• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.11.2009.tde-19022010-094757
Documento
Autor
Nome completo
Carlos Ivan Aguilar Vildoso
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Piracicaba, 2009
Orientador
Banca examinadora
Pizzirani-kleiner, Aline Aparecida (Presidente)
Araujo, Welington Luiz de
Carvalho, Sergio Alves de
Molina, Silvia Maria Guerra
Nogueira, Neusa de Lima
Título em português
Macrofungos em mudas cítricas
Palavras-chave em português
Basidiomycota
Biodiversidade
Citricultura
Controle biológico
Controle químico
Fungos
Mudas
Viveiros.
Resumo em português
As mudanças na produção de mudas cítricas, com o uso de compostos a base de casca de pínus, vem levando a uma interação antagônica entre os citros e algumas espécies de cogumelos, ditos saprófitas. Este trabalho caracterizou esta nova interação, identificando e isolando os basidiomicetos associados ao problema e outros macrofungos presentes neste sistema de produção. O principal fungo encontrado foi Leucocoprinus birnbaumii que forma basidiomas de cor creme a amarelo brilhante, ocorrendo dois tipos morfológicos (LB e NTA). O micélio promove a impermeabilização no substrato dependendo das condições hídricas, o qual explica a variação nas perdas. Os esporos são produzidos após a abertura do píleo, sendo que a recomendação da coleta dos cogumelos fechados está sendo uma prática adotada nos viveiros. In vitro, as colônias são brancas para creme, tendo uma taxa de crescimento em diâmetro de 0,41 a 0,72 cm/dia em meio cenoura-ágar (CA), variando em função do isolado e da sua procedência. O pH não teve grande influência, mesmo variando de 4,5 a 8,0. O crescimento das colônias foi decrescendo nos meios de cultura CA, aveia-ágar, V8, BDA, malte-ágar e completo de Pontecorvo; enquanto que nos de composição definida, o meio Czapek (0,56 cm/dia) foi superior ao meio mínimo (0,48 cm/dia). Entre as fontes de carbono, o amido foi o melhor, seguido da galactose, maltose, glicerol, glicose, ágar, sacarose, ácido succínico e lactose, não houve crescimento em acetato de amônio nem em oxalato de sódio. Entre as fontes de nitrogênio, os compostos nítricos foram semelhantes aos aminoácidos (glutamato, glutamina e glicina) e ligeiramente preferenciais aos amoniacais, enquanto a uréia inibiu o crescimento e o nitrito de sódio teve efeito fungicida. Nos experimentos realizados em viveiro comercial, o de controle químico teve aumento da produção de cogumelos para a maioria dos fungicidas avaliados, com exceção da iprodiona; o qual é explicado pelo efeito sobre os fungos agentes do controle biológico, como foram associados aos basidiomas Aspergillus niger, Aureobasidium pullulans e Penicillium olsoni. No experimento de controle biológico, as espécies de Trichoderma foram muito variáveis na sua eficiência, alguns colonizando até o substrato, mas não os cogumelos. O experimento com produtos alternativos teve melhores resultados de controle principalmente com o nitrito de sódio, o qual vem sendo adotado no controle deste basidiomiceto via aplicação no substrato e o vinagre pelo uso superficial. Outros macrofungos foram observados como o ninhode- passarinho (Cyathus stercorius); o cogumelo branco (Leucocoprinus brebissonii); a falsa trufa (Agaricaceae incertae sedis) e o cogumelo vermelho (Gymnopilus dilepis). A presença do cogumelo branco também causou preocupação nos viveiristas, mas não apresentou efeito nas plantas, nem impermeabilização. Entretanto, o cogumelo vermelho vem causando problemas na produção com fibra de coco por dimuir a capacidade de retenção de água. A falsa trufa também provoca prejuízos diretos diminuindo o desenvolvimento das mudas cítricas, tendo menor número de radicelas, provavelmente associado à maior temperatura na decomposição do substrato. Assim, há uma necessidade de um contínuo levantamento dos novos macrofungos que possam se adaptar às condições de substratos e de manejo nos viveiros de mudas cítricas.
Título em inglês
Macrofungi in citrus nursery
Palavras-chave em inglês
Basidiomycota
Biodiversity
Biological control
Chemical control
Citriculture
Fungi
Seedlings. 8. Nursery
Resumo em inglês
Changes in the production of citrus nursery, using compounds from pine bark, have led to an antagonistic interaction between the citrus and some species of mushrooms, so-called saprophytes. This study characterized this new interaction, by identifying and isolating basidiomycetes associated to the problem and other macrofungi present in this production system. The main basidiomycete found was Leucocoprinus birnbaumii which has cream-colored to bright yellow, occurring two morphological types (LB and NTA). The mycelium promotes the sealing of the substrate depending on water conditions, for which there is much variation in losses. The spores are produced after the opening of the pileus, and the collection of closed cap has been adopted as a practice in citrus nurseries. In vitro, the colonies vary from cream to yellow, with a growth rate in diameter from 0.41 to 0.72 cm / day in the carrot-agar (CA) medium, depending on the isolate and its origin. The pH was not of great influence, even varying from 4.5 to 8.0. The colony growths was decreasingly in the culture medium CA, oatmeal agar, V8, PDA, malt agar and complete Pontecorvo, whereas the composition set, the Czapek medium (0.56 cm / day) was higher than the minimal medium (0.48 cm / day). Among the carbon sources, starch was the best, followed by galactose, maltose, glycerol, glucose, agar, sucrose, succinic acid and lactose, no growth in ammonium acetate or sodium oxalate. Among the sources of nitrogen, nitric compounds were similar to aminoacids (glicine, glutamate and glutamine) and were slightly preferred to ammonium, whereas urea inhibited the growth and sodium nitrite had fungicidal effect. In the experiments in citrus nursery, the chemical control assay, most fungicides has led to an increased production of mushrooms, except for iprodione, which is explained by the effect on fungal-biological control agents, which have been associated as Aspergillus niger, Aureobasidium pullulans and Penicillium olsoni. In the biological control experiment, Trichoderma species were highly variable in their efficiency, some of them colonized the substrate, but not the mushrooms. The experiment with unconvencional products has led to better results, especially with sodium nitrite, which has been adopted to control the substrate and vinegar in surface application. Other macrofungi were observed as the nest-to-bird (Cyathus stercorius), the white mushroom (Leucocoprinus brebissonii), the false truffle (Agaricaceae incertae sedis) and the Red Mushroom (Gymnopilus dilepis). The presence of the white mushroom has also caused concern in the nursery, but had no effect on plants, or sealing. However, the red mushroom is causing problems in the production of coconut fiber, leaving the fibers, which have no function in water retention. The false truffle also causes direct losses decreasing the development of the citrus trees, and fewer fibrous roots, probably associated to higher temperature in the decomposition of the substrate. Thus, there is a need for a new continuous survey of macrofungi that can adapt to the conditions of substrate and management in citrus nurseries
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Carlos_Vildoso.pdf (18.30 Mbytes)
Data de Publicação
2010-04-01
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.