• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.11.2019.tde-08112018-181132
Documento
Autor
Nome completo
Rafael Massahiro Yassue
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Piracicaba, 2018
Orientador
Banca examinadora
Vello, Natal Antonio (Presidente)
Bernardi, Walter Fernando
Menten, Jose Otavio Machado
Piotto, Fernando Angelo
Título em português
Tolerância da soja à ferrugem asiática em dialelo multivariado e ambientes contrastantes de fungicidas
Palavras-chave em português
Glycine max
Phakopsora pachyrhizi
Análise multivariada
Índices de seleção para tolerância à ferrugem
Resumo em português
A ferrugem asiática da soja é a principal doença da cultura, atacando principalmente no período reprodutivo, ocasionando a queda prematura das folhas, redução do ciclo e consequentemente queda na produtividade. As principais abordagens utilizadas para o controle desta doença são a resistência genética e a aplicação preventiva de fungicidas, porém, estas atuam selecionando patógenos mais adaptados, podendo ocasionar a quebra da resistência genética ou a insensibilidade ao fungicida. Portanto, a identificação e utilização de genótipos tolerantes é justificada, uma vez que com esta estratégia pode-se minimizar a pressão de seleção sobre o patógeno. A abordagem univariada é usualmente empregada no estudo de populações segregantes, mas esta pode não ser suficiente na identificação e seleção de genótipos com potencial para tolerância à ferrugem. Esta pesquisa propõe utilizar tanto as informações obtidas na parcela, quanto a correlação entre elas para auxiliar na escolha dos caracteres a serem utilizados na seleção indireta e para a estimação das capacidades gerais e específicas de combinação multivariada. Para alcançar os objetivos, foram utilizadas análises dialélicas uni e multivariada, índices de seleção à tolerância a estresse, análise de componentes principais, agrupamento, correlações e análises de trilha. Foram avaliados 40 cruzamentos oriundos de um dialelo parcial 4x10, na geração F2, em dois manejos de fungicidas (com e sem controle da ferrugem). Os cruzamentos foram avaliados em experimentos delineados em blocos ao acaso, com quatro repetições organizadas em conjuntos experimentais com testemunhas comuns; experimentos com os genitores foram delineados em blocos ao acaso com três repetições e as mesmas testemunhas comuns. Verificou-se que os genitores apresentaram base genética relativamente ampla com comportamento favorável à tolerância à ferrugem e os cruzamentos apresentaram potencial produtivo similar à média nacional, mesmo em contato com a doença. O uso de notas de valor agronômico identificou os cruzamentos mais produtivos dentro de cada manejo, sendo um valioso caráter para exclusão precoce de cruzamentos de baixo desempenho. A utilização de índices de seleção para tolerância a estresses proporcionou a identificação de cruzamentos tolerantes e adaptados às condições de manejo com e sem controle da ferrugem. Para produtividade de grãos, em ambos os ambientes de fungicidas, os maiores destaques ocorreram nos genitores V Max RR, USP 14-22.010, USP 14-22.003 e USP 14-22.008; e nos cruzamentos V Max RR x USP 14-22.009, V Max RR x USP 14-22.010 e BMX Potência RR x USP 14-22.003. A análise dialélica multivariada utilizando ideótipos permitiu a identificação dos genitores e cruzamentos mais promissores para determinados grupos de características. O genitor V Max RR proporcionou maiores efeitos aditivos para as características reprodutivas e a linhagem genitora USP 14-22.010 para as adaptativas, nos dois manejos de fungicidas. O cruzamento MSOY 7908 RR x USP 14-22.001 destacou-se para as características adaptativas e reprodutivas no manejo com controle da ferrugem. Assim, a abordagem multivariada mostrou-se promissora para a seleção de genótipos tolerantes à ferrugem da soja.
Título em inglês
Tolerance of soybean to Asian rust in multivariate diallel and contrasting environments of fungicides
Palavras-chave em inglês
Glycine max
Phakopsora pachyrhizi
Multivariate analysis
Selection indices for rust tolerance
Resumo em inglês
Asian soybean rust is a major disease of soybean, damaging the crop mainly during the reproductive period, causing premature fall of the leaves, reduction of the cycle and consequently decrease in productivity. The main methods used for the control of this disease are genetic resistance and the use of preventive fungicides, but these act by selecting more adapted pathogens, resulting in the breakdown of genetic resistance or insensitivity to the fungicide. Therefore, the identification and use of tolerant genotypes is justified, since there is no selection pressure on the pathogen. The univariate approach is usually employed in the study of segregating populations, but may not be sufficient in identifying and selecting genotypes with potential for rust tolerance. Thus, the present work proposes to use both the information obtained in the plot and the correlation between them to assist in the selection of the traits to be used in the indirect selection and for the estimation of the general and specific capacities of the multivariate combination. In order to reach the objectives, uni and multivariate diallel analyses, stress tolerance indices, principal components analysis, clustering, correlation and path analysis were used. There were evaluated 40 crosses from a partial diallel 4x10, in the F2 generation, in two experiments with fungicide treatments (with and without rust control) in randomized blocks design stratified in sets, with four replications; the parents were evaluated in other two experiments in randomized blocks design with three replications. It was verified that the parents presented a relatively broad genetic base with favorable tolerance to rust, and the crosses presented good productive potential, even in contact with the disease. The use of agronomic value was able to identify productive crosses within each management. The use of selection indices for stress tolerance allowed the identification of tolerant crosses and adapted to the conditions of management with and without rust control. For seed yield, in both fungicide environments, the most prominent parents were V Max RR, USP 14-22.010, USP 14-22.003 and USP 14-22.008; and the crosses were V Max RR x USP 14-22.009; V Max RR x USP 14-22.010 and BMX Potência RR x USP 14-22.003. Multivariate diallel analysis using ideotypes allowed the identification of the most promising parents and crosses for certain groups of traits. The genitor V Max RR provided greater additive effects for the reproductive traits and the experimental line USP 14-22.010 for the adaptive ones in both fungicide management. The crossing MSOY 7908 RR x USP 14-22.001 was prominent for the adaptive and reproductive characteristics in the management 1 (with rust control). Thus, the multivariate approach was promising for the selection of soybean rust tolerant crosses.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2019-01-09
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
CeTI-SC/STI
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2019. Todos os direitos reservados.