• JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
 
  Bookmark and Share
 
 
Dissertação de Mestrado
DOI
10.11606/D.11.2015.tde-08042015-103213
Documento
Autor
Nome completo
Felipe Maniero Nazato
E-mail
Unidade da USP
Área do Conhecimento
Data de Defesa
Imprenta
Piracicaba, 2014
Orientador
Banca examinadora
Vello, Natal Antonio (Presidente)
Biazuzo, Milena Moura de Araujo
Fritsche Neto, Roberto
Título em português
Análise da tolerância à ferrugem asiática em dialelo parcial com genitores transgênicos e convencionais de soja
Palavras-chave em português
Glycine max (L.) Merrill
Phakopsora pachyrhizi
Ambientes (locais e anos agrícolas)
Fungicidas
Herbicidas
soja RR
Resumo em português
Essa pesquisa buscou comparar as tecnologias transgênica (soja RR e manejo com glifosato) e convencional (soja e manejo convencionais) quanto à maior tolerância à ferrugem asiática (Phakopsora pachyrhizi) e obtenção de genótipos promissores para produtividade de grãos (PG) e tamanho das sementes (representado pelo peso de cem sementes, PCS). Foram avaliadas 200 progênies F2:5 e F2:6 oriundas de dois dialelos parciais 5 x 2, ambos com cinco genitores de alta produtividade de óleo (USP 70.108, USP 70.010, USP 70.113, USP 70.007 e USP 70.042) em cruzamentos com: (1) duas cultivares elites convencionais (BRS 133 e Conquista); (2) suas versões essencialmente derivadas transgênicas (BRS 245 RR e BRS Valiosa RR). Os experimentos envolveram: a) dois manejos com herbicidas, manejo convencional para soja convencional e manejo com glifosato para a soja RR; b) dois manejos de fungicidas, sendo um experimento com aplicações sucessivas de Opera & Nativo (O&N, para controle da ferrugem e das doenças de final de ciclo, DFC) e outro experimento com aplicações de Derosal para controle apenas das DFC. O efeito da ferrugem para cada genótipo foi expresso pela taxa de reação da ferrugem sobre a produtividade (FP) e o tamanho das sementes (FT), calculados pelas diferenças entre médias ajustadas de PG e PCS nos dois experimentos com fungicidas. As comparações foram feitas em análises de variância, testes de médias e de parâmetros de capacidade de combinação. O controle da ferrugem com fungicidas (O&N) resultou em maiores médias de PG e PCS. Houve grande variação entre os efeitos de capacidades geral e específica, com destaque dos genitores USP 70.108, USP 70.010 e BRS 133 para PG e FP. O genitor mais divergente e com dominância positiva para PG foi USP 70.042. As duas tecnologias foram numericamente semelhantes para tolerância à ferrugem (FP e FT). A tecnologia convencional apresentou a vantagem de ser estatisticamente mais produtiva (PG e PCS) do que a tecnologia transgênica. Por outro lado, a tecnologia transgênica tem a vantagem de ter uso mais fácil e menor custo de cultivo aos produtores.
Título em inglês
Analysis of the tolerance to Asian rust in partial diallel with transgenic and conventional soybean parents
Palavras-chave em inglês
Glycine max (L.)Merrill
Phakopsora pachyrhizi
Environments (locations and crop years)
Fungicides
Herbicides
RR soybean
Resumo em inglês
This research aimed to compare the performance of transgenic (RR soybean and management with glyphosate) and conventional (conventional soybean and herbicides) technologies for tolerance to rust (Phakopsora pachyrhizi ) and obtaining promising genotypes for seed yield and size (represented by the weight of one hundred seeds, PCS). A total of 200 progenies were evaluated in F2:5 and F2:6 generations; these progenies were obtained in two partial diallel 5 x 2, both involving five parents with high oil yield (USP 70.108, USP 70.010, USP 70.113, USP 70.007 and USP 70.042) in crosses with: (1) two elites conventional cultivars (BRS 133 and Conquista); (2) their essentially derived transgenic versions (BRS 245 RR and BRS Valiosa RR). The experiments involved: a) two managements with herbicides: conventional management for conventional soybean and management based in glyphosate herbicide to RR soybean; b) two managements with fungicides: an experiment with successive applications of Opera & Native (O&N, fungicides that control rust and late season leaf diseases, DFC), and another experiment with Derosal applications (fungicide that controls only DFC). The effect of rust for each genotype was expressed by the rate of reaction to rust on seed yield (FP) and on seed size (FT) as calculated from the differences in seed yield (PG) and seed size (PCS) between adjusted means in the two experiments with different fungicides. The soybean genotypes were compared by analysis of variance, multiple comparisons and parameter estimation of combining ability. In general, the control of rust with fungicides (O&N) resulted in higher means of PG and PCS. There was great variation among the effects of general and specific combining abilities, with major outstanding of USP 70.108, USP 70.010, and BRS 133 parents for PG and FP. The parent USP 70.042 was the most divergent and showed positive dominance for PG. Both technologies were numerically similar for FP and FT. The conventional technology has the advantage to be statistically more productive (PG and PCS) than transgenic technology. However, the transgenic technology has the advantage to be easier to use and less expensive to soybean producers.
 
AVISO - A consulta a este documento fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:
Este trabalho é somente para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange a todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar nome da pessoa autora do trabalho.
Data de Publicação
2015-04-13
 
AVISO: Saiba o que são os trabalhos decorrentes clicando aqui.
Todos os direitos da tese/dissertação são de seus autores
Centro de Informática de São Carlos
Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP. Copyright © 2001-2018. Todos os direitos reservados.