• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.11.2007.tde-26092007-101327
Documento
Autor
Nome completo
Marcos Livio Panhoza Tse
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Piracicaba, 2007
Orientador
Banca examinadora
Miyada, Valdomiro Shigueru (Presidente)
Menten, José Fernando Machado
Packer, Irineu Umberto
Pauletti, Patricia
Thomaz, Maria Cristina
Título em português
Proteína láctea e zinco suplementar em dietas de leitões recém-desmamados
Palavras-chave em português
Desmama precoce
Dieta animal
Leitões – Desempenho
Nutrição animal
Proteínas do leite
Suplementos alimentares para animais
Zinco
Resumo em português
Foram utilizados 120 leitões (60 em cada experimento) da genética Dalland, desmamados aos 21 dias de idade e pesos médios iniciais de 5,43 kg ± 0,46 (Exp. 1) e 5,81 kg ± 0,54 (Exp. 2) com o objetivo de avaliar a presença de proteína láctea ou zinco suplementar (Znaminoácidos) sobre o desempenho, concentrações sanguíneas de IGF-I, GH, zinco, morfologia intestinal e peso relativo do fígado e intestino delgado dos leitões. O delineamento experimental foi o de blocos casualisados, com 14 dias (Exp.1) e 28 dias (Exp.2) de duração em um fatorial 2 x 2 (proteína láctea e zinco suplementar): T1 = Dieta basal constituída de milho e farelo de soja (DB), com proteína láctea (PL) e com Zn suplementar (2000 ppm de zinco - ZnO + 250 ppm de zinco ? Znaminoácidos); T2 = DB com PL e sem zinco suplementar; T3 = DB sem PL e com zinco suplementar; T4 = DB sem PL e sem zinco suplementar. No Exp.1, o zinco suplementar, proporcionou melhor conversão alimentar (CA) para a fase de 1 a 7 dias (P<0,04) e para a fase de 1 a 14 dias, proporcionou maior peso aos 14 dias (P14) (P<0,06) e maior ganho de peso diário (GPD) (P<0,05). A PL, proporcionou aos animais, menor CA para as fases de 1 a 7 dias (P<0,001) e de 1 a 14 dias (P<0,02), respectivamente. Para os dados sanguíneos, ao 14º dia de experimento, o zinco proporcionou menor concentração de IGF-1 (P<0,007), enquanto que a PL proporcionou maior concentração desta variável (P<0,001). Para os dados de morfologia intestinal, a PL proporcionou menor profundidade de cripta (PC) no jejuno ao 7º dia de experimento (P<0,07) e maior altura de vilosidade (AV) no duodeno ao 14º dia de experimento (P<0,04). Houve interação dos fatores PL e zinco suplementar para relação AV:PC do jejuno ao 7º dia de experimento (P<0,009) e que também foi maior nos animais recebendo PL (P<0,004) e zinco suplementar (P<0,02). O peso relativo do fígado ao 14º dia de experimento, foi menor para os animais recebendo zinco suplementar (P<0,02). Com relação ao Exp. 2, para a fase de 1 a 14 dias, os animais recebendo PL tiveram menor CDR (P<0,01), enquanto que o zinco suplementar proporcionou maior P14 (P<0,07) e menor CDR (P<0,01). No período de 14 a 28 dias, houve interação entre PL e zinco suplementar para peso aos 28 dias (P28) e GDP (P<0,05). Também, o zinco suplementar proporcionou maior P28 e GDP nos animais. Para o período de 1 a 28 dias, houve interação entre PL e zinco suplementar (P<0,07) para P28, GPD e CA, e que o zinco suplementar proporcionou maior P28 (P<0,007) e maior GPD (P<0,007). A PL para esta fase proporcionou menor CA (P<0,01).
Título em inglês
Milk protein and supplemental zinc in weaned pigs diets
Palavras-chave em inglês
Animal diet
Animal nutrition
Early weanling
Feed supplements for animals
Milk proteins
Piglets – Performance
Zinc
Resumo em inglês
A hundred and twenty Dalland pigs (60 in each experiment), weaned at 21 days of age and with 5,43 kg ± 0,46 (Exp. 1) e 5,81 kg ± 0,54 (Exp. 2) of average live weight were used to evaluate the presence of milk protein or supplemental zinc on performance, IGF-I, GH and zinc plasma concentrations, intestinal morphology and relative weight of liver and small intestine. A 14-d (Exp.1) and 28-d (Exp.2) randomized complete block design with a 2 x 2 factorial arrangement (milk protein and supplemental zinc): T1 = basal diet with corn and soybean meal (BD) with milk protein (MP) + 2000 ppm of zinc (ZnO) + 250 ppm of zinc (Zn-amino acid); T2 = BD with MP with no supplemental zinc; T3 = BD with no MP + 2000 ppm of zinc (ZnO) + 250 ppm of zinc (Zn- amino acid); T4 = BD with no MP and no supplemental zinc. In Exp.1, pigs fed with supplemental zinc had lower feed conversion (FC) for 1-7d period (P<.04) and for 1-14d period showed higher body weight at 28 days (BW28) (P<.06) and average daily gain (ADG) (P<.05). The MP improved FC for 1-7d (P<.001) and 1-14d period (P<.02), respectively. For plasma concentrations, supplemental zinc decreased IGF-I concentrations (P<.007) while there was an increase IGF-I concentration for MP at 14-d. For morphology data, MP provided shorter crypts depth (CD) on jejune at 7-d (P<.07) and higher villus height (VH) on duodenum at 14-d (P<.04). There was interaction between zinc and MP for VH:CD relation on jejune at 7-d (P<.009) and also this relation was bigger for animals fed with MP (P<.004) and supplemental zinc (P<.02). The relative weight of liver at 14-d was smaller for animal fed with supplemental zinc (P<.02). In Exp.2, for 1-14d period, the animals fed with MP decreased average daily feed intake (ADFI) (P<.01), while the supplemental zinc increased BW14 (P<.07) e decreased ADFI (P<.01). For 14-28d period, there was interaction between MP and supplemental zinc for BW28 e ADG (P<.05). Also, the animals fed supplemental zinc had higher BW28 e ADG. For the whole period (1-28d), there was interaction between MP and supplemental zinc (P<.07) for BW28, ADG e FC and considering isolated factors, supplemental zinc provided higher BW28 (P<.007) e higher ADG (P<.007) and MP for this period provided better FC (P<.01).
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
MarcosTse.pdf (379.87 Kbytes)
Data de Publicação
2007-10-10
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.