• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Tese de Doutorado
DOI
10.11606/T.11.2008.tde-09022009-153256
Documento
Autor
Nome completo
Alisson Fernando Chiorato
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Piracicaba, 2008
Orientador
Banca examinadora
Pinheiro, José Baldin (Presidente)
Carbonell, Sergio Augusto Morais
Fonseca Junior, Nelson da Silva
Oliveira, Giancarlo Conde Xavier
Vello, Natal Antonio
Título em português
Progresso genético para produtividade do feijoeiro no programa de melhoramento do Instituto Agronômico (IAC) entre 1989 e 2007
Palavras-chave em português
Feijão - Produtividade
Melhoramento genético vegetal
Seleção vegetal
Variedades vegetais.
Resumo em português
No programa de melhoramento genético de feijoeiro do Instituto Agronômico (IAC) foram disponibilizadas até a presente data 38 cultivares de feijoeiro, contribuindo para o aumento da produtividade média no Brasil e, principalmente, no estado de São Paulo. Nesse contexto, o objetivo deste trabalho foi avaliar o progresso genético obtido para produtividade do feijoeiro com a pesquisa desenvolvida pelo IAC no período de 1989 a 2007. Foram avaliados 211 experimentos e 134 linhagens avançadas, distribuídas em 10 ciclos de seleção e conduzidas em três épocas de semeadura do feijoeiro. O progresso genético foi estimado para os períodos de pesquisa de 1989 a 1996 e de 1997 a 2007 em função das características dos experimentos de avaliação. No segundo período, estimou-se também o ganho por épocas de semeadura e tipos de tegumento. Nas análises, utilizou-se um modelo misto cujos efeitos foram obtidos por meio de quadrados mínimos ponderados, obtendo-se médias ajustadas em relação à produtividade média dos genótipos. Em seguida, a partir das médias ajustadas, realizou-se a análise de regressão linear para obtenção do progresso genético estimado por ciclo de seleção. No período entre 1989 a 1996, obteve-se um ganho relativo significativo de 1,91% por ciclo de seleção. Para o período de 1997 a 2007, o ganho obtido foi negativo (-0,51%), mas não significativo estatisticamente, ou seja, pode ser considerado como uma estabilização no ganho em produtividade. Embora a estimativa do ganho, no segundo período, tenha sido estável este valor foi cerca de 1000 kg/ha superior em relação à média obtida no primeiro período. Considera-se como a principal causa na estabilização do ganho em produtividade a mudança nos objetivos do programa de melhoramento que buscou obter linhagens com melhor qualidade tecnológica (maior tamanho de grãos e menor tempo de cozimento). Os resultados observados por épocas de semeadura revelaram que na época das águas ocorreu a maior produtividade média, enquanto que na época de inverno, o melhor índice de progresso genético. A separação por tipo de tegumento resultou na ocorrência de ganhos negativos como já esperado, mas não significativos estatisticamente, com valores de -0,64% por ciclo de seleção para o tegumento tipo preto e -0,12% por ciclo de seleção para o tegumento tipo carioca. Considerando-se o progresso genético obtido para os dois períodos de pesquisa, no valor de 0,25% por ciclo de seleção, e a área cultivada de 192 mil hectares no Estado de São Paulo, na safra de 2006/2007, tem-se que este ganho representa um aumento de produtividade em torno de 14.000 sacas de 60 kg. Esse resultado revela que as estratégias de melhoramento de feijoeiro praticadas pelo programa do IAC foram eficientes no desenvolvimento de genótipos superiores.
Título em inglês
Genetic gain for yield in the common beans breeding program at Agronomical Institute (IAC) from 1989 to 2007
Palavras-chave em inglês
Cultivars
French Beans
Genetic Gain.
Phaseolus vulgaris
Selection
Resumo em inglês
The genetic breeding program of common beans at Instituto Agronômico (IAC) has released 38 cultivars to the present date, thus contributing to increase the average yield of the crop in Brazil and, mainly, in the state of São Paulo. In this context, the goal of the present work was to evaluate the genetic gains obtained in yield for common beans due to the research developed by IAC during the period comprised from 1989 to 2007. A total number of 211 experiments and 134 advanced lines were evaluated, distributed along 10 selection cycles and carried out in three distinct sowing seasons. Genetic progression was estimated for the research periods of 1989 to 1996 and from 1997 to 2007 depending on the characteristics of the evaluation experiments. During the second period, the gain per sowing season and per tegument type has also been estimated. The analyses have employed a mixed model whose effects were obtained by weighted minimum squares, generating weighted averages according to the mean yield of the genotypes. Subsequently, the linear regression analysis was performed based on the weighted averages in order to calculate the estimated genetic gain per selection cycle. In the period from 1989 to 1996, a significant relative gain of 1.91% per selection cycle was obtained. For the subsequent period of 1997 to 2007, a non-significant negative gain (-0.51%) was obtained, it reflects the stabilization of the yield gain in the period. Although the gain estimate for the second period was stable, the value was approximately 1000 kg/ha superior to the average obtained in the first period. The main cause of the observed stability in the yield gain is likely to be due to the shift in the breeding program goals towards the generation of lines with higher technological features (bigger seeds and shorter cooking time). The results obtained for the distinct sowing seasons indicate that the rainy season favored higher average yield, whereas the winter sowing season exhibited better indices of genetic gain. The classification according to the tegument type resulted in negative gain as expected, although not at statistical significance levels, with values of -0.64% per selection cycle for black tegument and -0.12% per selection cycle for carioca tegument type. Considering the genetic gain for the research cycles investigated, the average of 0.25% gain per selection cycle and the cultivated area of 192 thousand hectares in the state of São Paulo, during the harvesting season of 2006/2007, the gain represents an increase of yield of approximately 14,000 bags of 60 kg. The results reveal that the breeding strategies for common beans employed at IAC were effective to develop superior genotypes.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Alisson_Chiorato.pdf (457.91 Kbytes)
Data de Publicação
2009-02-20
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.