação de superfosfato orgânico-complexado (SOC) e superfosfato simples (SFS), nas doses de 0, 45, 90, 135 e 180 kg ha-1 de P2O5 em cana planta, além da reaplicação da dose 45 kg ha-1 de P2O5 na soqueira, apenas nos tratamentos que anteriormente receberam 45 e 90 kg ha-1. Em cana planta a aplicação do SFS aumenta a massa de matéria seca de colmo devido a aplicação de níveis crescentes de P2O5, enquanto o uso do SOC não apresentou nenhuma influência, além de promover menor acúmulo de fósforo nesta parte da planta. Na soqueira, a produtividade de colmos industrializáveis e o acúmulo de massa seca no colmo não tem efeito da aplicação dos fertilizantes, porém há menor acúmulo de matéria seca, nitrogênio e fósforo no ponteiro com o uso do fertilizante orgânico-complexado.
Título em inglês
Evaluation of the organic-complexed superphosphate
Palavras-chave em inglês
Organic-complexed superphosphate
Phosphorus
Phosphorus fractionation
Single superphosphate
Sugarcane
Resumo em inglês
In weathered tropical soils there is high phosphorus adsorption, turning the nutrient less available. The main strategy for increasing the levels of phosphorus in the soil is through phosphate fertilization, however 80% of the total nutrient applied to the soil becomes unavailable. The addition of organic matter is important in reducing the phosphorus adsorption due to the formation of humic substances which block the adsorption sites in addition to acting on the insoluble phosphate salts. However, for these beneficial effects there is a need of adding quite large amounts of organic compounds which would result in economical and logistic problems to the producers. Trying to solve this problem the organiccomplexed superphosphate (OCS), which have in their composition the presence of organic chelators (humic acids) complexed with monocalcium phosphate through metal bonds with calcium, iron or aluminum, or two of these metals simultaneously. The reason for the efficiency of this product is that the formation of the complex phosphorus-metal-organic acids inhibits the fixation of phosphorus in the soil, thereby increasing the use of phosphate fertilizer by crops. To verify these effects, it was performed an experiment in the greenhouse and field, respectively entitled: (i) "Phosphorus fractions in soil by application of organiccomplexed superphosphate" and "(ii) organic-complexed superphosphate in the culture of cane sugarcane ". The overall objective was to evaluate the effect of the application of OCS in phosphorus adsorption in soils with contrasting textures submitted or not to the correction of acidity and also in the nutrition of cane sugar. In the greenhouse experiment, it was verified in sandy and loamy soil, with and without correction of acidity, the effect of application of organic-complexed fertilizers on soil phosphorus fractions by fractionation proposed by Hedley. In the sandy soil most of the phosphorus applied via fertilizer remained in the labile organic fractions which increase due to the application of the organic super-complexed phosphate, in addition to the synergistic effect to the practice of lime. In clay soil the application of OCS increased the forms of labile organic phosphorus in the soil, besides its synergistic interaction with the soil acidity decreasing the amount of inorganic phosphorus chemically fixed on iron and aluminum. The field experiment evaluated the effects of organic-complexed superphosphate (OCS) and simple superphosphate (SS) applications at doses of 0, 45, 90, 135 and 180 kg ha-1 of P2O5 in plant cane, but the reapplication of the 45 kg ha-1 of P2O5 dose on ratoon was only in treatments that previously received 45 and 90 kg ha-1. In plant cane the application of SFS increased stalk dry matter due to the application of crescent levels of P2O5, while the use of OCS had no influence, in addition to promoting lower phosphorus accumulation in this part of the plant. In the ratoon, the productivity of industrialized stalks and dry matter accumulation in the stem had no effect through fertilizer application, but there were lower accumulation of dry matter, nitrogen and phosphorus matter in the growing point with the use of organic-complexed fertilizer.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2015-01-12
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.