• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.11.2007.tde-02032007-092945
Documento
Autor
Nome completo
Douglas Cazollato Morgonni
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Piracicaba, 2003
Orientador
Banca examinadora
Menten, José Fernando Machado (Presidente)
Machado, Glauber Souza de
Miyada, Valdomiro Shigueru
Título em português
Efeitos de níveis elevados de ácido pantotênico na ração sobre o desempenho e características de carcaça de suínos
Palavras-chave em português
Carcaça
Nutrição animal
Ração balanceada
Suínos
Suplementos alimentares para animais
Vitaminas hidrossolúveis
Resumo em português
O objetivo do trabalho foi avaliar os efeitos causados pela suplementação dietética extra de 100 ppm de ácido pantotênico no desempenho e nas características de carcaça de suínos em crescimento e terminação, recebendo rações com diferentes concentrações nutricionais. O experimento foi realizado com 288 animais com idade média em torno de 70 dias e peso inicial de 28,67 +-1,12 kg, com 6 repetições de 12 suínos por unidade experimental, em blocos casualizados, durante 90 dias (fases de crescimento dos 70 aos 120 dias, e terminação dos 121 aos 160 dias de idade). Os tratamentos consistiram das combinações de dois níveis nutricionais de ração: nível nutricional padrão e com alta concentração nutricional, e duas suplementações de ácido pantotênico: 0 e 100 ppm de suplementação extra, num arranjo fatorial 2x2. Dessa forma os quatro tratamentos foram: "Controle" - dieta padrão; "Alta CN" - dieta com maior concentração nutricional (CN) (acrescida de 100 kcal ED/kg e 6% dos aminoácidos); "Controle+AP" - dieta padrão acrescida de uma suplementação extra de 100 ppm de ácido pantotênico (AP); e "ACN+AP" - dieta com alta CN acrescida da suplementação extra de 100 ppm de AP. As variáveis avaliadas foram ganho de peso médio diário (GPMD), consumo médio diário de ração (CMD) e conversão alimentar (CA). Ao final do período experimental, no dia antecedente ao abate, todos animais foram avaliados com um aparelho portátil de ultrassom (PigLog 105) a fim de aferir espessura de toucinho (ET), profundidade de lombo (PL) e rendimento de carne magra (RCM). Foi realizada também uma análise econômica comparativa entre os tratamentos. Dos 70 aos 120 dias de idade, a alta CN causou uma redução no CMD (1,935 vs. 2,014 kg, P=0,019) e uma melhora na CA (2,577 vs. 2,745, P=0,001); a suplementação de ácido pantotênico resultou em melhor GPMD (0,748 vs. 0,739 kg, P=0,095) e, como foi significativa a interação entre os fatores CN da dieta e nível de suplementação de AP para GPMD (P=0,042), foi observado que a vantagem da suplementação extra de AP ocorreu somente na dieta com CN padrão (0,755 kg vs. 0,715, P=0,012), e não para dieta com alta CN (0,741 kg vs. 0,763, P=0,759). Considerando o período total do experimento, a alta CN resultou em menor CMD (2,150 vs. 2,233 kg, P=0,013) e melhor CA (2,883 vs. 2,993, P=0,005), assim como o maior nível de AP proporcionou melhor GPMD (0,757 vs. 0,735 kg, P=0,037) e mostrou tendência numa maior PL (47,7 vs. 46,3 mm, P=0,157). A adição extra de 100 ppm de AP mostrou ser um potencial modificador da composição corporal em suínos e permitiu uma economia de 2,2% no custo de produção de carne magra, sendo uma tecnologia interessante para as indústrias do segmento suinícola de carnes.
Título em inglês
Effects of elevated dietary levels of pantothenic acid on the performance and carcass traits of swine
Palavras-chave em inglês
Carcass
Nutrition
Pantothenic Acid
Swine
Vitamins
Resumo em inglês
The purpose of this work was to evaluate the effects of an extra supplementation of pantothenic acid (100 ppm) in the diet on the performance and carcass traits of growing-finishing pigs. Two hundred and eighty eight 70d pigs (body weight: 28.67 ± 1.12 kg) were allotted in a randomized complete block design experiment during 90 days (grower, from 70 to 120 days and finisher, from 121 to 160 days of age) which was carried out on 6 replicates of 12 pigs per treatment. The treatments consisted of the combinations of 2 types of nutritional concentration of feed: standard level and high concentration, with 2 dietary levels of pantothenic acid: 0 and 100 ppm of extra supplementation, in a 2X2 factorial arrangement. The 4 treatments were: "Control" - the standard diet; "High NC" - diet with higher nutritional concentration (NC), containing additional 100 kcal DE/kg and 6% of amino acids; "Control+PA" - the standard diet with an extra supplementation of 100 ppm of pantothenic acid (PA); and "HNC+PA" - high NC diet with an extra supplementation of 100 ppm of PA. The evaluated variables were average daily gain (ADG), average feed intake (AFI) and feed conversion (FC). At the end of experimental period, on the day before slaughter, all pigs were submitted to an ultrasound apparatus (PigLog 105) to determine the carcass traits backfat thickness (BT), longissimus muscle depth (MD) and fat-free lean percentage (LP). An economic assessment of the treatments was also performed. During the growing period, the pigs receiving the higher NC diets had lower AFI (1.935 vs. 2.014 kg, P=0.019) and better FC (2.577 vs. 2.745, P=0.001); those fed with an extra PA supplementation had better ADG (0.748 vs. 0.739 kg, P=0.095) and, as was observed significant interaction between CN and PA supplementation for ADG (P=0.042), the advantage of an extra PA supplementation only occurred at the standard NC (0.755 kg vs. 0.715, P=0.012), and not at the high NC (0.741 kg vs. 0.763, P=0.759). In the overall period, pigs fed with high NC showed lower AFI (2.150 vs. 2.233 kg, P=0.013) and better FC (2.883 vs. 2.993, P=0.005), as well as the pigs receiving extra PA supplementation had better average daily gain ADG (0.757 vs. 0.735 kg, P=0.037) and increased MD (47.7 vs. 46.3 mm, P=0.157), though not significative. The extra supplementation of PA showed to be a potential modifier of swine carcass composition and resulted in a reduction of 2.2% on the feed cost produce fat-free lean meat.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
DouglasMorgoni.pdf (1.12 Mbytes)
Data de Publicação
2007-03-07
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.