• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.11.2009.tde-10092009-095510
Documento
Autor
Nome completo
Susana Gilaverte
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Piracicaba, 2009
Orientador
Banca examinadora
Susin, Ivanete (Presidente)
Monteiro, Alda Lucia Gomes
Possenti, Rosana Aparecida
Título em português
Substituição do milho por polpa cítrica peletizada ou casca de soja na alimentação de borregas
Palavras-chave em português
Alimentação animal
Confinamento animal
Digestibilidade
Nutrição animal
Ovinos
Rúmen
Subprodutos para animais.
Resumo em português
Dois experimentos foram realizados com o objetivo de avaliar o efeito da substituição do milho pela polpa cítrica (PCP) ou pela casca de soja (CS) em rações sobre o desempenho, o comportamento ingestivo, a digestibilidade aparente dos nutrientes, o balanço de nitrogênio e os parâmetros ruminais de ovinos. Os tratamentos foram arranjados em esquema fatorial 2 x 2 + 1, sendo dois ingredientes (PCP e CS) e dois teores (50 e 100%) de substituição ao milho mais um controle positivo (59,4% de milho em base de MS). No experimento 1 (digestibilidade, balanço de nitrogênio e parâmetros ruminais) foram utilizados cinco borregos (48 ± 4,8 kg de PC e 6 meses de idade) canulados no rúmen, distribuídos em delineamento experimental de quadrado latino 5 x 5. O consumo de MS, MO e PB em kg/dia e g/kg de PC0,75, não foram afetados pelos tratamentos. Entretanto, o consumo de FDN (kg/d e g/kg de PC0,75) aumentou com a substituição do milho por ambos os co-produtos. A digestibilidade aparente da MS, MO e PB reduziu com a substituição do milho pelos co-produtos, e a DMS e DMO foi menor nas rações contendo CS em relação às rações contendo PCP. A digestibilidade aparente da FDN aumentou com a substituição do milho por ambos os co-produtos. Entre os co-produtos verificou-se maior digestibilidade da FDN nas rações contendo CS. A concentração ruminal de acetato, de propionato, a relação acetato/propionato, a concentração total de AGCC e de N - NH3 ruminal e a retenção de N não diferiram entre os tratamentos. Entretanto, a concentração ruminal de butirato foi maior nas rações contendo PCP em relação às rações contendo milho ou CS. A substituição do milho pelos co-produtos melhorou o pH ruminal. No experimento 2 (desempenho e comportamento ingestivo) foram confinadas 60 borregas (26 ± 0,03 kg de PC e 101 ± 2 dias de idade), distribuídas em delineamento experimental de blocos completos casualizados, alimentadas com as mesmas rações do Experimento 1. O consumo de MS (kg/d) foi afetado pelos tratamentos e verificou-se interação entre tratamentos e períodos experimentais, sendo que no segundo e no terceiro período os animais alimentados com as rações contendo PCP e CS apresentaram maior CMS (kg/d, % do PC e em g/kg de PC0,75). O ganho médio diário não foi afetado pelos tratamentos e a EA piorou com a utilização dos co-produtos (PCP e CS). O tempo com atividade de ruminação (min/d) e mastigação (min/g de MS) foi maior para os animais alimentados com as rações contendo 100% de PCP quando comparado aos alimentados com as rações contendo 50% de PCP. De maneira geral, os animais alimentados com as rações contendo os co-produtos apresentaram maior consumo de FDN o que provocou redução no tempo de ruminação em min/g de FDN em relação aos alimentados com a ração contendo milho. Em todos os períodos os animais alimentados com CS apresentaram menor tempo de mastigação (min/g de FDN) quando comparados com os animais dos demais tratamentos. Ambos os co-produtos, PCP e CS podem substituir o milho em rações com elevada proporção de concentrado para borregas sem comprometer o ganho de peso. A PCP apresentou 91% e a CS 82% da EA em relação ao milho. A CS apresentou 90% da EA em relação à PCP.
Título em inglês
Replacement of corn by dried citrus pulp or soybean hulls in diets fed to ewe lambs
Palavras-chave em inglês
Animal feed
Animal feedlot
Animal nutrition
By-products for animals.
Digestibility
Rumen
Sheeps
Resumo em inglês
Two experiments were performed to determine the effects of replacing corn by dried citrus pulp (DCP) or soybean hulls (SH) in lamb diets on performance, ingestive behavior, apparent digestibility of nutrients, nitrogen balance and ruminal parameters. Experimental treatments were arranged in a 2 x 2 + 1 factorial, with two ingredients, DCP and SH included in the diets at two levels (50 and 100%) replacing corn plus a positive control (59.4% of corn, DM basis). In Trial 1 (apparent digestibility of nutrients, nitrogen balance and ruminal parameters), five ram lambs (BW 48 ± 4.8 kg and 6 months old) were placed in suspended metabolism crates. A 5 x 5 Latin square design was used. The DM, OM, CP (kg/day and g/kg of BW0.75) intakes were not affected by treatments. However, NDF intake (kg/day and g/kg BW0.75) increased when corn was replaced by both co-products. Apparent digestibilities of DM, OM and CP decreased with the replacement of corn by both co-products. Digestibilities of DM and OM were also lower in diets containing SH compared to the diets with DCP. However, apparent digestibility of NDF increased when corn was replaced by both co-products. Comparing the co-products, there was higher digestibility of NDF for diets containing SH. Acetate and propionate concentrations, acetate-to-propionate ratio, total SCFA, ruminal ammonia and nitrogen retention were not affected by treatments. However, butyrate concentration was higher in diets containing DCP than those containing corn or SH. Replacing corn by both co-products improved ruminal pH. In Trial 2 (performance and ingestive behavior), sixty ewe lambs (BW 26 ± 0.03 kg and 101 ± 2 days old) were penned (2/pen) and used in a complete randomized block design. Ewe lambs were fed the same diets as in Trial 1. The DMI (kg/d) was affected by treatments, and there was an interaction effect between treatments and experimental periods. In the second and third periods, animals fed DCP and SH had higher DMI (kg/d, % BW and g/kg BW0.75). Average daily gain was not affected by treatments and FE was lower with the use of coproducts. During the ingestive behavior trial, DMI (kg/d) was not affected by treatments. Rumination (min/d) and chewing (min/g of DM) times were higher for animals fed diets containing 100% of DCP compared to those fed diets containing 50% of DCP. In general, animals fed diets containing co-products had higher NDF ingestion which caused reduction in rumination time (min/g of NDF). Animals fed diets containing SH had less rumination time (min/g of NDF) when compared to DCP diets. In all periods animals fed SH had lower chewing time (min/g of NDF) compared to animals of another treatments. Both co-products, DCP and SH can replace corn in high concentrate diets for lambs without compromising weight gain. The DCP and SH had 91% and 82%, respectively, of corn feed efficiency. The SH showed 90% of FE of DCP.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Susana_Gilaverte.pdf (1.20 Mbytes)
Data de Publicação
2009-09-18
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.