• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.11.2009.tde-13102009-153558
Documento
Autor
Nome completo
Gustavo Henrique Rodrigues
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Piracicaba, 2009
Orientador
Banca examinadora
Susin, Ivanete (Presidente)
Alcalde, Claudete Regina
Alencar, Severino Matias de
Leme, Paulo Roberto
Pereira, Angélica Simone Cravo
Título em português
Desempenho, características da carcaça, perfil de ácidos graxos e parâmetros ruminais de ovinos alimentados com rações contendo polpa cítrica úmida semi despectinada e/ou polpa cítrica desidratada
Palavras-chave em português
Ácidos graxos
Alimentação animal
Carnes e derivados
Leite
Ovinos
Rúmen
Subprodutos para animais.
Resumo em português
O objetivo desse estudo foi avaliar o desempenho, o perfil de ácidos graxos e os parâmetros ruminais de ovinos alimentados com co-produtos da indústria citrícola em rações contendo alta proporção de concentrado. Adicionalmente, foram comparadas as estimativas de desempenho e de metabolismo obtidas nos experimentos com as preditas pelo modelo SRNS Small Ruminant Nutrition System No experimento I, 28 ovelhas foram alimentadas com ração composta por 55% de milho na matéria seca (MS), sendo o milho substituído em 33%, 67% e 100% pela polpa cítrica desidratada (PCD). Houve diminuição linear (P<0,02) no consumo de matéria seca (CMS) à medida que a PCD substituiu o milho, entretanto, não houve efeito na produção de leite. Não houve alteração dos componentes do leite, com exceção do teor de uréia que diminuiu linearmente (P<0,01). Em relação ao perfil de ácidos graxos (AG) no leite das ovelhas foi verificado aumento linear (P<0,05) de C15:0, C16:0, C17:1, C18:3, AG de cadeia média e saturados, e diminuição linear (P<0,05) de C18:0, C18:1, C18:2 t10,c12, AG monoinsaturados e de cadeia longa. Para o C18:2 c9,t11 houve aumento de 47% quando a PCD substituiu o milho em 33%. No experimento II, 32 cordeiros foram alimentados com ração contendo 90% de concentrado, sendo o milho substituído pela PCD em 33, 67 e 100%, respectivamente. A substituição total do milho pela PCD promoveu aumento (P<0,03) de 177% na concentração de C18:3, enquanto que a substituição parcial (33%) resultou em aumento (P<0,02) de 72% no C18:2 c9,t11. Adicionalmente, ocorreu diminuição linear (P=0,02) do extrato etéreo com a adição de PCD na ração. No experimento III, na avaliação de desempenho, 64 cordeiros foram alimentados com rações contendo 69,5% de PCD, sendo esta substituída em 30% na MS pela polpa cítrica úmida semi despectinada in natura (PCUD), ensilada (PCUDS) ou ensilada com adição de benzoato de sódio (PCUDS+B). Não houve diferença no CMS e no ganho médio diário (GMD). No entanto, a eficiência alimentar foi maior para os cordeiros alimentados com PCUD comparados àqueles recebendo ração contendo PCD. Na avaliação da digestibilidade e de parâmetros ruminais, 16 cordeiros, canulados no rúmen foram alimentados com rações contendo 75,3% de PCD, sendo esta substituída em 30% na MS pela PCUD, PCUDS ou PCUDS+B. Não houve diferença nos coeficientes de digestibilidade para MS, MO e PB, com exceção para o da FDN que foi maior (P<0,05) para a PCUD comparada à PCD. A concentração de amônia no fluido ruminal foi maior (P<0,01) para as rações contendo PCD comparada à PCUDS e PCUDS+B. No experimento IV, 24 cordeiros foram alimentados com rações contendo 70% de PCD na MS e tiveram a adição de 0; 0,3; 0,6 e 0,9% de monoamônio fosfato (MAP). Houve diminuição linear (P<0,01) no CMS e GMD com a inclusão de MAP na ração. No experimento V foi observada melhor predição de CMS para os cordeiros em relação às ovelhas.
Título em inglês
Performance, carcass characteristics, fatty acids profile and ruminal measures in sheep fed diets containing wet low pectin citrus pulp and/or dried citrus pulp
Palavras-chave em inglês
Animal feeding
By-products for animals
Fatty acids
Meat and meat products
Milk
Rumen
Sheep.
Resumo em inglês
The objective of this study was to evaluate the performance, fatty acids (FA) profile and ruminal measures of sheep fed citrus coproducts in diets containing high concentrate. Additionally, the performance and metabolic estimates from SRNS model - Small Ruminant Nutrition System were compared to experimental data. In Experiment I, 28 ewes were fed diet containing 55% of corn. Dried citrus pulp (DCP) was added at 18.1, 36.8 and 55% (diet DM) replacing corn by 33, 67 and 100%, respectively. There was a linear decrease (P<0.02) in dry matter intake (DMI) with DCP inclusion, however, there was no effect on milk production. Milk composition, was not affected by DCP inclusion, except for urea that showed a linear (P<0.01) decrease. Milk FA increased linearly for C15:0, C16:0, C17:1, C18:3, medium-chain and saturated FA and decreased linearly for C18:0, C18:1, C18:2 t10,c12, monounsaturated and long-chain FA when DCP replaced corn. There was a 47% increase for C18:2 c9,t11 when DCP replaced corn by 33%. In Experiment II, 32 Santa Ines lambs were fed a 90% concentrate. DCP was added at 23.7, 46.1 and 68.4% (on a DM basis) replacing corn by 33, 67 and 100%, respectively. Total replacement of corn by DCP promoted an increase (P<0.03) by 177% in linolenic acid (C18:3) while a partial replacement showed an increase (P<0.02) by 72% in conjugated linoleic acid (C18:2 c9,t11). In addition, ether extract decrease (P=0.02) as DCP increased in the diet. In Experiment III, 64 lambs were fed diets containing 69.5% DCP. A portion (30%) of DCP on a DM basis was replaced by wet low pectin citrus pulp (WLPCP), wet low pectin citrus pulp silage (WLPCPS) or wet low pectin citrus pulp silage with sodium benzoate (WLPCPS+B). There were no differences in DMI and average daily gain (ADG). However, feed efficiency was greater for lambs fed WLPCP compared to lambs fed DCP. In the digestibility trial, 16 lambs, canulated in the rumen, were fed diets containing 75.3% DCP. A portion (30%) of the DCP was replaced by WLPCP, WLPCPS or WLPCPS+B. There was no difference (P>0.05) in dry matter, organic matter and crude protein apparent digestibilities, except for neutral detergent fiber digestibility (82.7 vs 73.3% for WLPCP and DCP, respectively). Additionally, ruminal ammonia concentration was higher (P<0.01) in diets containing DCP compared to WLPCPS and WLPCPS+B. In experiment IV, 24 Santa Ines lambs were fed diets containing 70% DCP and monoammonium phosphate (MAP) was added at 0, 0.3, 0.6, and 0.9% of the diet DM There was a linear decrease (P<0.01) in DMI and ADG. In experiment V DMI predictions were better estimated for lambs compared to DMI of ewes.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Gustavo_Rodrigues.pdf (841.89 Kbytes)
Data de Publicação
2009-10-20
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2014. Todos os direitos reservados.