• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.11.2009.tde-09092009-082305
Documento
Autor
Nome completo
Bruno Carneiro e Pedreira
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Piracicaba, 2009
Orientador
Banca examinadora
Pedreira, Carlos Guilherme Silveira (Presidente)
Barioni, Luis Gustavo
Ruggieri, Ana Cláudia
Santos, Patricia Menezes
Silva, Sila Carneiro da
Título em português
Capim Xaraés sob pastejo: respostas agronômicas e morfofisiológicas, e adaptação do modelo CROPGRO para a predição de crescimento
Palavras-chave em português
Brachiaria
Capins
Desfolha
Forragem
Fotossíntese
Modelos matemáticos
Morfologia vegetal
Pastagens
Pastejo.
Resumo em português
Para otimizar o sistema de produção animal, trabalhando com modelos, é necessário o conhecimento de aspectos morfofisiológicos das plantas forrageiras e, para isso, é preciso compreender os efeitos da ação do animal envolvidos na rebrotação das plantas e, conseqüentemente, na sua produção. O objetivo deste trabalho foi avaliar as respostas agronômicas e morfofisiológicas, e adaptar o modelo CROPGRO para predizer o crescimento de capim Xaraés submetido a estratégias de pastejo intermitente, com freqüências de desfolhação baseadas em interceptação luminosa ou calendário, visando estabelecer uma base racional de manejo e observando o sistema sob o ponto de vista fisiológico da planta. O estudo foi realizado na Escola Superior de Agricultura "Luiz de Queiroz", campus da USP localizado em Piracicaba - SP, numa área de Nitossolo Vermelho Eutroférrico, estabelecida com capim Brachiaria brizantha cv. Xaraés, onde foram avaliadas as características agronômicas, morfológicas e fisiológicas deste, tais como produção de forragem, índice de área foliar (IAF), interceptação luminosa (IL). O delineamento experimental foi inteiramente casualizado com três tratamentos e três repetições, totalizando nove unidades experimentais (piquetes) de 120 m² cada, as quais foram pastejadas por grupos de animais sempre que a IL do dossel chegasse a 95%, ou a 100% ou a cada 28 dias. As estratégias de pastejo apresentaram diferentes acúmulos totais de forragem durante o verão. A estratégia 100% de IL, devido à sua menor freqüência, garantiu à comunidade vegetal um maior intervalo de desfolhações e, conseqüentemente, maior período de crescimento. No primeiro ano não houve diferença entre estratégias no total acumulado, mas as estratégias 28-d e 100% IL reduziram o total de forragem acumulada no segundo ano. A dinâmica do acúmulo apresentou padrões distintos para os componentes morfológicos: folhas, colmo e material morto, assim como respostas diferentes à estrutura e produção de forragem. Os menores estoque de nitrogênio e carboidratos não-estruturais nas raízes sugerem o efeito negativo dos longos períodos de crescimento impostos pelas estratégias 100% IL e 28-d. Sob estratégia de pastejo intermitente, sugere-se que o capim Xaraés seja manejado respeitando-se 30 cm como altura de entrada e 15 cm como pós-pastejo, preterindo o acúmulo de colmos. O resultado da adaptação sugere que o modelo CROPGRO é uma ferramenta eficiente para integrar aspectos fisiológicos de B. brizantha e pode ser usado para simular com boa acurácia.
Título em inglês
Xaraés palisadegrass under grazing: agronomic, morphological, and physiological responses, and adapting the CROPGRO model for predicting forage growth
Palavras-chave em inglês
Defoliation
Forage
Grass
Palisadegrass
Photosynthesis
plant part composition. 8. Pastures 9. Grazing
Processed-based Models
Resumo em inglês
On optimization of the animal production systems using models, morphological and physiological aspects of forage plants is required. Moreover, is necessary to understand grazing effects on regrowth, and consequently, on forage mass accumulation. The objective of this research was to evaluate the morphological and physiological responses, and adapting the CROPGRO model for predicting forage growth, in pastures under intermittent grazing, where defoliation frequency was dictated either by levels of light interception or by chronological time, in order to try to rationalize management practices under a physiological standpoint. The study was conducted at Escola Superior de Agricultura "Luiz de Queiroz", USP campus in Piracicaba, SP, on a kandiudalfic euthrudox using a one-year-old pasture of Xaraés palisadegrass where agronomic, morphological and physiological traits, such as forage yield, leaf area index (LAI) and light interception (LI) were studied. The experimental design was completely randomized with three treatments and three replications, for a total of nine experimental units (paddocks) of 120 m² each, which were mob grazed whenever canopy light interception reached 95% or 100%, or every 28 days. Grazing strategies resulted in different seasonal forage yields. On the first year, total mass accumulation was similar among strategies, but 28-d and 100% LI strategies reduced this amount on the second year. The herbage accumulation during the regrowth presented different patterns on each morphological component: leaf, stem and dead material, as well as, different responses on structure and forage production. Lower nitrogen and total non-structural carbohydrates pools on roots suggest a negative effect caused by longer rest periods on 100% LI and 28-d strategies. The results suggesting that Xaraes palisadegrass under intermittent grazing stocking be management respecting 30 cm as pre-grazed and 15 cm as stubble height, avoiding stem accumulation. The adaptation result shows that CROPGRO is an efficient tool to integrate physiological aspects of B. brizantha and can be used to simulate with good accuracy.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Bruno_Pedreira.pdf (1.67 Mbytes)
Data de Publicação
2009-09-22
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.