• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.11.2002.tde-19122002-163719
Documento
Autor
Nome completo
Rodrigo Michelini Coelho
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Piracicaba, 2002
Orientador
Banca examinadora
Nussio, Luiz Gustavo (Presidente)
Campos, Fabio Prudencio de
Costa, Ciniro
Título em português
Efeitos da concentração de matéria seca e do uso de inoculante bacteriano-enzimático, na silagem de tifton 85 (Cynodon spp.), sobre a digestão de nutrientes, parâmetros ruminais e comportamento ingestivo em novilhos de corte em crescimento.
Palavras-chave em português
aditivos alimentares para animal
cinodonte
crescimento animal
digestibilidade
ensilagem
forragem – conservação.
Resumo em português
O presente trabalho teve como objetivo avaliar o efeito do emurchecimento da forragem associado ou não ao uso do aditivo bacteriano-enzimático na ensilagem do capim Tifton 85 (Cynodon spp.). Foi realizada avaliação de perdas nos painéis das silagens experimentais, assim como da composição bromatológica e do tamanho de partículas das mesmas. Ocorreram observações periódicas de comportamento ingestivo, consistência ruminal, consumo voluntário, parâmetros de fermentação ruminal, digestibilidade dos nutrientes, taxa de passagem de sólidos e líquidos ruminais em novilhos que receberam rações contendo 80% desses volumosos na base seca. Foram utilizados sete novilhos da raça Nelore, distribuídos ao acaso em um experimento do tipo quadrado latino 7 x 7. Os tratamentos avaliados foram resultantes da combinação de 3 concentrações de matéria seca (MS) na silagem do capim Tifton 85 (25, 45 e 65%) associadas (CA) ou não (SA) ao aditivo bacteriano-enzimático. Um tratamento adicional contendo 55% MS sem aditivo também foi avaliado. O aditivo utilizado foi o produto comercial SIL–ALL®, contendo cepas de Streptococcus faecium, Lactobacillus plantarum, Pediococcus acidilactici e as enzimas hemicelulase, celulase e amilase, aplicadas na dosagem de 250 g de SIL–ALL® diluídas em 50 litros de água por tonelada de forragem, imediatamente antes da ensilagem. A técnica de emurchecimento possibilitou elevar o teor de matéria seca mas, da mesma maneira que a adição do inoculante bacteriano-enzimático, provocou alterações pouco pronunciadas na composição química da silagem. Nas silagens SA o aumento da concentração de MS foi acompanhado de elevação no teor de FDN resultando em redução do teor de carboidratos não fibrosos (CNF). A fração protéica B3 nas silagens apresentou tendência de aumento com a elevação na concentração de MS, em função da progressiva elevação da fração N insolúvel no FDN, simultaneamente à redução N insolúvel no FDA. A avaliação dos silos após abertura, indicou aumento de perdas com a elevação da concentração de MS que, entretanto, podem ter sido decorrentes de uma menor taxa de utilização dos fardos contendo silagens com menor umidade. Tanto a consistência ruminal, avaliada como o tempo de ascensão do pêndulo no interior do rúmen (1194 seg.), como os parâmetros de cinética de passagem de sólidos (3,09% hora -1 ) e de líquidos (4,37% hora -1 ) foram similares para os tratamentos avaliados. O comportamento ingestivo dos animais não foi alterado com a elevação da concentração de MS da silagem, sendo observados tempos (minutos dia -1 ) e taxas (min kg MS –1 ) de ingestão de MS (324; 47), ruminação (518; 75) e mastigação (841; 123), respectivamente. O consumo diário de MS das rações, pelos animais, foi semelhante para os tratamentos avaliados, resultando em média de 6,95 kg equivalente a 1,88% do peso corpóreo. As concentrações molares (mM) individuais e totais (140,29) dos ácidos graxos voláteis, a relação acetato:propionato (4,2:1), concentração de nitrogênio amoniacal (6,31 mg dL -1 ) e o pH (6,76), do fluido ruminal, não foram alterados pelos tratamentos estudados. As digestibilidades da matéria orgânica (71,5%), proteína bruta (69,1%), FDN (71,3%), FDA (64,9%) e hemicelulose (83,3%) não foram, em geral, fortemente influenciadas pela concentração de MS da silagem do capim Tifton 85, aditivadas ou não. No entanto, a digestibilidade da MS (71,0%) apresentou um comportamento quadrático (P<0,05), com ligeira elevação ao redor de 45% de concentração de MS, nas silagens. Diante destas observações, pode-se concluir que o emurchecimento da forragem e o uso de aditivo bacteriano-enzimático não resultaram em alterações expressivas nos parâmetros ruminais, digestivos e no comportamento ingestivo dos animais.
Título em inglês
Effects of the dry matter concentration and use of bacterial-enzymatic inoculant, in tifton 85 (Cynodon spp.) silage, on the nutrient digestion, ruminal parameters and ingestive behavior in growing beef steers.
Palavras-chave em inglês
animal growth
Cynodon spp
difestilility
ensiling
food additives for animals
forage conservation
Resumo em inglês
The present trial aimed to study the effects of forage wilting associated or not with a bacterial-enzymatic inoculant on ensiling Tifton 85 grass. Front panel of experimental silos (325 kg square wrapped bales) were daily scored for fungi development and weekly sampled for chemical composition analysis and particle chop length measurements. In a randomized 7 x 7 Latin square design, seven ruminal cannulated growing beef steers were assigned to diets (treatments) containing 80% silage. Periodically chewing behavior, feed intake, ruminal mat consistency, ruminal fermentation parameters, nutrient digestibility and ruminal rate of passage of solids and liquids phases were evaluated. Treatments combined 3 planned dry matter (DM) concentrations (25, 45 and 65%) of Tifton 85 grass silage associated (CA) or not (SA) with the bacterial-enzymatic (BE) inoculant source. An additional treatment containing wilted silage (55% DM) without (BE) was also studied. SIL-ALL®, the BE source used, was sprayed onto chopped forage just before silage packing at a rate of 250g diluted in 50L of deionized water per ton of wet forage. The commercial BE showed the following composition: Streptococus faecium, Lactobacillus plantarum, Pediococcus acidilactici plus hemicellulase, cellulase and starch degrading enzymes. The wilting of forage allowed to increase the DM concentration of silages, however, as well as BE addition, it was not effective to promote major changes on chemical composition of silages. On SA silages, higher NDF levels were observed as the DM level of the wilted silage increased, which resulted in lower non-fiber carbohydrate (NFC) fraction. The B3 protein fraction (NDIN minus ADIN) showed an increase as the DM concentration of wilted silage was raised, probably as result of an opposite trend between neutral detergent insoluble nitrogen (NDIN) and acid detergent insoluble nitrogen (ADIN) across DM levels. Silage losses, measured as both, fungi scored at bale front panel and percentage of spoiled silage, indicated higher levels associated with increased DM concentration. It might be explained by the lower bale unloading rate observed during the feeding trial, mainly in higher DM wilted silages. Both, ruminal mat consistency, measured as time required to weight ascension into the rumen (1194 sec.) as well as ruminal kinetics, evaluated as passage rate of solid (3.09% hour -1 ) and liquid (4.37% hour -1 ) phases were similar for all treatments. Animal ingestive behavior measured as total time (minutes day -1 ) and rate (minutes DM kg -1 ) was not changed across silages DM concentration, averaging DM eating (324; 47), DM ruminating (518; 75) and DM chewing (841; 123), respectively. Residual daily time was spent with drinking and idling activities. The DM intakes observed among experimental diets, containing wilted silages, were not statistically different and averaged 6.95 kg day -1 or 1.88% as body weight basis. Individual and total (140.29) molar concentration (mM) of volatile fatty acids (VFA), acetate:propionate ratio (4,2:1), ammonia-N (6.31 mg dL -1 ) and average daily pH (6.76) of ruminal fluid were similar across silages diets. Nutrient digestibilities were, also, not significantly affected by the increased DM concentration in wilted silages or by the BE inoculation, as follows: organic matter (71.5%), crude protein (69.1%), NDF (71.3%), ADF (64.9%) and hemicellulose (83.3%). DM digestibilities, however, performed a quadratic pattern (P<0.05), with a slight increase at 45% DM concentration in silages. According to the results it may be concluded that neither the increase of DM concentration of grass silages nor the addition of bacterial-enzymatic inoculant changed animal ingestive behavior or improved ruminal and digestive parameters analyzed.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
rodrigo.pdf (7.55 Mbytes)
Data de Publicação
2003-01-30
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.